Ricardo Mota
Ricardo Mota

Último dia de liquidação de pequenos partidos em Alagoas

Ricardo Mota|
Mercado Público de Maceió
Mercado Público de Maceió / Foto: Victor Vercant/Secom Maceió

Essa é uma parte da atividade política que poucos  conhecem em profundidade: a negociação das pequenas legendas partidárias a cada eleição.

Lembrando: não há, este ano, a coligação proporcional – a deputado estadual e federal -, mas ela continua existindo na disputa pelo governo do Estado e Senado Federal.

O que vale nesses pequenos partidos e que lhes gera um ganho financeiro?

Tempo de televisão.

Assim, 15 segundos a mais na propaganda eleitoral podem valer R$ 300 mil (há um caso, agora, bem conhecido, ainda que seja difícil provar. Outro vendeu, mas não conseguiu entregar).

O valor vai subindo no último  dia do prazo para a realização de convenções partidárias, e o comércio vai de vento em popa. (Você só vai ver esses partidos naquelas letrinhas inelegíveis da propaganda eleitoral.)

Quem dá mais?

SOBRE O AUTOR

Jornalista, escritor e músico.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados