Foto: Assessoria

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas, representada pelo presidente da Subseção de Arapiraca, Daniel Fernandes, participou, na manhã desta segunda-feira (11), da inauguração do Fórum da Comarca de Traipu. O novo prédio foi estruturado para atender melhor magistrado, servidores, advocacia e jurisdicionados, foi entregue pelo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), Tutmés Airan.

“Há muito tempo a OAB Alagoas ouvia as demandas da advocacia da região e dialogava com o Tribunal de Justiça em busca desse avanço. Não há dúvidas que este espaço trará mais qualidade no serviço prestado por magistrado e servidores e no atendimento da advocacia e jurisdicionados. É um avanço que beneficia, acima de tudo, a sociedade, já que todos nós, atores da justiça, trabalhamos em prol dela”, destacou o presidente da OAB Alagoas, Nivaldo Barbosa Júnior, que não pode estar presente em razão de compromissos anteriores, mas foi representado pelo presidente da Subseção de Arapiraca, Daniel Fernandes.

O local conta com espaço para a advocacia, membros do Ministério Público e da Defensoria Pública, salão do júri, sala de audiências, sala de assessores, secretaria, e copa.

O município de Traipu faz parte da competência territorial da Subseção de Arapiraca.

“Representamos toda a OAB Alagoas, na pessoa do presidente Nivaldo Barbosa Jr. e, com isso, toda a advocacia alagoana. É com alegria que participamos hoje dessa entrega. Um prédio digno da Justiça, digno da atividade advocatícia, digno, sobretudo, da prestação de serviço aos jurisdicionados. A comarca, a população, a advocacia e os operadores do direito de uma forma geral, há muito clamavam por uma estrutura como essa, onde os servidores pudessem desempenhar melhor seu papel. Temos uma Sala da Advocacia, totalmente aparelhada, onde o advogado e a advogada podem atender, aguardar procedimento, peticionar, enfim. Quando temos uma advocacia e uma magistratura forte, conseguimos alcançar a justiça”, acrescentou em sua fala Daniel Fernandes.

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), Tutmés Airan, reforçou que o novo prédio foi viabilizado com recursos do Fundo Especial de Modernização do Poder Judiciário (Funjuris).