Vanessa Alencar

Mexeu com um, mexeu com todos, diz JHC a colegas “eleitores”

Reprodução Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputado JHC

Pré-candidato à presidência da Câmara, o deputado federal JHC (PSB) está em plena campanha, principalmente nas redes sociais. Em vídeo dirigido aos colegas eleitores, o parlamentar prometeu que, com ele presidente, acabou o tempo “de atacar, ameaçar e desrespeitar um deputado no exercício do mandato”.

O vídeo foi divulgado nesta terça-feira (29), mesmo dia em que a Câmara publicou a renúncia oficial do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) ao mandato. O parlamentar explicou que decidiu abandonar o parlamento e se mudar do país por conta das ameaças de morte e da campanha de difamação das quais tem sido vítima.  

“Com presidente serei advogado de cada um de vocês. Se for preciso eu mesmo farei a sustentação oral nos tribunais superiores”, acrescentou JHC, frisando ter capacidade, coragem e experiência para enfrentar qualquer desafio a fim de garantir a soberania dos mandatos.

“Nossa ordem será: atingiu um deputado, atingiu o plenário”, concluiu o alagoano.

 

Dez servidores públicos federais são expulsos em AL em 2018

Foto: Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Prédio da CGU

Em 2018, 150 servidores públicos federais foram punidos por irregularidades e atividades contrárias à lei em todo o Nordeste. Deste total, dez trabalhavam em Alagoas.

Conforme a Controladoria Geral da União (CGU), todas as demissões no Estado foram de funcionários efetivos.

Ainda segundo a CGU, o principal, motivo das expulsões foi a prática de atos de corrupção, com 70% do total, seguido de abandono de cargo, inassiduidade ou acumulação ilícita de cargos, com um caso cada.

 

Entre todos os estados da federação, Alagoas ocupa a 17ª posição em número absoluto de servidores punidos, juntamente com Rondônia.

                           

Nos outros estados nordestinos os números foram os seguintes: Pernambuco (38), Maranhão (28), Bahia (24), Paraíba (16), Ceará (13), Piauí (9), Rio Grande do Norte (9) e Sergipe (3).

 

O levantamento foi divulgado pela CGU nesta segunda-feira (28).

Cabo Bebeto assume PSL de Maceió com foco em 2020

Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Cabo Bebeto

O deputado estadual eleito, Cabo Bebeto, assumiu a presidência do PSL em Maceió. Josan Leite, que concorreu ao governo do Estado no pleito de outubro, ficou com a vice-presidência do diretório municipal.

Por meio de sua assessoria de Comunicação, o parlamentar disse que pretende fortalecer o partido para as próximas eleições municipais, em 2020.

Ainda sem citar nomes, Cabo Bebeto contou que já iniciou as articulações com “importantes lideranças”.

O novo deputado toma posse junto com os demais integrantes da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) na próxima sexta-feira, 1º de fevereiro.

Renan ironiza suposto apoio do MDB a Tebet: “Deve ser o apoio do Eduardo Cunha”

Foto: Reprodução / Internet Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Senador Renan Calheiros

 

Pré-candidato à presidência do Senado, Renan Callheiros ironizou o suposto apoio da cúpula do MDB a sua rival na disputa interna pelo cargo: Simone Tebet (MS).

No Twitter, o senador disse que a declaração de Simone Tebet de que ‘a cúpula do MDB a apoia’, o levou a uma inevitável reflexão: “Moreira Franco, João Henrique, Eliseu Padilha e Eunicio Oliveira não apoiam; Michel Temer e Romero Jucá disseram-me que não apostam na divisão. Deve ser o apoio do Eduardo Cunha - através de Carlos Marun (agora no Paraná, na Itaipu) - principal estrategista desse empreendimento”.

Nomeado para conselheiro da hidrelétrica de Itaipu no apagar das luzes do governo Temer, Marun ficou conhecido como um dos apoiadores mais ferrenhos de Cunha, preso em Curitiba em decorrência da Operação Lava Jato.

Ao colocar a dupla (Cunha e Marun) na conta de "estrategistas" da candidatura de Tebet, Renan deixa claro: a trégua (que possivelmente nunca existiu) acabou.

Governador sanciona, com vetos, Orçamento de 2019

Vanessa Alencar/CM/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Governador Renan Filho

O governador Renan Filho sancionou a Lei Orçamentária Anual (LOA) que estima a receita e fixa a despesa de Alagoas para o exercício financeiro de 2019. A sanção, com alguns vetos parciais a emendas parlamentares, foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (24).

A sanção ocorre cerca de um mês após a aprovação do Projeto de Lei Orçamentária Anual na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), no dia 26 de dezembro do ano passado.

Os vetos devem ser apreciados pela nova legislatura, que toma posse no dia 01 de fevereiro.

O Orçamento do Estado para este ano é estimado em R$ 9,8 bilhões.

Vereadora pede isenção de IPTU para moradores do Pinheiro

Assessoria/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Vereadora Silvânia Barbosa

A vereadora Silvânia Barbosa solicitou à Prefeitura de Maceió que isente do pagamento do IPTU este ano os moradores do Pinheiro, que tiveram os imóveis atingidos de alguma forma pelas rachaduras que surgiram no local, desde 2018.

Em suas redes sociais, Silvânia explicou que essas pessoas terão que deixar suas residências até que a situação seja normalizada e a isenção é uma forma de compensar os proprietários pelas perdas e transtornos.

Ela frisou ainda que a concessão de descontos – como está sendo cogitado pelo Município - para os donos dos imóveis comprovadamente afetados não é suficiente.

A solicitação foi feita por meio de ofício protocolado na sexta-feira passada, 18 de janeiro.

O caso do Pinheiro deve ser um dos primeiros assuntos em pauta na Câmara Municipal de Maceió (CMM) a partir de fevereiro, ao final recesso.

MP apura denúncias de irregularidades em contratações e na Previdência de Município

Reprodução Internet Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Município de Carneiros

A apuração de denúncias envolvendo supostas irregularidades na Prefeitura de Carneiros, a exemplo de contratação ilegal de pessoal; contagem de tempo fictício de serviço de alguns servidores para concessão de aposentadoria e burla a ordem de classificação de concurso público, é alvo de um inquérito civil instaurado pela Promotoria de Justiça de São José da Tapera.

Conforme a portaria assinada pelo promotor Fábio Bastos Nunes e publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (22), nos autos constam denúncias também acerca da contratação de servidores ainda durante a menoridade.

O promotor determinou expedição de ofício ao Fundo de Previdência Própria dos Servidores de Carneiros requisitando a cópia da Lei Municipal que instituiu o Fundo; informações e extratos de contribuição dos servidores contratados, em tese, ainda durante a menoridade, conforme consta nos autos; informações sobre a existência de outros servidores contratados ainda durante menoridade e, em caso positivo, o envio dos respectivos extratos de contribuição, com indicação da situação atual (ativo ou inativo).

Governo sanciona reajuste retroativo para servidores do TCE

Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Sede do TCE/AL

O governador Renan Filho (MDB) sancionou o reajuste de 2,95% nos subsídios dos servidores efetivos, ativos, inativos, pensionistas e parte dos comissionados do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AL).

A reposição é referente à data-base de 2018 e o pagamento, que deve ocorrer de forma parcelada e de acordo com a disponibilidade financeira e orçamentária, será retroativo ao mês de fevereiro do ano passado.  

A sanção da lei foi publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (21).

Não serão contemplados os ocupantes dos cargos de diretorias, Chefia da Procuradoria e Chefias dos Gabinetes dos conselheiros, cuja correção salarial ocorreu no primeiro semestre de 2018.

Em nota, o presidente do TCE, Otávio Lessa, informou que o reajuste será pago na próxima quarta-feira (23) à tarde, por meio de folha suplementar. 

Maragogi terá concurso para 218 vagas, com salários até R$ 3.150

Maragogi 360/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Orla de Maragogi

A lei que cria novos cargos efetivos na Prefeitura de Maragogi, e autoriza a realização de concurso público para o preenchimento das vagas, foi sancionada pelo prefeito da cidade, Fernando Sérgio Lira. A lei foi publicada nesta sexta-feira (18), no Diário Oficial dos Municípios.

A previsão é que sejam oferecidas 218 vagas para 60 cargos, nos níveis superior (áreas de Exatas, Humanas e Biológicas), técnico e fundamental, além de vagas específicas para a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).

Os salários variam entre R$ 954 e R$ 3.150.

Há vagas para engenheiros, advogados, analistas de sistemas, arquitetos, auditores, jornalistas, publicitários, médicos, enfermeiros, professores, entre outros, sem contar com os níveis técnico e fundamental.

Ainda não foi divulgada a data da divulgação do edital.

Confira aqui a lei completa no Diário Oficial dos Municípios desta sexta.

Assembleia Legislativa pode criar comissão para acompanhar caso do Pinheiro

Ascom ALE/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputado Léo Loureiro

A problemática do bairro Pinheiro, em Maceió, deve ser uma das primeiras pautas levantadas pelos deputados estaduais eleitos nesta nova legislatura, que começa no dia 01 de fevereiro.

O acompanhamento e a fiscalização das ações realizadas pelo Poder Público para detectar e sanar as causas do "afundamento" do bairro podem ficar a cargo da Comissão de Meio Ambiente da Casa ou ser criada uma comissão especial com essa única finalidade.

A iniciativa é do deputado Léo Loureiro (PP). Neste período de recesso ele já conversou com outros parlamentares, que também demonstraram preocupação e abraçaram a ideia.

"Ainda não sei se seria uma comissão específica ou a Comissão de Meio Ambiente para acompanhar. Até agora já falei com os deputados Bruno Toledo, Davi Davino, Davi Maia, Cabo Bebeto, Dudu Ronalsa e Marcelo Vitor, lembrando que preciso falar com os outros colegas também", disse Loureiro ao Blog.

Que seja tomada a medida mais rápida, de acordo com a urgência que o caso pede. Lembrando que, neste caso, quanto mais cobrança, melhor. 

 

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com