Reprodução
Bolsonaro discursa na Assembleia da ONU

Astrológo, filósofo, escritor, conselheiro e orientador do clã Bolsonaro e de seguidores do conservadorismo radical, Olavo de Carvalho publicou em seu Twitter que o presidente Jair Bolsonaro subiu na vida e está se livrando daqueles que o ajudaram.  

"Subir na vida e, uma vez lá em cima, livrar-se dos que o ajudaram na escalada. O Bolsonaro aprendeu isso com Maquiavel e vai terminar como Maquiavel terminou: vivendo da caridade de seus inimigos", publicou.

Claro que essa opinião gerou muita polêmica. "Olavo discordo várias vezes com você, mas sem duvida foi uma boa surpresa você criticar a demagogia e populismo do Bolsonaro", disse @LucasdiGrassi.  

Já @bahia_santiago afirmou que "O professor Olavo tem se comportado como uma pessoa ressentida. Sinceramente, votei no Bolsonaro por ser militar e nunca tinha ouvido falar nem do senhor, nem do Alan. O que a maioria não queria era ter o PT no comando. Bolsonaro e, não o senhor, foi quem reuniu esses sentimentos".

Leia aqui outras opiniões sobre essa publicação.

Olavo de Carvalho também emitiu, durante esta terça-feira (22), outros posicionamentos polêmicos.  

1 - @opropriolavo - "Bolsonaro, cure-se dessa sua CEGUEIRA. Não vê que estão usando você como camuflagem "conservadora" de uma ditadura comunista?"

2 - @opropriolavo - "Criticar o Bolsonaro, quem faz sou eu. Os Antas o DIFAMAM, o que é coisa totalmente diferente."

3 - @opropriolavo - "Os generais aceitaram o Bolsonaro como presidente só para usá-lo como fachada democrática da ditadura esquerdista que eles amam e servem."

4 - @opropriolavo - "Democracia, o caralho. O Brasil é uma ditadura comunista, com um presidente direitista de fachada."

Dá para perceber, caro leitor, que foram vários (dezenas) Twitters publicados em apenas um dia, o que deixou os frequentadores mobilizados. Todos geraram imensa discussão.  

Leia aqui.