Após imunizar 12.317 pessoas, Ônibus da Vacina encerra permanência em Maceió

Assessoria|
Ônibus da Vacina encerra permanência em Maceió
Ônibus da Vacina encerra permanência em Maceió / Foto: Assessoria

O Ônibus da Vacinação encerrou nesta quinta-feira (22), na Praça Deodoro, no Centro, as suas atividades em Maceió. A unidade móvel iniciou as suas ações de imunização contra a Covid-19 na capital no dia 9 de junho e, nesse período, percorreu mais de 30 localidades, em diversos bairros, contribuindo efetivamente para vacinar 12.317 pessoas.

Um dos imunizados contra a Covid-19, Josenildo Pereira, de 47 anos, e vendedor ambulante, tomou a primeira dose hoje. “Eu cheguei logo cedo porque estava ansioso para receber a minha dose. Quando tive a minha oportunidade de vacinar, aproveitei que o Ônibus da Vacina estava no Centro. Hoje é um dia especial e inesquecível”, comemora.

As atividades desse último dia começaram às 9h com a distribuição de 500 fichas para usuários a partir de 34 anos sem comorbidades, que aguardavam ansiosos no local para garantir tanto a primeira quanto a segunda dose do imunizante.

Maria Aparecida Torres, de 44 anos, também não hesitou em receber a primeira dose do imunizante. “Agradeço a Deus por esse dia. Estou muito feliz, estava esperando para tomar essa dose e, como o ônibus estava parado aqui no Centro, resolvi entrar e tomar”, relata.

Para a secretária de Saúde de Maceió, Célia Fernandes, ter contado com mais um equipamento para ampliar a vacinação na capital foi gratificante. “Esse é um momento único para nós, pois somos a primeira capital a receber essa unidade e ela foi um sucesso. Atingimos nosso objetivo, que é acelerar a vacinação da população e, daqui, o veículo segue para outras cidades ajudando a população do nosso Brasil”, destaca.

A secretária agradeceu, ainda, a parceria da Cruz Vermelha com a Prefeitura de Maceió e deu destaque aos profissionais da saúde que atuaram durante toda essa campanha. “Os heróis da saúde merecem os nossos agradecimentos, pois se dedicaram à tarefa de imunizar a população de forma célere”, completa Célia Fernandes.

O prefeito de Maceió, JHC, esteve presente no encerramento das atividades do Ônibus da Vacinação, assim como recebeu o veículo quando a Cruz Vermelha disponibilizou o equipamento para que Maceió fosse a primeira cidade da América Latina a utilizar do serviço. Para JHC, foi uma grande responsabilidade ter possibilitado que a população tivesse acesso aos imunizantes de forma itinerante.

Mais de 30 locais foram contemplados com a unidade itinerante em Maceió: Praça Deodoro (Centro), Feirinha do Tabuleiro, Mercados da Produção e do Artesanato (Levada), Santa Lúcia, Santos Dumont, Graciliano Ramos, Aprígio Vilela, Maceió I, Jardim Royal, Ponta da Terra, Caeté e Planalto, Gruta de Lourdes, Praça da Faculdade (Prado), Henrique Equelman, Cruz das Almas, Feitosa, Vale do Reginaldo, Salvador Lyra, Village Campestre, Clima Bom, Rosane Collor, Praça Padre Cícero (Vergel do Lago), Ipioca, Riacho Doce, Guaxuma, Fernão Velho, Rio Novo, Bebedouro e Ponta Verde.

O ônibus foi fruto de uma parceria da Prefeitura de Maceió com a Cruz Vermelha e apoio financeiro da Mercedes-Benz e do Governo da Alemanha. Maceió foi a primeira cidade da América Latina a receber o veículo, que foi criado com o intuito de acelerar a imunização contra a Covid-19 nas localidades por onde passar.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados