Foto: Agência Brasil
Aprovação do presidente em Maceió é a segunda melhor entre as capitais do Nordeste, segundo pesquisa.

O governo Jair Bolsonaro tem aprovação de 42% dos maceioenses. É o que aponta a pesquisa Ibope, divulgada neste sábado (17), que avaliou a aceitação do presidente em 25 capitais do País.

Segundo o levantamento, 42% dos eleitores de Maceió consideram a administração de Bolsonaro como ótima e boa, 36% avaliam como ruim ou péssima e 21% acham regular.

Entre as capitais nordestinas, Maceió é a segunda com a maior avaliação positiva do governo Bolsonaro, atrás apenas de João Pessoa, na Paraíba, onde 43% dos eleitores pesquisados consideram o ótimo ou bom a administração federal.

João Pessoa, na Paraíba, é a que apresenta a maior avaliação positiva do presidente, com 43% dos eleitores pesquisados considerando ótimo e bom

Confira os números das capitais do Nordeste, sem São Luís, no Maranhão, a única no País que não participou da pesquisa:

Região Nordeste - sem São Luís (MA):

  • Aracaju -  34% ótimo e bom, 44% ruim ou péssimo e 19% regular;
  • Fortaleza - 26% ótimo e bom, 47% ruim ou péssimo e 25% regular;
  • João Pessoa - 43% ótimo e bom, 33% ruim ou péssimo e 21% regular;
  • Maceió - 42% ótimo e bom, 36% ruim ou péssimo e 21% regular;
  • Natal - 39% ótimo e bom, 37% ruim ou péssimo e 23% regular;
  • Recife - 29% ótimo e bom, 43% ruim ou péssimo e 28% regular;
  • Salvador - 18% ótimo e bom, 62% ruim ou péssimo e 17% regular; e
  • Teresina - 26% ótimo e bom, 42% ruim ou péssimo e 31% regular.

De acordo com o Ibope, a média de aprovação ao governo é maior nas capitais das regiões Norte e Centro-Oeste e menor nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste. A última pesquisa nacional do instituto de pesquisa, concluída no mês de setembro, revelou aprovação de cerca de 40%; 29% consideravam o governo regular, mesmo percentual dos que consideravam o governo Bolsonaro ruim ou péssimo.

A menor avaliação ótima ou boa da administração Bolsonaro foi registrada na capital bahiana, Salvador, 18%. Já em Boa Vista, no Acre, a aprovação do presidente chega a 66%, a maior entre as capitais brasileiras.

Em quase todas as capitais, as avaliações muito positivas ou muito negativas superam as regulares. Em nenhuma a avaliação regular tem maioria.