Vereador pede para ser "investigado" após ser acusado de entrar em sessão virtual dirigindo

Coluna Labafero|
Siderlane Mendonça
Siderlane Mendonça / Foto: Assessoria

O vereador Siderlane Mendonça (PSB) pediu ao presidente da Câmara de Maceió para inserir durante a votação da sessão desta terça-feira (14) um requerimento onde pedia a sua própria “investigação”. 

Ele afirmou que foi alvo de uma fake news e acusado de ter participado da sessão virtual, na última quinta-feira, enquanto dirigia pelas ruas de Maceió.  Mendonça reforçou que não estava dirigindo no momento em que entrou para fazer uma discussão e pediu a Superintendência Municipal de Transporte e Transito (SMTT) apure o caso. 

“Estou entrando com um requerimento para que eu mesmo seja investigado e para que a SMTT averigue o caso. Eu não vou esperar que ninguém investigue o que não cometi”, disse ele na sessão. 

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados