Kleverson Levy
Kleverson Levy

O jornalista no cargo de prefeito: a diferença do "estou" no Poder

Kléverson Levy|
Júlio Cezar
Júlio Cezar / Cortesia

Há um adágio bastante conhecido que atribuem a Joseph Goebbels e se torna útil, principalmente, quem faz da política um ato de enganar: “Uma mentira repetida mil vezes se torna verdade”. 

E é verdade!

A mentira contada por diversas vezes se torna verdade para quem dela acredita na inverdade de seu historiador. 

De fato, é o que vem acontecendo na cidade de Palmeira dos Índios. O prefeito Júlio Cezar (PSB) se tornou mais um político com atitudes mesquinhas. É triste ver que o "filho da verdureira", como sempre se intitulou, cair nas amarras do jogo sujo pelo Poder, do dinheiro e da ganância pela cadeira de prefeito. 

Infelizmente, foram 23,786 votos ( 64.62% válidos) dos palmeirenses que acreditaram que Vossa Excelência, senhor prefeito, seria a mudança que tanto Palmeira esperava. Porém, a mudança foi dos cargos às famílias (em troca de apoios), parentes, amigos e os que se dizem "verdadeiros amigos" do senhor. 

Não esqueçam, caríssimos leitores, a frase de Abraham Lincoln: "Se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder." 

Felizmente, tenho a honra e a grata satisfação de dizer que não estou nessa lista dos que votaram e se arrependeram. Estou ileso de ser conivente com inverdades e mentiras de um Governo que não mostra - só maquia? -  o que foi fazer na Prefeitura de Palmeira dos Índios.

Já estamos no quinto (5º) mês de 2018, ou seja, um ano e cinco meses do Governo do POVO e, afinal, quando a mudança vai chegar? 

Não adianta o senhor prefeito ir às redes sociais - viver rebatendo quem o crítica, sem aceitar críticas e atacar jornalistas que um dia foram colegas de sala - que não cola mais ficar por trás das câmeras aparecendo de injustiçado. 

Como jornalista, o senhor não aprendeu direito o que foi passado em sala de aula. Aliás, aprendeu sim! a falar bem e usar desse artifício como instrumento de trabalho diário para enganar até os que o ajudaram a chegar onde chegou.

Porém, esqueceu os preceitos das aulas de sociologia, filosofia, ética e obteve uma visão do mundo diferente - como político-prefeito, ou igual aos verdadeiros profissionais da política. 

Ressalte-seO jornalista no cargo de prefeito: a diferença do "estou" no Poder. Lembre-se que 'Nem todas essas “verdades” têm o mesmo grau de validade'. 

De verdade, o senhor como jornalista envergonha nossa classe. Desconhece o trabalho dos colegas, não respeita a si próprio e usa de seu Poder para calar a imprensa alagoana. 

Como diz o jornalista Boris Casoy: "Isso é uma vergonha!"

Já o prefeito Júlio Cezar é isso aí que vemos, ouvimos e conhecemos todos os dias em seu magnífico Poder. A população palmeirense responderá nas urnas e no decorrer de sua administração quem é o "imperador" de Palmeira dos Índios. 

Quanto ao material no Blog , caríssimo Júlio Cezar da Silva, não ataquei o seu Governo e, muito menos, à Família Silva (Dr. Emílio) - na qual tenho um grande respeito.

Como o senhor bem se expressou ao falar em 'ataques', aprendi na Faculdade sim que é certo ouvir os dois lados quando citados nas reportagens. Porém, se sua assessoria não passa o recado e/ou não responde, é uma questão de relação institucional. 

Ao contrário do que você diz, a resposta que obtive para o assunto que sua Excelência queria "abafar" foi - justamente -  este vídeo acima. Aliás, todo material é embasado no que está publicado no Diário Oficial do Município, no Portal da Transparência, e se torna público a qualquer cidadão. 

Portanto, se há os acordos espúrios e realizados para enganar a população, como estão ocorrendo na sua gestão para abrigar aliados, é um outra história que o Ministério Público Estadual (MPE) deve ficar atento. 

Aprenda, senhor JC, que, diferente da política, o jornalismo tem o dever de informar toda uma sociedade mostrando - de fato - o que ela quer ver, ouvir e ler.

Liberdade de expressão é apanágio da natureza racional do indivíduo e é o direito de qualquer um manifestar, livremente, opiniões, ideias e pensamentos pessoais sem medo de retaliação ou censura por parte do governo ou de outros membros da sociedade.

"Jornalismo é publicar tudo aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade", de George Orwell.  

Mais trabalho e menos marketing.

Redes Sociais: Kleversonlevy
Email: [email protected]

SOBRE O AUTOR

Blog do jornalista Kleverson Levy, especialista na cobertura jornalística do interior do Estado

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados