Marx Beltrão. Foto: Reprodução

O deputado federal Marx Beltrão (PSD) comentou por meio de suas redes sociais na manhã desta terça-feira (06) a importância da aprovação na Câmara do Projeto de Lei (PL) 2529/20. O PL em questão permite que estados, municípios e o Distrito Federal utilizem frota própria ou contratada de veículos de escolares para transportar profissionais da saúde e pessoas que necessitem de atendimento médico durante a pandemia de Covid-19. Marx Beltrão votou sim em prol de aprovar a proposta.

“Ajudamos a aprovar mais um projeto de lei importante de enfrentamento à pandemia. O PL 2529/2020 autoriza o uso dos veículos do transporte público escolar para atender os profissionais de saúde e também os pacientes do SUS. Essa liberação é fundamental nos municípios mais carentes de equipamentos e de estrutura de saúde. Além disso, esse projeto ajuda a garantir que as vacinas cheguem mais rápido às localidades, salvando vidas e assegurando o acesso aos serviços de saúde à população que mais precisa. Todo esforço neste momento deve ser voltado a acelerar a vacinação total de nossa gente”, afirmou Marx Beltrão.

Segundo o Projeto, os custos deste transporte serão suportados pelos entes federados no âmbito do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate). O transporte deverá observar protocolos de segurança sanitária, seguindo, no mínimo, o distanciamento na acomodação dos passageiros e o uso de máscara individual e de álcool 70% ao entrar nos veículos e ao sair deles.

Marx Beltrão vem defendendo por meio de seu mandato um esforço coletivo de apoio à saúde, em especial aos municípios alagoanos, visando o atendimento aos pacientes de Covid-19 e à massificação da aplicação de vacinas em Alagoas. “Estive na reunião da Associação dos Municípios Alagoanos, que contou com a participação de prefeitos e da equipe do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde. Precisamos receber mais vacinas em nosso estado, mas também precisamos apoiar os municípios para que estes tenham condições de transporte, armazenamento e de capacitação de mão de obra para realizar a aplicação de forma urgente. Esta tem sido uma das bandeiras em Brasília”, destacou Marx.