Foto: Cristovão Santos / Cada Minuto
Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

Nesta segunda-feira (22), policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam um homem suspeito de assassinato e envolvimento com o tráfico de drogas no bairro da Santa Lúcia, parte alta de Maceió. 

Conhecido na região pela prática de  "Justiçamento", ele foi apontado como o principal suspeito na execução de Jonathas Ramos dos Santos Júnior, de 17 anos, morto a tiros na Santa Lúcia. O menor era usuário de drogas e, segundo testemunhas, estaria cometendo roubos na região.

A prisão foi decretada pelo juiz John Silas da 8ª vara criminal do tribunal do júri. 

De acordo com o delegado Fábio Costa, as investigações ainda apontam que ele cometia homicídios no bairro em que dominava o tráfico de drogas, a fim de manter o controle na localidade. V.O.S, 23 anos, foi localizado no conjunto Cleto Marques e o conduzido à delegacia.

Ele também aparece como suspeito do assassinato de outro menor, de 13 anos, nas mesmas circunstâncias da execução de Jonathas Santos. Esse último caso também está sendo investigado pela equipe coordenada pelo delegado Fabio Costa e está próximo de um desfecho.