Roberto Gonçalves
Roberto Gonçalves

Médicos do Hospital Regional de Arapiraca alertam para doenças sazonais e novas cepas da Covid-19

Assessoria |

Porta aberta para atendimentos a população de Arapiraca e da 2ª Macro Região, que compreende cerca de 50 municípios, o Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho alerta sobre contágios de doenças sazonais, que incluem as gripes, infecções respiratórias, dengue e a própria COVID-19, que surgiu neste final de ano com variações, a exemplo da Ômicron.

“A palavra mais adequada para o momento é prudência. Uso de máscara, álcool gel e distanciamento, além de manter o esquema de vacinas em dia é o mais correto a se fazer”, declarou em entrevista à imprensa a coordenadora do Serviço de Qualidade e Segurança do Paciente, Maria Helena Pereira.

A fala é confirmada pelo clínico geral e Coordenador do Pronto Socorro do Hospital Regional, Frederico Willer. “Os números de atendimentos e internamentos naturalmente crescem nessa época de verão, mas a população precisa ficar alerta e entender que temos agravantes, como o próprio vírus da covid. Então todo cuidado é bem-vindo”, disse. Além das recomendações prescritas, ele assinala a necessidade da observância aos sintomas de cada um.

“Há uma diferença, as vezes sutil, entre as doenças de época, tais como gripes e resfriados; a Covid e até as novas Cepas. O ideal é que, em caso de sintomas, o paciente procure as Unidades de Saúde de sua referência. Lmbrando que no novo fluxo de atendimentos de Arapiraca, o Hospital Regional passou a cuidar preferencialmente dos casos mais graves, trazidos pelo SAMU ou que sejam avaliados pela própria equipe de triagem”, colocou.

O novo Fluxo foi uma pactuação envolvendo todos os serviços de Saúde de Arapiraca visando melhorar o atendimento e garantindo mais segurança aos pacientes. “Síndromes gripais se referem ao conjunto de sintomas, que tanto a gripe, quanto o resfriado, quanto as doenças caudadas pelo vírus da Influenza ou coronavírus tem, e que, muitas vezes, se confundem. Mas o importante é manter a calma. Vamos vacinar e vencer mais essa batalha”, falou Frederico.

Ainda segundo o Coordenador do PSA, o aumento de casos também tem relação com as aglomerações das festas de final de ano e período de férias escolares. “Importante reforçar que estamos ainda em pandemia e enfrentando uma epidemia de gripe. A diminuição de contágio e contaminação precisa da cooperação de todos”, ressaltou.


 

SOBRE O AUTOR

Blog Roberto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados