Ricardo Mota
Ricardo Mota

Por que Renan e Marcelo Victor querem tanto tirar Zé Wanderley da vaga de vice de Paulo Dantas

Ricardo Mota|
Renan Calheiros
Renan Calheiros / Foto: Raíssa França

O senador Renan Calheiros encontrou um parceiro à altura nas suas articulações políticas em Alagoas (ambos falam a língua dos “homens”) – o deputado Marcelo Victor.

Agora, os dois estão empenhadíssimos em tirar o médico Zé Wanderley do cargo de vice de Paulo Dantas – na transição tampão/voto popular.

Cotidianamente, ouvimos falar – ou lemos – que são cotados para a vaga: Pedro Vilela, Tereza Nelma, Ronaldo Lessa e até Antônio Albuquerque.

Todos, portanto, de partidos teoricamente de oposição aos palacianos/assembleístas. 

Por óbvio: além de desfalcar - em caso de sucesso da articulação - os oposicionistas, eles ainda manterão Zé Wanderley como candidato a deputado estadual,  somando (é a estimativa do MDB da Assembleia) pelo menos 30 mil votos – fundamentais para que a bancada atinja 680 votos totais (elegeria 14 deputados).

Calheiros e MV não param de atuar - seja nas conversas com os pretendidos substitutos de Zé Wanderley, seja na sua ampla rede de divulgação.

É coisa de profissional. 

SOBRE O AUTOR

Jornalista, escritor e músico.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados