Decisão judicial impede sepultamento de restos mortais de Roberta Dias

Redação|
Roberta Dias
Roberta Dias / Arquivo Pessoal

Após uma decisão judicial, proferida nesta terça-feira (20), a família de Roberta Dias, que desapareceu em abril de 2012 e cujos ossos foram encontrados há cerca de três meses no Pontal do Peba, em Piaçabuçu, interior de Alagoas, não conseguiram sepultar os restos mortais da jovem, que estava previsto ocorrer nesta quarta-feira (21)

De acordo com a decisão judicial, a ossada encontrada interessa ao andamento do processo e servirá como prova. 

Conforme informações divulgadas pela assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), a produção da prova pericial ainda não terminou. O magistrado ressaltou a preocupação no sentido de evitar o encerramento precipitado da prova pericial, e que poderia dar margem a eventual necessidade de exumação futuramente.

O Ministério Público de Alagoas (MP/AL) informou que a ossada de Roberta Dias deverá ficar guardada na sede do Instituto Médico Legal (IML), até que uma liberação para sepultamento seja dada.

O Laboratório de Genética Forense do Instituto de Criminalística de Alagoas confirmou na quarta-feira (14), que os restos mortais encontrados em abril, no Pontal do Peba, eram da estudante Roberta Dias. 

Populares encontraram no dia 18 de abril um crânio em um areal da praia do povoado. Três dias depois, em 21 de abril, sabendo do achado, a família da jovem resolveu fazer buscar na mesma região e encontrou parte de um esqueleto humano. 

Como foi levantada a suspeita de que esses ossos seriam da estudante Roberta Dias, o setor de DNA do Instituto de Medicina Legal de Arapiraca enviou ao Laboratório Genética do IC amostras de fragmentos de ossos e dentes para o exame de DNA.  Após, a extração do perfil genético desse material, a perita criminal realizou o confronto genético com o material biológico da mãe de Roberta, a senhora Mônica Costa.

O desaparecimento

Em abril de 2012, a jovem Roberta Dias foi sequestrada e desapareceu após sair de uma consulta médica, em Penedo, onde havia realizado um exame pré-natal.

 

 

MAIS LIDAS DO DIA

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados