Ricardo Mota
Ricardo Mota

Sanema, Sanama e BRK devem uma cidade novinha em folha a Maceió

Ricardo Mota|
Rua esburacada em Maceió
Rua esburacada em Maceió / Foto: Wadson Correia

Quem anda ou dirige pelas ruas de Maceió que receberam obras da Sanema, Sanama ou BRK vive uma experiência extraterrestre – a de que está transitando num terreno lunar (aqui, com vento).

O recapeamento (?) feito pelas mencionadas empresas é algo absolutamente desrespeitoso, um serviço sujo, de quem não está nem aí para aqueles que, em verdade, são os donos da cidade.

Quem passar pela Gruta – onde eu mais transito – pode confirmar, furiosamente, o que eu estou afirmando mais uma vez.

As três empresas, uma mais do que outras, estão devendo uma cidade novinha em folha a Maceió.

A capital alagoana virou lua sem dono.

(Quem vai cobrar?) 

SOBRE O AUTOR

Jornalista, escritor e músico.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados