Alagoas suspende vacinação para adolescentes de 12 a 17 anos, após orientação do Ministério da Saúde

Redação |
Vacinação de adolescentes
Vacinação de adolescentes / Foto: Internet

O governador Renan Filho anunciou nesta quinta-feira (16) a suspensão imediata da vacinação contra a Covid-19 em Alagoas para adolescentes de 12  a 17 anos. A medida ocorre após uma orientação do Ministério da Saúde para todos os estados. 

Por meio das redes sociais, o governador colocou que  “a imunização continuará para aqueles que apresentem deficiência permanente ou comorbidades. Reafirmo o nosso compromisso com a vida dos alagoanos”. O Governo ainda não explicou como fica a 2ª dose para os adolescentes já vacinados. 

A recomendação feita pelo Ministério, feito por meio de nota técnica, foi publicada ontem (15). A nota da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 afirma que a vacinação deve acontecer apenas em adolescentes de 12 a 17 anos com deficiência permanente, comorbidades ou que estejam privados de liberdade.

A Secretaria decidiu a suspensão com base em evidências cientificas. "Revisará, sempre que necessário, suas recomendações, com base em dados de segurança e na evolução das evidências científicas", ressaltou o texto.

Entre os motivos apontados, está que a Organização Mundial de Saúde não recomendaria a imunização de criança e adolescente, com ou sem comorbidades.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados