Ponte na Barra de Santo Antonio é inaugura com as presenças de Teotonio, Renan e lideranças

Redação|
Assessoria

A Prefeitura da Barra de Santo Antônio inaugurou, na manhã deste sábado, a Ponte Rogério Farias, que cruza o Rio Santo Antônio, ligando a cidade à Ilha da Crôa.

A ponte passa a fazer parte da AL-101 e abre mais 14 quilômetros de rodovia interligando outras praias do litoral Norte do Estado. O senador Renan Calheiros, líder do PMDB, um dos autores de emendas que viabilizaram recursos para a obra, disse que a entrega da ponte à população representa a concretização de um antigo sonho que irá beneficiar não somente o setor turístico da região, como também auxiliar a atrair novos investimentos para o Estado.

"Alagoas é um Estado muito pequeno e pobre, que necessita cada vez mais construir pontes. Por isso, precisamos continuar contando com a ajuda do governo federal, para que possamos dar continuidade dos investimentos em nossa infra estrutura. Me sinto muito honrado em poder ter colaborado com a realização deste sonho”, destacou, pedindo que os representantes do governo estadual dêem celeridade às obras do Aeroporto de Maragogi, para o qual o senador liberou, através de emendas, recursos para a sua construção, já há dois anos. A prefeita Ciçou, da Barra de Santo Antônio, destacou a presteza do senador Renan, em Brasília, para agilizar a vinda dos recursos.

O deputado federal Augusto Farias recordou que, há 16 anos, ocupa cargo federal em Brasília, e que, nesse período, tem acompanhado de perto o trabalho de Renan pelo Estado. "O senador Renan só pensa em Alagoas", resumiu.

Além de Renan, também apresentaram emendas para viabilizar os recursos que garantiram a construção da Ponte o hoje governador Teotonio Vilela Filho (PSDB), quando ocupava o cargo de senador, e os deputados federais Augusto Farias e João Lyra, ambos do PTB. As obras da Ponte foram orçadas em R$ 19.875 milhões, com recursos federais e divididas em cinco etapas e duraram oito anos até serem concluídas.

Téo Vilela
O governador Teotonio Vilela disse, durante a inauguração, que este é mais um passo no projeto de crescimento da economia e do turismo de Alagoas. Em seu discurso, Teotonio destacou o empenho dos ex-prefeitos Rogério Farias e Rume Farias e do deputado Augusto Farias para assegurar recursos para a obra e a luta da prefeita Maria Cícera Mendonça (Ciçou) para concretizá-la. “Estamos de parabéns”, ressaltou.

Téo Vilela também confiormou que o Estado vive, hoje, um momentoi de crescimento na economia e no desenvolvimento. “A inauguração dessa obra é mais uma confirmação de que Alagoas está hoje vivendo um novo ciclo de desenvolvimento”, acrescentou o governador, falando de várias obras de infraestrutura no Litoral Norte, como acessos aos municípios, estradas e o aeroporto de Maragogi. “O processo do aeroporto está encaminhado, a obra está assegurada”, disse Teotonio, fazendo um relato sobre outros empreendimentos que chegam na região e em todo o Estado.

“Em Morro de Camaragibe, o hotel que está se instalando lá vai oferecer seis empregos por cada um hóspede”, informou. “Hoje temos 47 empresas se instalando no Estado, gerando 30 mil empregos diretos e indiretos; muitas dessas empresas já estão funcionando”, citou. O governador voltou a reconhecer o tratamento republicano do presidente Lula para com Alagoas, mas disse que para receber recursos federais o Estado primeiro tornou-se adimplente; está pagando em dia as contrapartidas e reorganizou suas contas.

Apelo à bancada
Na presença do senador Renan Calheiros e deputados federais, como Augusto Farias, Benedito de Lira e Givaldo Carimbão, o governador fez um apelo para que a bancada alagoana se unisse para cobrar em Brasília os R$ 50 milhões prometidos pelo presidente Lula para a duplicação da estrada da Barra de São Miguel. “Desses R$ 50 milhões, R$ 25 milhões são de emenda do senador Renan Calheiros”, lembrou “A duplicação da Barra de São Miguel é parte do projeto da duplicação de Penedo a Maragogi”, informou Teotonio, pedindo que os parlamentares continuassem de mãos dadas pelo desenvolvimento do Estado.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados