Deputados suspendem andamento de processo contra Nelito

Redação|
Nelito Gomes de Barros
Nelito Gomes de Barros / Assessoria ALE

Os deputados estaduais suspenderam o andamento da ação penal contra o parlamentar Manoel Gomes de Barros Filho, o Nelito, que tramita no Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL). O projeto foi aprovado durante a sessão desta quarta-feira (24), na Assembleia Legislativa, após a corte retirar o processo de pauta ontem a pedido do advogado. Apenas o deputado Judson Cabral (PT) votou contrário ao projeto.

Durante a votação, Olavo Calheiros (PMDB) afirmou que a Casa de Tavares Bastos não poderia permitir que Nelito perdesse seu mandato “conquistado de forma digna através do voto do povo”.  Para elaboração do projeto, que teve como relator o Sérgio Toledo (PDT), os parlamentares se sustentaram na prerrogativa de poderes.

Nelito é acusado pelo crime de receptação e posse de arma de fogo de uso restrito. Ele foi denunciado em 2010 pelo Ministério Público Estadual (MP/AL), após policiais apreenderem uma pistola em sua fazenda, no interior do estado, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, durante a Operação Taturana. Confira na matéria: A pedido de advogado, TJ retira da pauta ação penal contra deputado estadual 

Com isso, o andamento do processo é suspenso e Nelito somente poderá ser julgado pelo crime quando deixar o mandato. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados