Voney Malta
Voney Malta

Ex-chefe de Polícia de Alagoas é nomeado chefe do MPC de Minas

Voney Malta|
Segundo Marcílio Barenco, o crime foi premeditado (Foto: Gilca Cinara)
Segundo Marcílio Barenco, o crime foi premeditado (Foto: Gilca Cinara)

O ex-delegado geral da Policia Civil de Alagoas, Marcílio Barenco, foi o escolhido em uma lista tríplice pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema, para ocupar o cargo de Procurador-Geral do Ministério Público de Contas.

Mandato terá início dia 1 de junho e termina em 2024. Barenco já exerceu o cargo de Subprocurador-Geral por dois períodos. Ele ingressou no MPC mineiro em 2011.

Marcílio Barenco entrou na polícia alagoana em 2002. Ficou famoso por atuar em casos rumorosos envolvendo políticos.

''O delegado Barenco chegou a Alagoas e foi tido como o jovem delegado corajoso depois que enfrentou políticos suspeitos de envolvimento com crimes, a exemplo de João Beltrão, Júnior Pagão, entre outros. Considerado ousado e polêmico foi personagem de muitos capítulos na história da Polícia Civil. Por conta disso, o ex-delegado geral teria sido vítima de um esquema traçado para matá-lo, mas descoberto e com várias pessoas presas'', registrou, em 2011, reportagem do Cada Minuto.

SOBRE O AUTOR

Blogueiro do Cadaminuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados