Ascom Hapvida

A primavera está quase chegando. O período mais florido do ano, que começa oficialmente nesta terça-feira (22), está geralmente associado ao aumento da umidade do ar, dias logos e noites mais curtas.

 

Mas nem tudo são flores, afinal, para muitas pessoas, a estação é sinônimo de alergias, conjuntivites e pele seca. Esses sintomas são comuns, mas podem ser tratados ou até mesmo prevenidos com dicas simples, segundo a clínica geral do Hapvida Maceió, Dra. Morghana Ferreira.

 

CONJUNTIVITES

 

A primavera é o período onde saímos dos dias frios e cinzas e relembramos a beleza das estações quentes e coloridas. O aumento de temperatura vem acompanhado do crescimento da umidade do ar, facilitando, assim, a proliferação de ácaros, fungos e bactérias.

 

A médica explica que a mucosa ocular tende a ficar mais suscetível ao aparecimento de inflamações e infecções, em especial as conjuntivites. "Uma dica legal é evitar coçar os olhos e fazer uso de colírios neutros caso haja algum sinal de irritação. Também vale lavar a região com soro fisiológico antes de dormir", afirma.

 

RESSECAMENTO DA PELE

 

O ressecamento da pele acontece devido aos ventos frescos e constantes. Esse é um incômodo muito comum e que também causa perda da elasticidade, descamação, coceira e até fissuras ao redor do corpo.

 

"Use a abuse dos hidrantes corporais. O ideal é aplicá-los duas vezes ao dia: ao acordar e antes de dormir. Por toda a extensão do corpo. De preferência, opte pelos hidratantes neutros, para evitar o aparecimento de alergias", recomenda a profissional.

 

ALERGIAS

 

As alergias respiratórias, como rinites, sinusites e faringites, podem incomodar com frequência. Sintomas como tosse e nariz entupido são comuns. Dra. Morghana Ferreira destaca que é necessário reforçar a limpeza da casa e mantê-la sempre arejada.

 

O primeiro passo é abrir as janelas e deixar o sol entrar para eliminar os ácaros que insistem em aparecer na época mais florida do ano. É importante, também, usar sabão neutro para lavar roupas e lençóis.

 

"Se possível, elimine tapetes e carpetes da casa. Outra dica importante é guardar bichinhos de pelúcia envolvendo-os em um plástico transparente. Seguindo essas dicas, com certeza, a primavera poderá ser aproveitada com saúde e bem-estar", conclui a clínica geral.