Explosão de carro no DF mata motorista e deixa filho ferido

Redação|

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida na explosão de um carro, no Gama, na quarta-feira (2). O acidente teria acontecido depois que o um passageiro usou álcool líquido para limpar o para-brisa, enquanto o motorista fumava. O carro ficou destruído.

 

De acordo com os bombeiros, o pai estava fumando quando pediu ao filho um produto para limpar o vidro do carro. Em seguida, o veículo pegou fogo e explodiu.

Pai e filho sofreram queimaduras graves no interior do veículo. Os bombeiros dizem que os dois tentaram se ajudar. Eles foram levados ao hospital.

O motorista, de 59 anos, teve o corpo todo queimado e morreu logo depois de receber atendimento médico. O filho, de 30 anos, está internado com ferimentos em 30% do corpo, mas não corre risco de morrer.

Só neste ano, os bombeiros atenderam 140 vítimas de queimaduras no Distrito Federal. “Às vezes, a cinza do cigarro cai no banco, isso pode provocar um incêndio”, disse o tenente-coronel Rogério Soares, chefe de comunicação dos bombeiros.

A perícia deve apontar qual era o material inflamável.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados