Presidente da AMA participa da nova pactuação do Escola 10

Assessoria |
Assessoria

O presidente da AMA, prefeito Hugo Wanderley, representou os prefeitos alagoanos assinando a nova pactuação do programa Escola 10, que visa garantir os direitos de aprendizagem dos estudantes da rede pública, bem como a melhoria dos índices educacionais das cidades. Prefeitas e prefeitos também participaram do evento híbrido que aconteceu nesta segunda-feira (02).

O regime de colaboração entre Governo do Estado e municípios firmam compromissos para as duas esferas, o que inclui ações para o aumento do nível de proficiência dos estudantes do ensino fundamental em Língua Portuguesa e Matemática e da taxa de participação na prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), bem como para a redução das taxas de abandono, reprovação e distorção idade/série (atraso escolar).

Em 2017, quando o programa Escola 10 foi lançado, Alagoas ocupava a última posição no Brasil, e hoje, apenas 4 anos depois, já está na 16ª , com 93% dos municípios alcançando as metas do SAEB. “Isso demostra todo o esforço que os prefeitos fizeram e que, agora, vão continuar fazendo após a reformulação feita oferecendo estímulo aos estudantes e articuladores”, disse Wanderley.

Seis municípios foram premiados por atingirem as metas estipuladas pela SEDUC para o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) em 2019. Santana do Mundaú, Jequiá da Praia, Teotônio Vilela, Anadia, Ouro Branco e Belo Monte receberam recursos de R$ 3 milhões para investimentos e podem dobrar o valor, segundo o governador Renan Filho. “Esse é um prêmio muito arrojado”, acrescentou.

Nessa nova fase, o governo incluiu o programa “Vem que dá tempo” que prevê a expansão do ensino Médio modular da EJA na rede estadual e aumento da oferta para os 1ºs e 2ºs segmentos nos municípios . Também prevê a realização de exames de avaliação e certificação do ensino Fundamental, oferta de cursos preparatórios e bolsa formação para profissionais da educação com incentivos financeiros através de bolsas.

O secretário Rafael Brito, disse que o programa é o maior acerto da história da Educação em Alagoas, enquanto o governador Renan Filho chamou os prefeitos para essa nova fase cujo desafio está em fazer com que os alunos retornem as escolas e que jovens e adultos consigam concluir a escolarização através do novo “Vem que dá tempo”. Renan Filho também anunciou que as metas do Escola 10 serão revista.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados