Reprodução / Instagram
Ricardo Santa Ritta

Após o Ministério Público de Alagoas requisitar à Prefeitura de Maceió o estudo que embasou redução da tarifa de ônibus, o secretário de Turismo, Esporte e Lazer, Ricardo Santa Ritta, ironizou a atitude do órgão nas redes sociais, nesta terça-feira (26), mas sem citar nomes diretamente.

“Tem uma entidade misteriosa em Alagoas que está sendo contra essa ideia [de tornar a passagem mais barata]. Eles bem que poderiam ter um corte de 8% no orçamento próprio. Já pensou ser o órgão mais barato do Brasil?”, alfinetou o secretário na publicação, fazendo um trocadilho com a sigla MP: "MP+BARATA do Brasil / MP = Minha Passagem".

O MP argumentou ontem (25) que a solicitação busca apenas saber os fundamentos técnicos usados pela prefeitura para evitar um colapso futuro na economia da capital alagoana.