Coluna Labafero

Reforma da Previdência e os alagoanos: senador quer saber opinião da população

Foto: Congresso em Foco/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros

O senador Renan Calheiros deve fazer nos próximos uma pesquisa em Alagoas sobre cada item da reforma da previdência.

Segundo informações exclusivas repassadas à coluna Labafero, o senador vai votar e articular de acordo com o que os alagoanos pensarem sobre a reforma.

Qual será a opinião dos alagoanos?

Renan Calheiros critica Bolsonaro e fica no trend topics do Twitter

Foto: Reprodução / Globo News Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros

Após o senador Renan Calheiros criticar o presidente Jair Bolsonaro (PSL) que cortou recursos das Universidades Federais, Renan ficou no trend topics do Twitter. Vários usuários utilizaram o nome de Renan Calheiros depois da publicação dele na rede social.

Um dos usuários publicou a postagem do senador e disse: “eu tô concordando com o Renan Calheiros? É isso mesmo?”

Moradores de municípios alagoanos reclamam do alto valor na conta de energia

Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Equatorial

O alto valor nas contas de energia elétrica nas cidades de Maceió, Rio Largo, Pilar e Marechal Deodoro têm assustado os consumidores. De acordo com informações, devido uma reformulação no quadro de funcionários terceirizados, que prestavam serviços para Equatorial Energia.

Ainda segundo informações, a empresa acabou adotando uma prática de não realizar a leitura do consumo em um determinado mês e repetir o valor de um dos meses de maior consumo.

Informações ainda dão conta que esse tipo de pratica é legal e amparada por lei.

“Opiniões individuais não são as do partido”, diz Renan sobre a reforma da Previdência

Foto: Reprodução / Internet Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Senador Renan Calheiros

O Senador Renan Calheiros, disse em sua conta oficial no Twitter que não há a possibilidade do seu partido (MDB) debater sobre a reforma da Previdência sem haver uma reunião sobre o tema.

“O MDB precisa reunir seus senadores, deputados e dirigentes. O partido ainda não debateu o que irá defender na reforma da Previdência.”, disse Renan.

Renan disse ainda que, sem esse primeiro contato não se pode sequer citar o nome do partido. “Sem que seja feito esse debate interno, não se pode falar em nome do MDB. Opiniões individuais não são as do partido.”, afirmou em sua rede social.

"Não podemos permitir retrocessos na educação", diz Rodrigo Cunha

Foto: Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Rodrigo Cunha

O senador Rodrigo Cunha também criticou o corte na educação anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro. No twitter, Rodrigo disse que é “alarmante ver um corte tão representativo sem que sejam apresentados dados que o justifiquem ou as áreas para onde esses recursos serão revertidos”.

Rodrigo também disse que fragilizar as universidades é atingir, em cheio, a qualidade dos nossos futuros profissionais.

“Em Alagoas, o bloqueio orçamentário à UFAL chega a mais de R$ 39 milhões. Esse valor representa 36,6% do orçamento de custeio e capital da universidade. No mesmo sentido, sofre o IFAL”, afirmou o senador.

Para Rodrigo, não se pode permitir retrocessos na educação.

Marx Beltrão questiona MEC também sobre investimentos na interiorização da UFAL e do IFAL

Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputado Marx Beltrão

No requerimento protocolado nesta terça-feira (07) em Brasília dirigido ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, o deputado federal Marx Beltrão questiona o Ministério da Educação (MEC) sobre o corte de 30% nos investimentos nas Universidades e Institutos Federais. Mas a cobrança de Marx para o MEC também recaiu sobre os investimentos na interiorização destas unidades de ensino.

“A UFAL e o IFAL precisam ter mais pólos e mais campi no interior de Alagoas. O processo de interiorização das Universidades parece ter sido estancado, e isto não é nada positivo. Quero saber qual plano do MEC para ampliar a presença destas instituições outras regiões, especialmente as menos favorecidas. Precisamos construir novas unidades, fazer concursos para técnicos e docentes e promover a ampliação das oportunidades de educação para a comunidade do agreste, do sertão e do litoral norte e sul” afirmou o deputado.

Notícia sobre morte de João Lyra é fake news

Foto: Agência Câmara/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true João Lyra

Em vários grupos de whatsApp ligados a politica alagoana surgiu este fim de semana a notícia de que o empresário Joaõ Lyra tinha falecido e que pessoas ligadas a ele estavam tentando esconder a notícia.

Pois bem, a noticia é absolutamente fake.

O empresário, de acordo com familiares e amigos, ouvidos por esta coluna, está muito bem e inclusive vem recebendo visitas de algumas lideranças políticas alagoanas.

Entidades alagoanas se unem em favor da PEC que prorroga os mandatos até 2022

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Unidos! Assim é definida a junção da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), a União dos Vereadores de Alagoas e a União dos Vereadores do Brasil (UVB) em apoio a PEC 56, que já em tramitação no Congresso Nacional.

A proposta prorroga os mandatos dos atuais prefeitos e vereadores de todo o país até 2022 e unifica as eleições. Para isso, o grupo alagoano quer uma reunião com a bancada federal e colocar o assunto na mesa.

A PEC, de autoria do deputado federal Rogério Peninha do Paraná, também prevê o fim da reeleição e pode trazer uma economia 1 bilhão para o país.

Rosinha da Adefal é nomeada como Secretária Nacional de Políticas para Mulheres

Foto: Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Rosinha da Adefal

A ex-deputada federal Rosinha da Adefal (Avante) foi nomeada pela ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, como secretária nacional de Políticas para Mulheres. 

Rosinha já estava trabalhando como secretária-adjunta, mas foi nomeada após ex-deputada federal Tia Eron (PRB-BA) ter sido demitida.

Jornalista é ameaçado por presidente do CSA após publicação em blog

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O jornalista da UOL, Menon, afirma em seu Twitter que foi ameaçado por  Rafael Tenório, atual presidente do Centro Sportivo Alagoano (CSA),  após publicação em seu blog.

Em seu post, o jornalista comenta que Rafael além de empresário é político, e questiona a declaração de patrimônio do presidente, que chega a R$ 71.251.493,33. 

Dando a entender que  Rafael usa do poder aquisitivo e parcerias políticas como "Renan Calheiros, reeleito senador por Alagoas. O político mais rico do estado nas eleições de 2018. Dono de 59 apartamentos, dez terrenos e nove casas", para direcionar o sucesso do time, onde em todos os anos de ascensão tinha um político por trás. Porém, o presidente do CSA chegou a ser eleito como suplente de senador na última eleição.

Menon faz uma associação de que em todos os anos que o CSA obteve uma ascensão no futebol, seja ele no cenário estadual ou nacional, por coincidência ou não, havia uma figura política e de nome importante atuando nos bastidores do clube, visto que Fernando Collor é ex-presidente da república, Renan Calheiros é ex- governador do Estado. Muito disso pode estar ligado ao fato de que após o sucesso do CSA chegar a série A, a equipe que tem como gestor o Tenório atraiu a atenção de investidores chineses.   

No entanto, em um print da mensagem enviada de Rafael para Menon, ele alega que não é político, e, não está sendo investigado pela Lava-Jato e não possui nenhum vínculo com governos. 

Além disso, Tenório diz que o CSA obteve sucesso porque teve uma boa administração, com processos modernos no clube. 
Rafael pede ainda que Menon não o compare com esses "ladrões, filhos da puta".



A publicação do jornalista dá a ideia de que o clube cresceu com dinheiro público, de desvio de verbas, de corrupção. Afinal, como o clube pode ter subido e, após todos esses anos de investimento, o Tenório ainda ter tanto dinheiro?

 

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com