Filho de jornalista alagoana morre durante partida de futebol em SP e família pede ajuda pra traslado do corpo

Redação|
Taboão da Serra
Taboão da Serra / Foto: Internet-Ilustração

Uma família de Alagoas está sofrendo a perda prematura do jovem Victor Gabriel Santos da Silva, 20 anos, que morreu de ontem (24), após ser empurrado contra a parede durante uma partida de futebol, no estado de São Paulo. 

Além da perda do jogador, a família sofre também para conseguir sepultá-lo em Maceió, sua terra natal. O custo para as passagens aéreas da mãe e dos irmãos de Victor e do traslado de corpo é de cerca de R$ 20 mil. Nas redes sociais, amigos e familiares pedem ajuda financeira.

A mãe da vítima, a jornalista Luciana Santos Silva, disse que ela e os filhos estavam em Taboão da Serra há um mês, e que Victor já tinha sido convocado para participar de um campeonato da primeira divisão do time daquela cidade.

“Meu filho já tinha jogado três jogos, e no quarto jogo, num lance de fundo que ele já tinha driblado o jogador, quando fez o lançamento o cara chegou forte deu uma cotovelada e o empurrou contra a parede. Ele desmaiou e a língua enrolou, mas conseguiram o manter acordado. Foi levado ao hospital e constatado o traumatismo craniano”, contou Luciana.

“Lutamos até ontem pela manhã, mas meu filho teve uma parada cardíaca e foi constatada a morte encefálica. Meu filho tinha apenas 20 anos. Era um ser humano incrível, morreu fazendo o que amava”.

A família  que agora tenta retornar para Alagoas, já autorizou a doação de órgãos de Gabriel. “Com a minha dor, vou fazer a alegria de muitas famílias”, disse Luciana.

PIX para contribuição:

11 96626-4921 / Luciana Santos Silva

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados