Padrasto de Rhaniel é preso suspeito de estuprar uma menina de 12 anos

Redação|
Rhaniel Pedro
Rhaniel Pedro

Foi preso nesta segunda-feira, dia 21, o padrasto de Rhaniel Pedro Laurentino, 10 anos, encontrado morto na madrugada da quinta-feira, 13 maio, no bairro Clima Bom, em Maceió.  O homem, preso numa ação da Delegacia de Homicídios e a Delegacia de Crimes Contra a Criança e Adolescente, é suspeito de estuprar uma prima de Rhaniel, de 12 anos.

Segundo a polícia, durante as investigações da morte do garoto foi descoberto esse outro crime. A menina relatou à polícia que teria sofrido violência sexual e após exames o fato foi comprovado.

O caso

O menino Rhaniel Pedro Laurentino da Silva, de 10 anos, desapareceu no dia 12 de maio e foi encontrado morto na madrugada do dia seguinte, no bairro Clima Bom, em Maceió. 

O corpo da criança, encontrado por um morador que passava na região, estava próximo a entulhos, no mesmo bairro onde o garoto havia sumido. 

A família de Rhaniel foi informada pela pessoa que o encontrou e uma tia foi até o local, onde fez a identificação.

De acordo com o Instituto de Medicina Legal Estácio de Lima (IML de Maceió)  Rhaniel Pedro Laurentino da Silva, de 10 anos, foi vítima de asfixia por aspiração de sangue, em decorrência de ferimentos provocados por instrumento contundente.

Durante o exame de necropsia, a equipe de medicina legal, constatou lesões na região craniana e na face da vítima. A análise cadavérica encontrou ainda hematomas na região do tórax e no interior da boca, a qual teria provocado a asfixia que gerou a morte da criança.

Também foram coletados materiais biológicos na mucosa anal e na região peniana que apresentavam lesões para posterior exames laboratoriais. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados