Controlando o apetite: nutricionista explica como evitar o ganho de peso no inverno

Assessoria|

Massas, molhos cremosos, vinhos, fondue. No inverno, a vontade de comer algo bem gostoso durante os dias frios acaba falando mais alto. Por isso, ganhar peso durante a estação acaba se tornando um problema comum. Com mais tempo em casa, acabamos cedendo às tentações de nossas guloseimas prediletas.

A nutricionista do Sistema Hapvida Maceió e Mestre em Nutrição Clínica, Icléa Rocha, explica que é preciso ficar atento na hora de escolher os ingredientes da dieta e ressalta: manter uma alimentação saudável é possível e necessário durante todos os meses do ano.

Fatores que contribuem para o ganho de peso no inverno

Mudança de apetite, carência de vitaminas, baixa temperatura corporal, ambiente familiar. A profissional explica que são muitos os fatores que podem contribuir para o ganho de peso no inverno.

“As pessoas tendem a comer mais por ser uma época mais convidativa a estar em casa. Nos momentos livres, à vontade e com a família, tudo acaba girando em torno da mesa, que traduz partilha, não só do alimento, mas de experiências, sentimentos e convívio”, diz.

Os dias mais curtos, nublados e sombrios, além da luz solar reduzida, também podem causar o desequilíbrio de substâncias químicas chamadas neurotransmissores, especialmente a serotonina, que afeta o humor, sono e disposição.

O mito do gasto energético

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, não é verdade que o metabolismo desacelera ou fique mais lento durante o inverno.

“É um mito. Na verdade, é comum o metabolismo acelerar porque o nosso corpo precisa gastar mais energia para ficar aquecido. No entanto, também aumentamos o gasto calórico, o que gera o aumento do apetite. É por isso que precisamos tomar cuidado, pois a nossa tendência natural é escolher alimentos ricos em gorduras e carboidratos simples, o que pode gerar ganho de peso indesejado”, reforça a nutricionista do Sistema Hapvida Maceió.

Dicas que ajudam a manter um organismo saudável

Icléa Rocha reforça que a prática regular de exercícios físicos é essencial durante a estação e complementa: “Além dos seus inúmeros benefícios à saúde, a atividade física nos dá mais disposição e é uma ótima forma de aquecer o corpo. Além disso, não podemos nos esquecer de caprichar na hidratação, para não confundir sede com fome”. Confira outras dicas:

•  Aposte no consumo de chás, além de sopas e caldos que podem ser compostos por vegetais diversos e carnes magras;

• Opte por saladas preparadas no vapor, que trazem novamente a sensação aconchegante do quentinho. Vale consumir acelga, couve, espinafre e repolho;

• Para não deixar as frutas de lado, a dica é aquecê-las ou consumi-las grelhadas ou assadas no forno. Se a vontade de comer doce apertar, prepare um mingau de aveia com banana ou maçã em fatias e adicione canela para finalizar.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados