Presos da operação Flashback II são transferidos para o para Presídio do Agreste

  • 7 Segundos
  • 01/08/2020 17:22
  • Roberto Gonçalves

Na manhã deste sábado (01), treze presos da Operação Flashback II foram transferidos para o Presídio de Segurança Máxima no Agreste, em Girau do Ponciano. Anteriormente, eles estavam no Sistema Penitenciário de Maceió. A transferência mobilizou 40 policiais penais e contou com o apoio do grupamento aéreo da Polícia Militar, que acompanhou o comboio.

Segundo a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris), a ação tem como objetivo isolar os reeducandos devido ao alto grau de periculosidade. As mulheres devem continuar no Presídio Santa Luzia, única unidade feminina do Estado, mas com restrições, como o isolamento das demais reeducandas.

A Operação Flashback II é fruto de investigações realizadas pela Secretaria da Segurança Pública, as Polícias Civil e Militar e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de Alagoas. O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e a Secretaria de Operações Integradas (SEOPI) colaboraram com as ações.  As operações deflagradas em Alagoas resultaram nas prisões de mulheres integrantes da facção criminosa, com perfil violento, que determinavam execuções e outros crimes em vários estados do país.

As investigações tiveram início em abril do ano passado e mapearam a atuação da facção criminosa em Alagoas e em outros estados. As operações cumpriram 216 mandados de busca e apreensão e de prisão em 71 municípios localizados em 11 estados brasileiros.