Cortesia PMAL
Operação Gênese

Teve início nesta terça-feira, dia 11 e segue até o sábado, dia 15 a terceira fase da Operação Gênese, em diversas cidades do interior do estado. As ações da Polícia Militar de Alagoas (PMAL) através do Comando de Policiamento do Interior (CPI) ocorrem principalmente em áreas de maior índice de cometimento de crimes, de acordo com dados do Núcleo de Estatística e Análise Criminal (NEAC).

Segundo a assessoria de Comunicação da PM, o objetivo da operação é reforçar o policiamento ostensivo tanto a pé quanto motorizado, com base na mancha criminal dos municípios, para evitar que crimes aconteçam nessas áreas consideradas mais críticas. Para isso, foram empregados cerca de 300 policiais militares, distribuídos nas Organizações Policiais Militares do CPI, com a missão de proporcionar segurança à população e manter a ordem social.

“A violência no interior do nosso estado precisa ser combatida e a população merece sair às ruas sem temer ser vítima de criminosos. Nós estamos conseguindo alcançar esses objetivos e a redução da criminalidade já é uma realidade em Alagoas. A Operação Gênese tem trabalhado justamente para continuar reduzindo os índices criminais nas áreas do CPI”, disse o Comandante do CPI, coronel Eduardo Lucena.

Os Centros Integrados de Segurança Pública (Cisps), que promovem a integração das polícias Civil e Militar, também terão o quantitativo de militares reforçado durante a operação. Além disso, o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) ficará encarregado do apoio aos trabalhos com  

Participam da operação 2º, 3º, 6º, 7º, 9º, 10º, 11º Batalhões de Polícia Militar; 1ª, 2ª e 4ª Companhias Independentes; Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e Batalhão de Polícia Ambiental (BPA).

*Com assessoria