Ricardo Mota
Ricardo Mota

O São João do Milhão e o sofrimento das vítimas da chuva de maio

Ricardo Mota|
Chuva no bairro Santa Lúcia
Chuva no bairro Santa Lúcia / Cortesia/CBMAL -Arquivo

O governador Paulo Dantas e o prefeito JHC se depararam com a realidade: eles investem milhões em festas - sem relação com o tradicional São João -, mas a tragédia vivida pelos alagoanos cobra mais respeito e seriedade por parte deles.

Não há de se dizer que ambos foram pegos de surpresas, já que uma ação que queima o dinheiro público, celeremente, não pode ser decidida no clima de oba-oba dos palácios e gabinetes.

O São João do Milhão (o plural seria mais correto) foi anunciado às vésperas da chegada da chuva, já prevista pelos órgãos estatais que tratam do tema com base na boa ciência.

Mas a briga tola e irresponsável entre os bambambãs, alimentada nas redes sociais pelos desocupados, pareceu mais importante para eles.

Os dois governantes lacraram!

É claro que vai aparecer dinheiro para atender às vítimas das chuvas e enchentes, pelo menos nessa fase emergencial, mas isso mostra tão somente o quanto precisamos de gente madura e sinceramente preocupada com os destinos dos mais necessitados.

O dinheiro torrado com as grandes atrações, sem qualquer relação com o São João, repito, vai fazer falta – embora eles nunca haverão de confessar.  

SOBRE O AUTOR

Jornalista, escritor e músico.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados