Ascom SEE
Layane Rayelly da Silva Barbosa

Uma dissertação propondo uma relação entre a letra do hino nacional e os desafios que o Brasil e os “filhos” do município de Junqueiro têm em comum deu à aluna da Escola Estadual Padre Aurélio Gois, Layane Rayelly da Silva Barbosa, o primeiro lugar no“Jovem Senador: 5º Concurso de Redação do Senado Federal”. Com o título “Brasil, uma mãe gentil para os filhos de seus municípios”, a redação da estudante foi destaque entre as 27 que representaram cada um dos estados brasileiros.

Aluna do segundo ano do Ensino Médio, Layane Barbosa, de 16 anos, recebeu orientação da professora Rutineide Batinga. Com o tema “Meu Município, Meu Brasil”, o concurso foi realizado em 191 escolas estaduais, seguindo duas etapas: a primeira delas consistiu em uma seleção realizada na própria instituição de ensino, quando foi escolhida uma redação para representá-la.

De acordo com Jair Porto, gerente de Desenvolvimento das Práticas Pedagógicas da Secretaria de Estado da Educação (SEE), os textos selecionados pelas escolas foram encaminhados à comissão julgadora, composta por técnicos pedagógicos da pasta, e uma foi selecionada para concorrer a etapa nacional. “As secretarias de estado assinam um termo de adesão e ficam responsáveis pela coordenação e divulgação do concurso”, comenta o gerente.

Aumento nas inscrições - A diretora de Apoio Pedagógico das Escolas, Rosineide Urtiga, explica que o concurso de redação em Alagoas, nesta edição, contou com a participação de mais de 2.200 alunos do ensino médio, com idade entre 16 e 19 anos. Segundo a diretora, as inscrições deste ano tiveram um aumento de 100% em relação ao ano passado.

“Realizamos, em parceira com as Coordenadorias Regionais de Educação e as escolas, um trabalho pedagógico de incentivo à leitura e escrita que consideramos fundamental para o sucesso desse concurso no Estado e imprescindível para o avanço desses jovens na aprendizagem, inclusive, dos outros componentes curriculares”, destaca.

“Nosso propósito para o próximo ano é superar, mais uma vez, o número de inscritos e continuar fomentando o interesse dos estudantes na leitura e na escrita”, enfatiza Rosineide Urtiga.

Premiação - Os finalistas do concurso serão premiados com notebook, medalha, certificado e publicação da sua redação no livreto produzido pelo Senado Federal. As escolas dos três primeiros colocados na etapa nacional ainda serão premiadas com computadores para uso coletivo. A premiação ocorrerá no dia 19 de novembro, em cerimônia a ser realizada no Palácio do Congresso Nacional.

Além disso, os vencedores participarão do Projeto Jovem Senador, uma simulação de como é o processo de criação de leis no nosso País. A legislatura terá duração de três dias, iniciando-se com a posse dos jovens senadores e a eleição da Mesa, findando-se com a redação dos autógrafos, aprovação dos projetos na Ordem do Dia e a consequente publicação no Diário do Senado Federal.