Conagreste convoca municípios a participarem da campanha de Coleta de Coleta de Pneus, realizada pela Semarh/AL

Assessoria|

 

 

Ligado a questões ambientais desde sua fundação, o Consórcio Intermunicipal do Agreste Alagoano (Conagreste), em apoio à Secretária de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (Semarh), chama os municípios consorciados para participarem da Campanha de Coleta de Pneus, no combate à proliferação do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, zica e chikungunya.

A campanha, realizada a nível estadual pela Semarh, irá realizar uma força tarefa para atender a todos os municípios de Alagoas, inclusive da região Agreste.

Os municípios consorciados ao Conagreste deverão encaminhar os pneus recolhidos em suas cidades para a Central de Tratamento de Resíduos (CTR), localizada em Craíbas, onde haverá um ponto de coleta e, de lá, a secretária os coletará para dar uma destinação final adequada.

As gestões municipais devem seguir os seguintes procedimentos:

• Os pneus recolhidos nos municípios devem ser encaminhados para a CTR de Craíbas entre os dias 07 a 10 de dezembro de 2021;

• Os pneus poderão ser direcionados à CTR juntos aos resíduos domésticos. No entanto, as cargas não podem ser misturadas, pois é proibida a célula das unidades de disposições recebe-los, conforme lei ambiental vigente;

• Os pneus precisaram ser retirados antes da pesagem da balança para não aumentar o valor a ser pago as CTRs. Se a quantidade de pneus coletada no município for grande, as gestões podem levar apenas os pneus;

• Os municípios devem levar uma equipe para a retirada de pneus na CTR, para assim, agilizar os trabalhos, visto que não tem ninguém para realizar a retirada;

• Os municípios podem ter um ponto de coleta temporário na cidade, para depois, dentro do prazo determinado, direcioná-lo para os pontos de coleta informado pelo Estado, no caso dos consorciados, à CRT de Craíbas.

• Caso o município faça campanha de divulgação com a sociedade, fazer em parceria com as secretarias municipais de saúde, limpeza pública (ou que execute o serviço de limpeza) e meio ambiente;

• É importante divulgar com a sociedade, e também fazer essa retirada nos geradores da cidade (borracharias, os pneus retirados nos veículos no município, etc.).

O Conagreste lembra aos consorciados sobre a importância de descartar de forma adequada os pneus não mais utilizados. Estima-se que o tempo de decomposição de um pneu seja de 600 anos. Essa demora provoca inúmeros problemas ao meio ambiente, além de transmissão de doenças, pois o objeto também gera acumulação de água, que atrai o mosquito Aedes Aegypti, responsável pela transmissão da febre amarela urbana, zica, chikungunya e dengue, cuja a forma grave da doença pode matar.

Por isso, o Conagreste pede a participação dos consorciados e alerta-os sobre prazos e procedimentos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados