Assessoria

Nas eleições de 2020, pela primeira vez a Câmara de Vereadores de Maceió terá 25 vagas, quatro a mais do que as 21 cadeiras da atual legislatura.

Nos meios políticos a expectativa é que a renovação na Casa fique acima dos 50%. Entre os novos nomes que podem ser eleitos, surgem alguns favoritos. O líder comunitário do Benedito Bentes, autor da proposta de criação do novo polo industrial de Maceió está entre os cotados para ter uma boa votação.

Candidato pelo PSC, que segundo projeções pode fazer de dois a três vereadores, Allan Pierre é apontado pelo analista eleitoral Marcelo Bastos como um dos nomes que estão bem na disputa.

Allan Pierre também aparece entre os dez mais citados na única pesquisa registrada para vereador divulgada até agora.

O levantamento espontâneo, em que nenhum nome é apresentado ao entrevistado, os nove primeiros colocados são vereadores na atual legislatura. Allan aparece em décimo lugar, em empate numérico  o também candidato delegado FábioCosta (PSB).

Segundo o levantamento do Data Sensus,  Alan Pierre  (PSC) seria eleito para a câmara de vereadores.

Quem é

Allan Pierre é reconhecido como líder comunitário, com forte atuação no Benedito Bentes. Ele defende a proposta de criação de um polo industrial em áreas que pertencem as Usinas Cachoeira do Meirim e Santa Clotilde, no bairro do Benedito Bentes, na rodovia AL-105, única área disponível para um empreendimento deste tipo na capital.

Ao destacar que um dos maiores problemas do País na atualidade é o desemprego, Alan Pierre revela que vem defendendo a proposta de um polo industrial na região há dois anos. Sua principal pauta de campanha é o desenvolvimento para a parte alta da cidade e a geração de emprego e renda.

Pesquisa

A pesquisa foi a única registrada de vereador divulgada em Maceió até agora. No levantamento, registrado na Justiça Eleitoral foram entrevistados 1.205 eleitores, com margem de erro de 2,83 pontos percentuais para mais ou para menos, sobre os resultados encontrados no total da amostra, e intervalo de confiança de 95%.

Foram ouvidos eleitores de 16 anos ou mais, com estratificação por idade e sexo do eleitorado da capital de Alagoas, equivalente a 592.388 pessoas. A amostra foi feita pelo método PPT – Probabilidade Proporcional ao Tamanho.

O Instituto Data Sensus entrevistou 1.205 pessoas em Maceió, no dia 12 de setembro. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral, sob o número AL00093/2020.