Foto: Cortesia
Equipes de médicos e do Samu aguardam a chegada dos pacientes do Amazonas.

(*Atualizada às 22h)

Mais 16 pacientes de Manaus, no Amazonas, com Covid-19 desembarcaram na noite desta terça-feira (26) em Alagoas. Equipes de médicos alagoanos e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) aguardavam  a chegada no Aeroporto Zumbi dos Palmares, em Maceió, do avião aeromédico da Força Aérea Brasileira (FAB), que trouxe o grupo para o estado.

Os pacientes foram  levados para o Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes (HUPAA) -Hospital Universitário- na parte alta da capital, onde permanecerão internados e receberão os cuidados e o tratamento para a Covid-19.

 Os 16 pacientes ficarão internados, em total isolamento, em uma ala que foi adaptada para recebê-los. 

O estado do Amazonas está com o sistema de saúde pública colapsado e enfrenta situação de segunda onda da pandemia do novo coronavírus, considerada gravíssima. Não há mais leitos disponíveis no estado, há superlotação nos hospitais. 

Além disso, o Amazonas enfrenta um desabastecimento de oxigênio, devido ao alto número de pessoas infectadas com a Covid-19, que apresentam complicações e quadro clinico grave. O Governo amazonense pediu ajuda a todos os estados do Brasil para que fossem transferidos os pacientes graves de Covid-19 e que precisam de vagas em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). 

Na semana passada, Alagoas recebeu 14 pacientes oriundos de Manaus, que foram transferidos pelo Samu para o Hospital Metropolitano de Maceió, no bairro Cidade Universitária, parte alta da capital, e para o Hospital da Mulher, no bairro do Poço, para tratar a doença. 

Com os 16 pacientes que chegarão ao estado nesta terça-feira, Alagoas recebeu um total de 30 pacientes do Amazonas para tratar a Covid-19 nos hospitais do estado.