Com JHC e presidente da Cufa, Rodrigo Cunha participa de assinatura de termo para realização da Expo Favela

Assessoria|

O senador Rodrigo Cunha (União) participou do ato de assinatura do protocolo de intenções entre a Prefeitura de Maceió e a Central Única das Favelas (Cufa) em Alagoas para a realização na capital alagoana da Expo Favela. O evento será uma feira de negócios que vai gerar oportunidades de empreendedorismo às comunidades. Paralelo à feira, haverá também a Taça das Favelas de Futebol, um case de sucesso no Brasil inteiro e que revela jogadores para todo o mundo. As atividades vão acontecer em agosto.

O protocolo foi assinado pelo prefeito JHC (PSB) e pelo presidente nacional da Cufa, Francisco José Pereira de Lima, o Preto Zezé. De acordo com Rodrigo Cunha, “a Central Única das Favelas tem sido referência para muitas pessoas, para muitos jovens brasileiros. Esse trabalho voltado à autoestima das pessoas permite que a juventude busque conhecimento para crescer na vida. Não é querer ser maior que ninguém. Tenho certeza de que esta parceria entre Cufa com o prefeito JHC vai potencializar ainda mais as ações em prol de nossa gente”, declarou o senador.

Já o prefeito JHC falou da alegria de ter a capital sediando os eventos, se colocou à disposição da entidade e destacou a importância do trabalho da Cufa. “Nós vamos sediar em Maceió dois eventos importantíssimos para as nossas favelas, as nossas grotas, que é o Taça das Favelas e o Expo Favela, para mostrar a potência que a favela tem, com criatividade, inclusão e inovação. É Maceió mais uma vez saindo na frente”, destacou JHC.

Preto Zezé, em sua fala, lembrou de todos os desafios e dos avanços alcançados pela Cufa, sobretudo na pandemia da Covid-19 e ressaltou que o trabalho da entidade chegou a mais de cinco mil favelas do Brasil, com R$ 1 bilhão arrecadados em doações. “Fico feliz de estar aqui em Maceió, em Alagoas, e poder estar junto de vocês, poder ouvir e falar o que é melhor para as favelas do Brasil. Que Alagoas e Maceió sejam o nosso farol para as demais cidades brasileiras”.

Presidente da Cufa em Alagoas, Rogério Diaz ressalta que a Expo Favela também irá gerar incentivos à economia criativa e por isso é relevante que a população de Maceió receba de braços abertos esta iniciativa. “Alagoas não pode ficar de fora da economia criativa. Esta parceria entre a Prefeitura de Maceió com a Cufa, com participação da Cufa Alagoas, vai promover que a economia criativa se torne realidade. A partir do momento que o Município aceita uma proposta como esta, temos a certeza de que a nossa cidade será contemplada com economia criativa. Precisamos dos jovens cada vez mais engajados também nesta causa”, argumenta.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados