Resenha100Nota
Resenha100Nota

"Ford Vs. Ferrari" pisa fundo no acelerador e garante uma corrida inesquecível no cinema

Bruno Omena|

Dirigido por James Mangold e estrelado por Matt Damon e Christian Bale, "Ford Vs. Ferrari" (2019) traz os bastidores da entrada da Ford Motor Company no setor automobilístico dominado até então pela italiana Ferrari. Mas não se engane, o filme não é sobre carros. Ele diz mais sobre pessoas, paixões, vaidades e lealdade.

Bale interpreta o piloto britânico Ken Miles, cujo temperamento é proporcional ao talento nas pistas. Damon é o ex-piloto e designer automotivo Carroll Shelby que aceita o desafio de projetar um carro e liderar a equipe capaz de vencer a tradicional corrida de 24 horas de Le Mans, na França, dominada há anos pelo vermelho da Ferrari.

Mangold nos coloca não apenas nas pistas, mas principalmente nos bastidores corporativos do negócio. O presidente da Ford, por exemplo, é apresentado como uma figura extremamente vaidosa, uma criança que quer provar que seu brinquedo é o melhor da creche. O contraponto vem com o passional Enzo Ferrari e o nítido comprometimento com o esporte.

As cenas de corrida são muito boas e mantém a visão do público próxima da pista, onde risco de colisão é maior e a típica megalomania de capotamentos e batidas extravagantes de Hollywood é deixada de lado. Dentro do cinema é possível sentir perfeitamente o barulho dos motores que só ressalta o belo trabalho da equipe de som da produção.
Bale e Damon devem ser lembrados pela Academia do Oscar, com mais chances para o primeiro. A indicação para Melhor Filme, Roteiro e Direção também é uma possibilidade.

O roteiro, por sinal, equilibra muito bem os dramas de "Ford Vs. Ferrari", acelerando e freando de acordo com o desenvolvimento da história. Se você não estiver familiarizado com os fatos reais irá aproveitar ainda mais essa corrida. Ganhar o espectador a cada volta, deixando-o apreensivo com a prova, chateado com os conchavos e torná-lo um torcedor é o grande mérito do longa.
Miles, um exímio piloto, mostra que
é conhecendo os limites que atingimos todo o potencial, e é no percurso que se faz um campeão.

9.0

*Nos Cinemas

**Instagram para contato: @resenha100nota

SOBRE O AUTOR

Meus caros amigos, quem vos fala é Bruno Omena, cinéfilo e exército de um homem só, responsável pelo perfil @resenha100nota do Instagram e por este blog, Resenha100nota. Nesse espaço vamos falar sobre os lançamentos do cinema, dicas de filmes pra ver em casa, resgatar as pérolas da época do VHS e tentar descobrir onde os cinéfilos alagoanos se escondem. Como disse Humphrey Bogart, no clássico Casablanca: "Louis, eu acho que este é o começo de uma bela amizade!"

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados