Acusado de matar PM alagoano é preso ao tentar fugir de ônibus para São Paulo

Redação|
O soldado da PM Charles Micael
O soldado da PM Charles Micael / Foto: Reprodução / Instagram

Um homem identificado como um dos autores do assassinato do soldado da Polícia Militar de Alagoas, Charles Micael, foi preso nesta quarta-feira, dia 21, no município de Propriá, em Sergipe.

Segundo informações da Secretaria de Segurança de Sergipe, o 2° Batalhão foi informado pelo núcleo de inteligência da Polícia Militar de Alagoas sobre um foragido da Justiça alagoana, que estaria fugindo para o estado de São Paulo num ônibus comercial que passaria pelo trecho sergipano da BR-101.

Com base nas informações e fotografias enviadas pela PM alagoana, o suspeito foi identificado e detido, num ponto de apoio de ônibus, na entrada de Propriá.

 O suspeito já foi entregue às autoridades alagoanas, para que sejam tomadas as devidas providências legais.

A prisão aconteceu em operação conjunta, envolvendo militares do 2° BPM  e agentes da Delegacia de Propriá.

O caso

O policial militar Charles Micael Vieira Silva, 32 anos, foi baleado e morreu, na noite do sábado (17), ao reagir a um assalto a um estabelecimento, no Povoado Bananeiras, zona rural de Arapiraca, Agreste alagoano.

De acordo com informações policiais, o soldado estava no Povoado e presenciou um assalto, praticado por dois homens em uma motocicleta, modelo Honda Titan, de cor preta e placa não anotada, a um mercadinho.

Testemunhas relataram que o militar teria reagido à ação dos criminosos, que efetuaram um disparo de arma de fogo contra ele. Charles foi atingido no peito, chegou a ser socorrido e levado para o Hospital de Emergência do Agreste (HEA), mas não resistiu.

Ainda segundo a polícia, a dupla  ainda roubou uma moto, modelo Honda Bros de cor laranja, e fugiu, logo depois. 

O soldado Charles Micael integrava o 3° Batalhão de Polícia Militar de Arapiraca (3° BPM) e era da turma de 2018. Ele deixa esposa e dois filhos, de 4 e 2 anos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados