Foto: Reprodução
Lucas combinou ação com policiais militares.

A Corregedoria da Polícia Militar de Alagoas informou, por meio de nota, nesta terça-feira (11), que vai abrir um procedimento administrativo para apurar a conduta dos policiais militares envolvidos em uma falsa abordagem feita para um pedido de casamento, ocorrida em Traipu, no interior do estado.

No último domingo (9), um jovem, identificado como Lucas Santos, 19 anos, forjou uma abordagem policial para pedir a namorada em casamento. Um vídeo da ação foi divulgado nas redes sociais.

Conforme relatos, o jovem é amigo de um dos militares que realizaram a falsa abordagem. O policial teria aceitado a simulação para ajudá-lo a surpreender a namorada com o pedido de casamento.

Leia mais: Jovem forja abordagem policial para pedir namorada em casamento; veja vídeo

O vídeo chegou a ser postado no Instagram do 3º Batalhão da Polícia Militar (3º BPM), na segunda-feira (10), mas foi removido horas depois.

Após a repercussão do vídeo, o comado da PM informou que irá abrir um procedimento administrativo para averiguar a conduta dos militares e tomar as devidas providências, caso precise.

 

Confira a nota da PM na íntegra:

"O Comando da Polícia Militar de Alagoas informa que a Corregedoria da Instituição já tem conhecimento da existência de um vídeo que circula nas redes sociais de uma ação da PM na Cidade de Traipu e de ofício determinará a abertura de procedimento administrativo, bem como tomará todas as providências necessárias que o caso requer.

Polícia Militar de Alagoas: Sua segurança, nossa missão!!"