Com 13 novos registros, Alagoas passa dos 5.700 óbitos por Covid-19

Redação*|
Covid-19
Covid-19 / Foto: Reprodução/ Internet

Alagoas registrou 248 novos casos e 13 mortes por Covid-19, de acordo com o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) desta sexta-feira (23). O estado tem um total de 227.369 casos confirmados do novo coronavírus, dos quais 1.691 estão em isolamento domiciliar. Outros 219.586 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 8.256 casos em investigação epidemiológica e, no total, Alagoas tem 5.711 óbitos por Covid-19.

Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 5.711 óbitos por Covid-19, mas, oito deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres.Dos 5.703óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 3.169 eram do sexo masculino e 2.534 do sexo feminino.Eram 2.480 pessoas que residiam em Maceió e as outras 3.223 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

 

Óbitos 

Das 13 mortes por Covid-19 registradas no último Boletim, duas vítimas eram da capital alagoana e 11 do interior do estado. 

As vítimas de Maceió eram um homem de 87 anos e uma mulher de 82 anos. O homem de 87 anos era diabético, renal crônico e morreu no Hospital do Coração de Alagoas, em Maceió; e a mulher de 82 anos não tinha comorbidades e morreu em seu domicílio.

Em relação às 11 vítimas que residiam no interior do Estado, eram cinco homens de 54, 58, 60, 82 e 89 anos, além de seis mulheres de 50, 52, 65, 72, 89 e 90 anos. O homem de 54 anos, residia em Arapiraca, não tinha comorbidades e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 58 anos, morava em Coruripe, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Carvalho Beltrão, em Coruripe; o homem de 60 anos, era de Paripueira, tinha hipertensão, diabetes e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 82 anos, era de Igreja Nova, não tinha comorbidades e morreu na Unidade de Emergência, em Igreja Nova; o homem de 89 anos, residia em Palmeira dos Índios, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Regional, em Arapiraca; a mulher de 50 anos, era de Penedo, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Carvalho Beltrão, em Coruripe; a mulher de 52 anos, residia em Paulo Jacinto, era hipertensa, obesa e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; a mulher de 65 anos, morava em Santa Luzia do Norte, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; a mulher de 72 anos, era de Junqueiro, tinha hipertensão, diabetes e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; a mulher de 89 anos, residia em Arapiraca, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Regional, em Arapiraca; e a mulher de 90 anos, morava em Arapiraca, era hipertensa, diabética e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca.

 

Leitos de Covid-19 do Estado 

Dos 1.488 leitos criados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 390 estavam ocupados até às 16 horas da quinta-feira (22), o que corresponde a 26% do total. Atualmente, 177 pacientes estão em leitos de UTI, 15 ocupando leitos intermediários e 198 em leitos de enfermaria.

 

*Com Ascom Sesau

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados