Dois suspeitos de participar da morte do PM Charles Micael são presos

Redação|
O soldado da PM Charles Micael
O soldado da PM Charles Micael / Foto: Reprodução / Instagram

Foram presos, na tarde desta quinta-feira (22), dois homens suspeitos de terem participado da morte do policial militar Charles Micael Vieira da Silva, 32 anos. 

Segundo a Polícia Civil, eles estão na Central de Flagrantes do município de Arapiraca e estão prestando depoimento. 

Não há informações sobre a identidade dos homens.

Ontem (21), um homem foi preso, no interior de Sergipe, acusado de participar do assassinato do soldado alagoano.

O caso

O policial militar Charles Micael Vieira Silva, 32 anos, foi baleado e morreu, na noite do sábado (17), ao reagir a um assalto a um estabelecimento, no Povoado Bananeiras, zona rural de Arapiraca, Agreste alagoano.

De acordo com informações policiais, o soldado estava no Povoado e presenciou um assalto, praticado por dois homens em uma motocicleta, modelo Honda Titan, de cor preta e placa não anotada, a um mercadinho.

Testemunhas relataram que o militar teria reagido à ação dos criminosos, que efetuaram um disparo de arma de fogo contra ele. Charles foi atingido no peito, chegou a ser socorrido e levado para o Hospital de Emergência do Agreste (HEA), mas não resistiu.

Ainda segundo a polícia, a dupla  ainda roubou uma moto, modelo Honda Bros de cor laranja, e fugiu, logo depois. 

O soldado Charles Micael integrava o 3° Batalhão de Polícia Militar de Arapiraca (3° BPM) e era da turma de 2018. Ele deixa esposa e dois filhos, de 4 e 2 anos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados