Cebraspe é investigada pelo MP por desqualificar candidatos com justificativa padrão

Coluna Labafero|
Ministério Público Estadual (MP/AL)
Ministério Público Estadual (MP/AL) / Foto; Assessoria

A 20ª Promotoria de Justiça da Capital/Fazenda Estadual, do Ministério Público Estadual (MPE/AL), abriu um investigação contra a banca examinadora Cebraspe diante de diversas denúncias apresentadas por candidatos que possuem visão monocular - cegueira em um dos olhos. 

De acordo com a portaria, publicada nesta segunda-feira (29), o Ministério Público colocou que a banca Cebraspe tem precedentes em concursos na área policial (PF, PCDF, PRF, DEPEN) de eliminar candidatos com visão monocular, sob a justificativa padrão para todos os candidatos, de que a deficiência é incompatível com o cargo. 

O MP não detalhoou se a empresa forneceu alguma informação sobre as denúncias apresentadas e ainda fez uma recomendação para que banca examinadora se abstenha de eliminar candidatos com visão monocular sob a justificativa de que a deficiência é incompatível com o cargo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados