Foto: Assessoria
Vote Nelas: “Desafio de nossa geração é ocupar esses espaços”, diz Jó sobre mulheres na política

A deputada estadual Jó Pereira (MDB) destacou a importância do coletivo suprapartidário “Vote Nelas” para estimular e ampliar a participação de mulheres na política. “O desafio da nossa geração é ocupar esses espaços de liderança e o coletivo tem desempenhado papel muito importante nesse processo”, afirmou a parlamentar na noite desta quinta-feira (22), durante o evento online que celebrou a segunda turma de Embaixadoras Vote Nelas.

Ao resumir sua trajetória familiar e profissional, Jó disse que resistiu à ideia de ingressar na política, mas logo no começo de seu primeiro mandato - ela está no segundo - percebeu a necessidade de as mulheres ocuparem mais espaços de liderança: “Durante a primeira audiência pública que fiz, em março, sobre o mês da mulher, percebi a importância dessa representação feminina e a pauta em defesa da mulher passou a nortear minha atuação”.

“Hoje para mim é uma felicidade quando ando nos municípios, principalmente nos pequenos, e as mulheres dizem: você me representa, vendo você na Assembleia Legislativa eu tenho vontade de concorrer, porque além de ser mulher, você tem voz”, prosseguiu a deputada, frisando a importância de mais mulheres serem espelhos para outras mulheres.

Pontuando que o equilíbrio entre homens e mulheres na política é essencial para garantir avanços em todas as áreas e para fortalecer a democracia, a deputada defendeu “a extrema necessidade de que as mulheres ocupem também, cada vez mais, espaços de lideranças nos diretórios partidários”.  

Questionada sobre o conselho que daria às mulheres que estão na disputa eleitoral este ano, Jó destacou: “Participem como mulher. Não tenham medo. As pessoas estão ansiosas por lideranças como nós, por inovação na política. Busquem espaço dentro dos partidos, se imponham e não desistam. Não tenham medo de perder, participem do jogo de forma honesta, com empatia, diálogo construtivo, propostas transformadoras e lutem pelas nossas causas, porque nós somos as principais atingidas pela carência de políticas públicas”.

Ao final de sua participação, a parlamentar afirmou que quer ser parceira do Vote Nelas na expansão regional e organizar rodadas de diálogos com grupos de mulheres para fortalecer essa rede e ampliar a participação feminina na política.

Ferramentas

O evento contou com a participação de parte das co-fundadoras do Vote Nelas, entre elas Amanda Brito, Maisa Diniz e Carla Mayumi, e de outras representantes de movimentos voltados para garantir uma maior representatividade das mulheres na política, como a socióloga Karin Vervuurt, criadora - junto com a cientista política Letícia Medeiros - da ONG Elas no Poder.  

Durante o fórum online, a administradora Maisa Diniz falou um pouco sobre a história do coletivo, a criação de “embaixadas” (grupos de voluntárias) em dezenas de cidades do país neste ano, e sobre duas importantes ferramentas que estão sendo lançadas, a “Eleição Sem Laranjas” e a “72 Horas” (https://72horas.org/), plataforma que informa, com base nos dados do TSE, os valores repassados pelo Fundo Partidário e pelo Fundo Especial de Financiamento de Campanhas (FEFC) para candidatos de todo o Brasil.

Outra plataforma apresentada também foi a Im.pulsa Voto (www.impulsa.voto), espécie de guia gratuito com vídeos e materiais diversos para treinar e inspirar campanhas eleitorais de mulheres. A ferramenta é uma iniciativa do Instituto Update e #ElasNoPoder, com participação de outros grupos e entidades.