Coluna Labafero

'Acha que é um primeiro-ministro e que tem um rei na barriga', diz Tarcizo sobre Olavo Calheiros

Foto: Assessoria A478b805 da51 467b 9063 b9f3538043ec Tarcizo Freire

O deputado Tarcizo Freire alfinetou o seu colega de parlamento, Olavo Calheiros, durante entrevista concedida a uma rádio na cidade de Arapiraca. Em uma das críticas, Freire disse que Calheiros não merecia ser eleito para presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) por ser arrogante e não ter humildade.

“Não dá um bom dia a ninguém, não fala com ninguém. A gente não pode eleger um parlamentar que não respeite ninguém, e nem os colegas. Que acha que é um ‘primeiro-ministro’. Que tem um rei na barriga. Ter a humildade de chegar e falar com seus pares. Nem o voto dele ele teve”, alfinetou Tarcizo.

Olavo Calheiros concorria à presidência da ALE contra o deputado Marcelo Victor, mas retirou sua candidatura antes da eleição acontecer.

Freire ressaltou que Marcelo Victor foi a melhor escolha e que a derrota de Olavo foi causada pelo próprio. “Nós estaríamos ferrados lá na frente, porque não ia resolver nada da gente, quem ia falar pela gente? Sua derrota foi aconteceu por conta dele mesmo, que construiu essa imagem feia. Ele cavou sua própria cova. Não é justo votarmos num candidato que não se expressa, não tem diálogo nenhum”, ressaltou Freire.

 

 

 

 



 

 

Música do game Sonic é usada em vídeo de AL e perfil do personagem responde

Foto: Twitter / @jairbolsonaro | Twitter / @sonic_hedgehog F6606c45 627f 4877 b3ff 636519764aa0 Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, e o personagem Sonic

Um vídeo divulgado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) chamou a atenção dos produtores do jogo Sonic após a música do jogo ter sido usada como propaganda política.

O vídeo, que trata sobre uma visita técnica de membros do governo a uma obra no Estado de Alagoas, conta com a trilha sonora de uma fase do jogo Sonic the Hedgehog, lançado em 2006 para Playstation 3 e Xbox 360.

Após a publicação do presidente, o perfil oficial de Sonic respondeu: "Hoje em 'Lugares em que nós não esperávamos ouvir a trilha sonora de Sonic 2006’”.

 

Pacote anticrime de Moro é aprovado por mais de 60% dos Nordestinos, revela pesquisa

Agência Brasil A5ef8edb 276c 43eb 948e 71ed8657534d Sérgio Moro

A Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgou nesta terça-feira, dia 26, o resultado da  Pesquisa CNT/MDA que revelou que os Nordestinos são os que mais aprovam o pacote anticrime do ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro.

Entre os principais pontos que os Nordestinos votaram está a segurança, apontada com prioridade para mais de 60% dos entrevistados, conforme o quadro divulgado pelo site Política Real.

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões. Confira abaixo as prioridades segundo os brasileiros de cada região:

 

Reforma da previdência faz Marx ouvir sindicatos em defesa de professores

Assessoria 4967ae09 2c0c 4674 818e c80427a127b3 Deputado Marx Beltrão

O deputado federal Marx Beltrão, coordenador da bancada alagoana em Brasília, saiu na frente e vai ouvir as duas maiores entidades sindicais do magistério de Alagoas. A meta é articular uma defesa dos professores diante do projeto de reforma da previdência.

O deputado vai se reunir com a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas (SINTEAL) e também do Sindicato dos Professores de Alagoas (SINPRO). Serão duas reuniões, já nesta semana, para ouvir das duas entidades o que elas pensam da reforma e quais bandeiras é necessário defender a partir da tramitação do projeto do governo. 

Beltrão já afirmou ser contra o item do projeto de reforma que estipula idade mínima de 60 anos para professores se aposentarem, com 30 anos de contribuição, independentemente do sexo. O parlamentar também afirmou que esta medida prejudica as professoras.

Segundo dados da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), cerca de 80% da categoria é formada por mulheres. E na prática, as professoras terão que trabalhar 10 anos a mais do que na regra atual para se aposentar.

Contrariando ministro, Seduc diz que "cantar o Hino Nacional fica a critério de cada unidade escolar"

13e654f5 066b 420b 8942 a27c49f08b2f Ricardo Vélez

Contrariando a orientação do Ministério da Educação (MEC)  que “pede” às escolas que seja cantado diariamente o Hino Nacional, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) emitiu nota nesta terça-feira, dia 26, destacando que “em respeito à autonomia da escola no desenvolvimento de suas práticas pedagógicas, entende que cantar o Hino Nacional é uma atividade que fica a critério de cada unidade escolar”.

O MEC ainda tinha pedido que nas escolas fosse citado o slogam de campanha de Bolsonaro: "Brasil acima de tudo. Deus acima de todos!”, porém, hoje, após audiência do ministro da Educação Ricardo Vélez no Senado, ficou definido que será enviada uma nova mensagem às escolas com uma nova carta, agora sem o slogan da campanha presidencial.

Confira abaixo a nota da Seduc na íntegra:

“A Secretaria de Estado de Educação, em respeito à autonomia da escola no desenvolvimento de suas práticas pedagógicas, entende que cantar o Hino Nacional é uma atividade que fica a critério de cada unidade escolar.

Compreendemos também que os critérios e condições para filmagem de qualquer atividade didático-pedagógica deve constar no regimento interno da unidade de ensino, observando as questões legais quanto ao uso de imagem e autorização dos pais ou responsáveis pelos estudantes menores de idade.

Por outro lado, a Seduc entende que as escolas não se constituem ambiente propício para manifestações político-partidárias.

A Seduc vem trabalhando a fim de garantir os direitos de aprendizagem das crianças e jovens alagoanos, em colaboração com a União e os municípios, por meio de políticas educacionais que proporcionem educação pública gratuita e de qualidade”.

Petuba fica, Melina Volta. Mas as duas ficam com “menos dinheiro”

67f62398 b9ea 4d93 add3 5ee4d1b68a8d

O governador Renan Filho já anunciou, durante umm evento no Rei Pelé, que Claudia Petuba permanece a frente da secretaria de Esportes, e amanhã ele anuncia a volta de Mellina Freitas para a Cultura.

Mesmo com as duas secretárias permanecendo em seus cargos, as coisas não serão como antes. No processo de exoneração e volta dos comissionados, tiveram corte de cargos, e a economia nos dois primeiros meses pode não ser suficiente para a manutenção, dos já pequenos, orçamentos para as duas pastas.

As duas secretárias sabem disso. Mas toparam permanecer.

Rodrigo Cunha sobre 2020: “irei participar ativamente das eleições municipais”

Foto: Assessoria / Arquivo 2af36452 a116 438e a301 98bdd114f4e9 Rodrigo Cunha

Ao que tudo indica, Rodrigo Cunha pretende permanecer ativamente nas discussões políticas para 2020, mesmo já esclarecendo que não que almeja se colocar à disposição como candidato.

“É um compromisso meu de campanha participar ativamente das eleições municipais, fazer com que novas pessoas entrem na política e mexer no cenário político do estado. Eu vou participar, não como candidato, de forma alguma, mas sim como alguém que vai estimular outras pessoas a entrarem na politica”, disse ele.

Cunha disse que apesar das pessoas, quando encerrada a eleição do ano passado, já falar na próxima, ele não concorda com as campanhas eternas. “Nomes estão sendo estudados, temos tempo. Um dos problemas que vejo na politica é o clima de campanha eterno e agora é hora de trabalhar, campanha é bem mais na frente”.

 

Alagoas está entre os seis estados onde o desemprego aumentou

Foto: Estadão/Arquivo 37c3ed93 62b1 45a1 b3a7 0cb940937577 Desemprego

No comparativo entre os anos 2017 e 2018, em Alagoas e outros cinco estados brasileiros, o desempregou aumento no período, é o que aponta a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada pelo IBGE nesta sexta-feira (22).

Em Alagoas, o aumento foi de 0,3%, passando de 16,7% em 2017 para 17% no ano passado. No Rio de Janeiro (de 14,9% para 15%); Sergipe (de 14,3% para 16,6%); Maranhão (de 14,3% para 14,4%); Roraima (de 9,9% para 12,3%) e Amapá (de 17,8% para 20,2%).

 Maceió também figura entre as 12 capitais do país onde o desemprego aumentou no período, com um índice de 16,7%.

Quem será o candidato dos Calheiros a prefeitura de Maceió?

Dd862b7e b52d 40d7 8bd8 7a8ace3d7bfd

A resposta para a pergunta acima começa a ser respondida com a escolha, por parte do governador Renan Filho, dos nomes que irão compor o novo secretariado. Hoje, em fevereiro de 2019, três nomes aparecem nessa disputa.

O primeiro seria o chefe do MP, Alfredo Gaspar Mendonça, que tem seu filho Carlos Mendonça Neto, nomeado a frente da ADEAL. Como ponto positivo, o governo teria um candidato que tem muita aceitação do público e largaria como favorito. Como ponto negativo, Alfredo não representaria plenamente o projeto dos Calheiros, e como prefeito se tornaria uma liderança independente.

O segundo seria o ex-ministro do Turismo, Mauricio Quintella, que assumirá na segunda a secretaria de Infraestrutura do Estado. Como ponto positivo, Mauricio tem a confiança dos dois Renans, e um bom eleitorado em Maceió. Como ponto negativo, Mauricio teria que se afastar do rótulo da “velha política”.

O terceiro seria Alexandre Ayres, que será o novo secretário estadual de Saúde. Como ponto positivo, ele tem a preferência do grupo mais próximo do governador Renan Filho, é o nome que está sendo construído. Como ponto negativo, ele é um ilustre desconhecido de grande parte da população de Maceió, um poste. E para eleger um poste, na política, é necessária muita aprovação popular e aporte financeiro.

E para o leitor, quem destes três nomes tem condições de ser o candidato dos Calheiros para a Prefeitura de Maceió?

“O INSS é uma das principais fontes de renda do povo”, diz Renan Filho

Cortesia 28eaa3f2 5b6b 4838 aa25 32af760567cb

O governador Renan Filho participou nesta quinta-feira, 20, em Brasília, junto com governadores do Nordeste da reunião econômica onde foi apresentada a reforma da Previdência.

Assim como outros chefes de estado, Renan Filho criticou a algumas mudanças como as pontuadas para o Benefício de Prestação Continuada  (BPC).  Segundo a proposta, idosos pobres irão receber inicialmente R$ 400, ao contrário do salário mínimo (R$ 998), pago hoje em dia.

Renan disse ainda que  “a reforma da Previdência tem um componente regional muito significativo. Não é questão ideológica, mas é que no Nordeste o INSS é uma das principais fontes de renda do povo, dos estados e das cidades”, comentou o governador.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com