Voney Malta
Voney Malta

Em vídeo, Lula diz a Bolsonaro que quem vai passar a faixa ao próximo presidente é o povo

Voney Malta|
Lula e Bolsonaro lideram intenções de votos, segundo Paraná Pesquisa
Lula e Bolsonaro lideram intenções de votos, segundo Paraná Pesquisa / Foto: Reprodução / Internet

"O povo e somente o povo é que vai dar um jeito. Aí o Bolsonaro fala: 'a lei do voto impresso, se não for impresso, eu fui roubado, e também se eu perder não vou entregar a faixa'. Ninguém quer pegar a faixa de você, Bolsonaro. Sabe quem vai derrotar você? O povo brasileiro. Sabe quem vai passar a faixa para o próximo presidente? O povo brasileiro. Não precisa de você. Aliás, eu acho que ninguém quer receber de você. Mas você pode deixar que o povo que eleger vai empossar o presidente eleito em 2022. E não será você".

Foi essa a gravação publicada pelo ex-presidente Lula em sua conta no Twitter. Com Fone Gamer (Headset) e roupa de marca, Lula parece tentar parecer que tem anos de menos do que a realidade, uma forma de se comunicar com um público bem mais jovem, um eleitorado que não é exataemnte o seu, enquanto critica Jair Bolsonaro.

Uma ação especialmente estratégica do ex-presidente - que vem tentando reforçar suas posições como gestor de centro -, é o uso intensivo das redes sociais, um campo até então dominado pelo bolsonarismo, tão bem utilizado na campanha eleitoral vitoriosa de Jair Bolsonaro na disputa pela presidência, em 2018.

Lula também tem articulado montagem de palanques, acordos, e até conversas com partidos e lideranças que votaram pelo afastamento da ex-presidente Dilma (PT).

Ainda sem partido, portanto sem capacidade de articular apoios nos estados visando as eleições do ano que vem,  o presidente Jair Bolsonaro está incapacitado de barrar o avanço de adversários na costura de alianças.

Veja aqui o vídeo de Lula e a repercussão.

 

 

SOBRE O AUTOR

Blogueiro do Cadaminuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados