Coluna Labafero

Renan Filho anuncia realização de concurso público para a área da saúde

Foto: Cortesia Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Filho

Na solenidade de inauguração do Hospital da Mulher Dra. Nise da Silveira, realizado na manhã deste domingo, dia 29, o governando Renan Filho anunciou que até o final do ano será publicado o edital para o concurso público para a área da saúde.

O edital deve contemplar cerca de 800 vagas para vagas para diversas áreas.

Em sua  fala, o chefe do executivo ressaltou que “em Alagoas agora estão acontecendo coisas boas e estamos tirando do papel sonhos antigos”.

Sérgio Lúcio pode ser o candidato da família a disputar uma vaga na Câmara de Arapiraca

Foto: Reprodução / Redes Sociais Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Sérgio Lúcio

De uma tradicional família política arapiraquense, o idealizador da Micaraca, Sérgio Lúcio, pode se filiar ao PSL e ser o representante da família Lúcio a uma vaga na Câmara Municipal de Arapiraca, nas eleições de 2020.

Sérgio Lúcio é uma personalidade conhecida e muito bem relacionada na sociedade da cidade. Além de ser um dos idealizadores da Micaraca, ele é lembrado por seu trabalho junto ao Asa, onde foi vice-presidente de Marketing,  e pela realização da tradicional Festa Anos 80, que acontece anualmente no município.

Com raízes enfincadas na política, Sérgio é filho do ex-vice-prefeito de Arapiraca, Severino Lúcio, que é sobrinho do ex-senador João Lúcio.  O pai de Sérgio foi vice no comando do município na gestão de Severino Leão e foi suplente de Heloísa Helena, na época em que ela era senadora.

Sérgio Lúcio é formado em Administração e Marketing e atuou na Secretaria de Meio Ambiente de Alagoas, no governo Teo Vilela, onde promoveu a implantação de cisternas de Polietileno nas comunidades do Sertão e principalmente para a zona rural de Arapiraca, no Programa Água Doce e Água Para Todos da Codevasf.

Segundo informações de bastidores, Lúcio poderá se filiar ao PSL e dar continuidade a trajetória da família na política arapiraquense.

 

Renan Calheiros chama Janot de jagunço e psicopata

Foto: Reprodução Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros

“A confissão homicida de Rodrigo Janot confirma o desprezo pelo contraditório, pela lei e democracia”. A frase foi publicada pelo senador Renan Calheiros (MDB) numa rede social.

Não parando por ai, a opinião pra lá de ácida segue se referindo a Janot como “o Jagunço de lógica fundamentalista na perseguição e eliminação dos adversários, nem que seja à bala. Havia um psicopata na PGR. A reencarnação de Simão Bacamarte, do Alienista”.

 

“Fui afastado da função sem o devido processo legal”, diz promotor

Foto: Vanessa Alencar/CadaMinuto/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Coaracy Fonseca

Após ser afastado cautelarmente das funções no Ministério Público Estadual (MP) por 60 dias, o promotor Coaracy da Fonseca continua usando suas redes sociais para distribuir (in)diretas.

Em seu perfil numa rede ele publicou “quando eu voltar do exílio, do afastamento da função sem o devido processo legal irei lutar pelo tema que já falei antes. A democratização das verbas de publicidade. Imprensa chapa branca não é imprensa, é simulacro de imprensa”.

O afastamento de Coaracy se deu por decisão do Conselho Superior do MP, tomada durante reunião ocorrida nesta quinta-feira (26) que irá apurar sua conduta nas redes sociais.

A decisão aconteceu após abertura de processo administrativo pela Corregedoria do órgão ministerial.

Uma coisa é certa: essa guerra está apenas começando.

 

O desafio do mercado público

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Marx Beltrão

O deputado Marx Beltrão desafiou o prefeito Rui Palmeira a apresentar um projeto para um novo mercado público em Maceió. 

Jura o parlamentar que consegue os recursos.

O curioso é que Marx foi Ministro do Turismo e não viabilizou dinheiro para reformar ou construir o mercado público da capital alagoana, nos moldes de Manaus, Belo Horizonte, São Paulo, e outras cidades. 

Na verdade, garantem fontes do município, Marx nunca esteve com o prefeito ou na prefeitura de Maceió interessado nesse assunto. Tipo, a motivação do “desafio” estaria longe de atender a um pleito público.

Cibele Moura transfere domicílio eleitoral, mas se mantém reticente quanto a disputar Prefeitura de Maceió

Vinícius Firmino/Ascom ALE Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputada Cibele Moura

A deputada estadual Cibele Moura mudou, recentemente, seu domicílio eleitoral. A parlamentar votava na Barra de Santo Antônio, município de sua naturalidade, e agora vota em Maceió, onde atua na Assembleia Legislativa (ALE).

A mudança instiga ainda mais um grupo político que deseja a candidatura de Cibele para a prefeitura de Maceió. Pois, um dos critérios, exigidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para disputar o cargo, é que o candidato tenha, há pelo menos um ano, o município ao qual deseja sem candidatar como domicílio eleitoral.

Apesar de negar e se manter reticente a uma possível candidatura, a mais jovem deputada do país parece se preparar para conquistar cargos maiores na política alagoana.

 

Promotor ironiza afastamento e manda recado para Alfredo Gaspar: "Não adianta me ameaçar"

Reprodução Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

No final da tarde quinta-feira (26), o promotor de Justiça Coaracy Fonseca ironizou, em seu Instagram, a decisão do Conselho Superior do Ministério Público de afastá-lo cautelarmente das funções, por 60 dias, em decorrência de um inquérito administrativo visando apurar “algumas condutas entendidas como inadequadas para um membro da instituição”.

Sentado confortavelmente em um poltrona no que aparenta ser uma loja, o promotor disse que está a caminho de Campinas (SP) para ver “o amor de sua vida” e que sua preocupação é ZERO (em letras garrafais).

Coaracy também mandou um recado para o procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça: “Só comunico ao Sr. PGJ que não adianta me ameaçar com ações. Vou continuar a exercer o meu ofício de Promotor de Justiça, de acordo com a LEI, nem mais nem menos. Sou um técnico do Direito. Agora se o Senhor quiser fazer comigo a teratologia que fez com uma filha de Desembargador terá a devida resposta técnica”.

A guerra definitivamente saiu dos bastidores.

Ministro Edson Fachin arquiva inquérito contra Renan Calheiros

Foto: Framephoto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, determinou mais um arquivamento de inquérito que investiga o senador Renan Calheiros (MDB) no âmbito da operação do consórcio formado no entorno da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba.

O inquérito visava apurar informações de Carlos Alexandre de Souza Rocha, o Ceará, fornecidas em delação premiada.

Informações dão conta que Rocha disse que, entre as CPIs da Petrobras de 2009 e de 2014, ouviu o doleiro Alberto Youssef dizer que daria R$ 2 milhões a Renan para evitar a instalação da comissão, e que ele mesmo participou da entrega desse dinheiro a uma pessoa desconhecida que levaria o montante ao emedebista.

Sem provas, o inquérito de Renan foi arquivado.

Na CCJ, Renan elogia indicação de Aras para PGR: “Ato mais acertado”

Foto: Roberto Jayme/TSE Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true O subprocurador-geral da República Augusto Aras

Durante a sabatina, no Senado, do subprocurador da República, Augusto Aras, indicado para comandar a Procuradoria Geral da República (PGR), o senador Renan Calheiros (MDB) disse que, de todos os atos do governo Jair Bolsonaro, a indicação de Aras foi o mais acertado.

"Sou oposição, mas de todos os atos de Bolsonaro até agora, o mais acertado foi a indicação de Augusto Aras para a PGR", afirmou o alagoano.

Segundo o site O Antagonista, Calheiros também reforçou que o subprocurador é “o mais competente para exercer esse cargo”.

 

Marx Beltrão pede para Rodrigo Maia “desengavetar” projetos do Turismo

Foto: Agência Câmara Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Rodrigo Maia

A Sessão era solene e o objetivo era comemorar o Dia Mundial do Turismo, que se comemora dia 27 de setembro. Mas nos discursos das autoridades presentes, sobraram cobranças para a mesa diretora da Câmara dos Deputados. E uma delas, voltada ao presidente Rodrigo Maia, foi feita pelo coordenador da bancada alagoana no Congresso, deputado federal Marx Beltrão.

“Há 71 dias, eu e outros membros da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo fizemos este pedido ao presidente Rodrigo Maia. Até agora não fomos atendidos e precisamos ver estes projetos aprovados, para o bem de nosso turismo”, disse o deputado. 

Entre os projetos engavetados na Câmara e cobrados por Beltrão estão o Projeto de Lei (PL) nº 353/2017, que trata da instituição do sistema de Tax Free no Brasil; o PL 3982/2017, que transforma a Embratur em Agência; o PL 442/1991, que legaliza os jogos no país. Sobre os jogos, a proposta legaliza a operação de cassinos em resorts brasileiros, o que hoje é proibido. Se for aprovada, a medida vai gerar milhares de novos empregos no setor.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com