Foto: Ascom SMS
Vacinação de idosos, em Maceió

O deputado federal Marx Beltrão se manifestou pelas suas redes sociais sobre as denúncias encaminhadas ao Ministério Público Estadual (MPE) de pessoas que "furaram a fila" para se vacinar contra a Covid-19 em Alagoas. 

Pelo menos seis denuncias foram feitas, entre elas com profissionais de saúde que não estão na linha de frente de combate a doença. Beltrão afirmou que respeitar os prazos  Plano de Imunização é uma uma regra básica e gesto de civilidade e educação. 

"Já quem fura a fila da vacina pode responder por 14 CRIMES e tem que ter PUNIÇÃO exemplar. Os casos que estão sendo denunciados, além de criminosos, são desumanos. Que a Justiça dos homens seja feita, pois nada escapa aos olhos de Deus”, escreveu o deputado.