Acusado de explodir agências bancárias em Porto Calvo é preso em ação conjunta no Rio Grande do Norte

Redação|

Policiais civis prenderam no estado de Rio Grande Norte um acusado de participar da explosão de duas agências bancárias no município de Porto Calvo, quando além de explodir os bancos, a quadrilha ainda metralharam o GPM grampos espalhados pela rodovia e pessoas feitas reféns pelos assaltantes.

Segundo a Polícia Civil, Wellington Silva de Miranda Dias, conhecido por Netinho, era investigado por roubos de veículos e bancos e as ações contra ele se intensificaram após as investigações apontaram ter sido ele um dos responsáveis pelo ataque.

Leia mais:  Quadrilha explode duas agências bancárias e joga grampos em rodovia para dificultar perseguição

De acordo com o Delegado Cayo Rodrigues, os grupos empenhados na prática de roubos a bancos, em todas as suas modalidades, têm se apresentado a cada dia mais organizados e com a característica da interestadualidade, sendo que fundamental o intercâmbio de informações e a colaboração entre as polícias civis dos Estados no enfrentamento dessa espécie de crime.

A prisão ocorreu em uma ação conjunta entre as polícias civis de Alagoas (DEIC/SERB), Rio Grande do Norte (DEICOR) e Pernambuco (DRF).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados