Davi Maia considera sua candidatura "um grito para a utilização do espaço democrático"

Coluna Labafero|
Foto: Reprodução

O candidato a governador tampão de Alagoas, deputado estadual Davi Maia, começou seu discurso questionando se a vida do povo alagoano melhorou nos últimos sete anos, e que considera este momento ideal para mostrar para a população a importância do contraponto e do discurso durante uma eleição, seja ela direta ou indireta. 

Maia frisa que sua candidatura é um grito “ao contraponto, a discussão e a utilização do espaço democrático para demonstrar as mazelas dos Renans Calheiros”. 

O deputado coloca ainda que sabe que sua vitória é “praticamente impossível, mas a política não vive só de vitórias eleitorais, se faz com discurso e com a contraposição de ideias, e essa foi minha jornada até hoje, nessa eleição”.

Ele ainda critica o governo anterior, e afirma que o governo tampão não deveria servir para apagar a luz de um governo já acabado, mas sim para preparar a máquina pública para o próximo governador a ser eleito. 

“No momento em Renan Filho assinou a renúncia, ali deveria morrer a era do desgoverno que assombrou Alagoas”, falou. 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados