Roberto Gonçalves

Prefeito se reúne com Secretários para estudo e avaliação dos Indicadores dos do Selo Unicef

 O Prefeito de Palmeira dos Índios James Ribeiro (PSDB) e Secretários municipais reunem-se na sede do município para análise e avaliação dos processos de desenvolvimento de ações voltadas ao atendimento de crianças e adolescentes.
As ações são nas áreas de saúde, educação e proteção para o alcance de melhores indicadores e para conquista do Selo Unicef Município Aprovado nessa edição 2009/2012. No segundo momento a reunião aconteceu com os profissionais qua atuam na área da educação.
O Selo UNICEF é uma proposta que mobiliza pessoas para melhorar a qualidade de vida das crianças e adolescentes do município. Gestores e a comunidade são provocados a observar, acompanhar e transformar a realidade em que vivem meninos e meninas.
Os municípios que mais conseguem avançar em um ciclo de quatro anos conquistam o reconhecimento internacionalmente com o Selo UNICEF Município Aprovado.
O Comitê Pró-Selo reuni-se mensalmente para discutir indicadores sociais, traçar metas e estratégias de ação, avaliar e fortalecer políticas públicas, bem como promover a participação social das crianças, adolescentes e comunidades por meio de atividades de esporte, cultura e educação.
Para isso tudo acontecer nos prazos combinados, com qualidade, é importante o município tenha um grupo comprometido, que seja referência sobre o processo do Selo, que reúna as informações e organize o trabalho.

Transito caótico em Arapiraca volta a ser criticado no Legislativo

 Com a presença de professores, alunos, presidentes de partidos políticos e líderes comunitários, a Câmara Municipal de Arapiraca realizou na noite desta terça-feira 23, sessão ordinária.

Na sessão foi aprovada indicação do vereador Tarcizo Freire (PMDB), solicitando ao Superintendente da SMTT, Severino Lúcio, a presença em uma das sessões do Legislativo, do engenheiro especialista para falar sobre o trânsito caótico em Arapiraca.

Tarcizo Freire, classificou como um dos piores do Brasil o trânsito da cidade, afirmando, que o motorista que dirigr em Arapiraca, também consegue dirigir na Índia, país onde o trânsito é considerado como mais complicado e desorganizado do mundo.

O vereador classificou o trânsito como uma bagunça total, lembrando, que a situação fica mais complicada ainda, com carroças-de-mão, carroças de burros e biclicletas se misturando na hora com maior fluxo de veículos.

Para o vereador,, é preciso que a SMTT faça uma ampla campanha de orientação e conscientização para que os motoristas respeitem as leis do trânsito e com isso, a cidade possa conviver pacificamente sem tantos acidentes, em sua grande maioria, com vítimas fatais.

Também foi aprovada indicação do vereador João dos Santos (PMDB), solicitando à secretaria municipal de Obras e Viação, construir uma ponte no Riacho Perucaba, acesso ao novo Matadoro Municipal.

De acordo com o vereador João dos Santos, é necessário que se faça a construção da ponte, justamente antes do início das chuvas para não atrapalhar as obras que estão sendo realizadas naquele local, denominada de Parque das Arapiraca.

Também foi aprovada Moção de Aplauso de João dos Santos, pelo aniversário do monsenhor José Neto, pároco da Igreja de Santo Antônio, no bairro de Cacimbas, que comemorou na última segunda-feira, 22, 76 anos de idade.

Em sua justificativa, o parlamentar ressaltou a simplicidade do religioso, destacando que ele não gosta nem de ser homenageado, tamanha é a sua simplicidade.

Aniversário sacerdotal de Monsenhor Aldo Brandão

A vereadora Gilvania Barros, também falou do monsenhor Aldo de Melo Brandão, lembrando que também na última segunda-feira, padre Aldo comemorou 52 anos de vida sacerdotal, onde através dos ensinamentos de Deus, tem levado a palavra paz e harmonia à comunidade católica de Arapiraca.

Ainda de autoria de Gilvania Barros, foi aprovado Voto de Aplauso pela passagem dos 20 anos de existência da Unimed em Arapiraca, através dos relevantes serviços prestados à população.

Em sua justificativa, Gilvania Barros, lembra que em 1990, a Unimed iniciou suas atividades em Arapiraca, com apenas 23 associados e hoje, conta com milhares deles, que recebem uma excelente assistência médica.

Ao longo dos 20 anos, segundo a vereadora, a entidade modernizou-se e ampliou seus quadros para melhor atender aos associados que contam com o que há de melhor em assistência médica. Ela também ressaltou o importante trabalho social realizado pela Unimed em vários segmentos da sociedade arapiraquense.

Repudio a 5ª CRE

Porém, um dos pontos mais marcantes da sessão da noite de ontem, aconteceu com a leitura pela vereadora Graça Lisboa, de uma nota de repúdio à 5ª Coordenadoria Regional de Ensino em Arapiraca, que tem como coordenadora Mônica Pessoa, que afastou sumariamente de suas atividades, as técnicas pedagógicas Alessandra Nely, Anapuan Monteiro, Etelvina Janiete, Rizomar e Tânia Lúcia Carvalho.

Ainda segundo a nota, a coordenadora afastou as técnicas pedagógicas, sob o argumento de que elas não estavam adequadas a nova equipe de trabalho. Ainda de acodo com a Nota de Repúdio, lida pela vereadora Graça Lisboa, a remoção das técnicas trata-se de perseguição política, principalmente porque eram contrárias aos interesses pessoais da coordendora da 5ª CRE em Arapiraca.

Ainda também de acordo com o documento lido pela vereadora Graça Lisboa, na tribuna da Câmara Municipal de Arapiraca, na noite de ontem, até o secretário estadual de Educação, Rogério Teófilo, um arapiraquense, também compactuou com os atos absurdos e também com o conhecimento do próprio governador Téo Vilela.

A Nota de Repúdio, encerra com a pergunta: "É esta a educação que o Programa Geração Saber, almeja para os alagoanos?

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal, Josias Albuquerque, disse que também não concorda com as atitudes tomadas pela Coordenadora da 5ª CRE, mas disse acreditar, que o governador Teotônio Vilela não tem conhecimento do fato e que hoje mesmo, quando terá uma audiência com o próprio governador, vai tratar do assunto e pedir providências, para que fatos desta natureza, não voltem a acontecer.

 

Crianças quilombolas recebem atendimento de saúde no povoado Bonifácio

 Nesta terça-feira (23), a equipe de técnicos da Secretaria Municipal de Saúde de Palmeira dos Índios inicia atividades de atendimento a 85 crianças matriculadas na creche da Escola Mary Sampaio Caparica, localizada no povoado Bonifácio, uma das áreas de quilombolas remanescentes no Estado de Alagoas na área serrana da cidade.
Entre os serviços a serem disponibilizados, esta parte da população, que também envolve as mães das crianças, passará por etapas como pesagem, vacinação, encaminhamento para exames, em caso de necessidades, além de palestras sobre a importância do aleitamento materno, entre diversas outras ações.
De acordo com a diretora da Escola Mary Sampaio Caparica, Auta Tânia do Nascimento Lima, que também moradora do povoado, a ideia é fazer essas ações com mais periodicidade. “Nossa intenção é de que esses serviços, tão importantes para qualquer pessoa, sejam feitos em nossa escola a cada quinze dias. Sabemos das necessidades dessa parcela da população e queremos, ao menos, minimizar os problemas. O apoio da Secretaria Municipal de Saúde está sendo fundamental para diversificar nossos projetos com a comunidade quilombola”, explicou.
Segundo o Secretário Municipal de Articulação Política, Antonio Fonseca, foram criadas seis coordenadorias para atender a população que reside nos povoados de Palmeira dos Índios. “Estamos com ações integradas entre as secretarias de Saúde, Ação Social, Agricultura e Educação e os resultados já podem ser observados nesta parte da população”, afirmou Fonseca.
No caso das crianças, estão sendo feitas todos os dias cinco refeições. “Isso graças ao empenho da equipe da Secretaria [Municipal] de Saúde. Antes a taxa de desnutrição era elevada entre os alunos da creche. Em poucos meses, nossas crianças apresentam índices satisfatórios de nutrição. Agora é passar para a etapa seguinte que é cuidar ainda mais da saúde de todas elas e também das respectivas famílias”, concluiu a diretora Auta Tânia.


Assessoria

Novo cardápio da merenda escolar 2010/2011 é apresentado em Palmeira dos Índios

 Em ato realizado na Escola Gerson Jatobá foi apresentado o cardápio escolar elaborado por nutricionistas da secretaria municipal de Educação o cardápio escolar para o período 2010-2011, em todas as escolas da rede municipal de ensino.
O ato de apresentação do cardápio elaborado pela nutricionista Ioná Monteiro Ferro, contou com a presença do prefeito James Ribeiro (PSDB) vice-prefeita, Verônica Medeiros (PTdoB) secretario de Articulação Política, Antonio Fonseca, secretária municipal de Educação, Márcia Bezerra, representantes do Conselho de Alimentação Escolar, secretários municipais, diretores de escolas e merendeiras.
Desde que assumiu os destinos do município em janeiro de 2009, o prefeito James Ribeiro vem dedicando uma atenção muito especial a Educação e, sobretudo a merenda escolar fato reconhecido por professores, alunos e pais de alunos.
O programa da merenda escolar em Palmeira dos Índios atende a 11.500 alunos da rede municipal de ensino com alimentação farta de qualidade e com acompanhamento de nutricionistas.
Cinco programas estão incluídos, programa creche que atende crianças na faixa etária de 01 a 03 anos. Ensino Fundamental 1ª a 8ª série na faixa etária de 06 a 13 anos. Educação de Jovens e Adultos – (EJA) adultos. Pré-escolares faixas etária de 04 a 06 anos e a creche da comunidade quilombola na comunidade de Tabacaria.
De acordo com a nutricionista Yoná de Araújo Ferro a aquisição de frutas e legumes é feita quinzenalmente, enquanto os produtos não perecíveis são feitos mensalmente. Esta incluída no programa a aquisição de 30% dos alimentos produzidos pela agricultura familiar no município.
O cardápio é modificado a cada dois meses de acordo com as normas do programa
De acordo com a nutricionista Simone Pereira Calheiros, mensalmente são consumidos pelos alunos da rede municipal de ensino 2.175 quilos de carne de gado moída, 2 mil quilos de frango, 2.315 quilos de charque, além de 2.680 unidades de ovos. Faz parte do cardápio frutas a exemplo de maça, banana e laranja.
Alimentação saudável e adequada
Em Palmeira dos Índios de acordo com a orientação do prefeito James Ribeiro (PSDB) repassado para a secretária municipal de Educação, Márcia Souza é oferecer merenda escolar de qualidade. O resultado desse investimento consiste no melhor aprendizado, motivação do aluno na freqüência e o mais importante, o crescimento e o desenvolvimento de crianças sadias para o futuro.
A participação do Conselho de Alimentação Escolar é fundamental nesse processo no controle da merenda escolar. Esse Conselho é um órgão colegiado deliberativo e autônomo composto por sete membros, sendo composto por pais de alunos, professores e de representantes da sociedade civil organizada.
A pasta da Educação em Palmeira dos Índios cumpre a resolução do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação oferecendo alimentação saudável e adequada, a qual compreende o uso de alimentos variados, seguros, que respeitem a cultura, tradições e hábitos alimentares saudáveis, em conformidade com a sua faixa etária.

Prefeito de Colônia Leopoldina retorna ao cargo após julgamento do TJ

 O prefeito eleito foi afastado da prefeitura há 11 dias por decisão do juiz Yuli Rotter Maia, baseada na falta de registro de arrecadação dos recursos nos cofres de Colônia Leopoldina. O dinheiro era proveniente de taxas pagas em feira livre e no matadouro da cidade.

A defesa de Casio alegou que o motivo de seu afastamento seria infundado uma vez que durante toda a investigação dos órgãos fiscalizadores, o prefeito e seus assessores nunca tentaram impedir o trabalho fiscal e que a prática desta forma de pagamento aos trabalhadores do matadouro era realizada desde 1996 e que nunca existiu “caixa 2”.


”modificações serão necessárias para deixar todas as contas públicas transparentes, mas o afastamento me espantou uma vez que nunca tentei impedir qualquer tipo de investigação no município, pelo contrário, sempre atendi às solicitações do Ministério Público e de outros órgãos fiscalizadores e Ainda que após oitiva dos funcionários ficou confirmado o recebimento dos vencimentos”, explicou.

O Tribunal de Justiça de Alagoas determinou o retorno imediato do prefeito Cássio Alexandre ao cargo, entendendo que as investigações do MPE não tiveram nenhum prejuízo e que sempre existiu boa vontade em fornecer os documentos municipais quando solicitados.

A decisão de afastamento que causava grande movimentação na cidade em razão do pagamento salarial foi sanada, nesta manhã, pelo prefeito. “Os servidores municipais que temiam sofrer com atrasos em seus vencimentos podem se acalmar, o direito de receber seus salários em dia é uma garantia da nossa gestão, que segue o exemplo dos últimos 10 anos, em que os servidores municipais mensalmente recebem seus salários dentro do mês trabalhado”, esclareceu Casio.

Else Freire - Assessoria

Vereador assegura que nada está sendo feito em Alagoas para conter a violência

 O vereador por Arapiraca Adalberto Saturnino (PMDB) assegurou da tribuna da Câmara Municipal que, apesar dos constantes apelos da população arapiraquense ao governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) nada está sendo viabilizado para conter os índices de violência no Estado.
De acordo com o vereador é necessário medidas enérgicas no sentido de conter os altos índices de violência e criminalidade que intranqüiliza a população arapiraquense e alagoana.
De acordo com o vereador que faz parte do bloco de apoio ao prefeito Luciano Barbosa (PMDB), em 2009, uma comissão de 12 vereadores de Arapiraca, esteve reunida no Palácio República dos Palmares com a alta cúpula da Segurança Pública, exigindo soluções imediatas para o grave problema da Segurança Pública.
Ele ressaltou, que naquela oportunidade, o governador Teotônio Vilela, havia falado para os vereadores, que não tinha recursos necessários para investir na Segurança Pública, porém, garantiu, que mandaria para Arapiraca, alguns militares que participaram no Rio de Janeiro, de cursos junto a Força Nacional de Segurança, mas que até a presente data, isso não teria acontecido, o que lamenta muito.
Já o presidente da Mesa Diretora Josias Albuquerque (PMDB) assegurou, que sendo um dever do Estado oferecer Segurança Pública para a sociedade, os órgãos municipais também tem a sua parcela de responsabilidade, citando como exemplo a Prefeitura de Arapiraca, alertando que existe no município um Conselho Municipal de Segurança e que se reúne mensalmente para discutir e encontrar soluções para o problema da violência.
Josias Albuquerque lembrou, que apesar de toda a onda de violência no Estado, o governador Teotônio Vilela tem se mostrado preocupado com o assunto.
“O próprio governador tem se manifestado sobre a questão da violência, citando como exemplo, as 32 mortes de moradores de rua de Maceió, onde exigiu da cúpula de segurança pública, a elucidação e esclarecimentos sobre os assassinatos em série.

Vereador cobra envio do PCCS do Executivo ao Legislativo de Arapiraca

 Com a presença de servidores municipais, líderes comunitários, alunos e professores, a Câmara Municipal de Arapiraca, realizou na noite de ontem sessão ordinária.
Foi aprovado Projeto de Decreto Legislativo, de autoria da vereadora Gilvania Barros, concedendo o Titulo de Cidadão Honorário de Arapiraca, ao juiz federal Paulo Machado Cordeiro.
Em sua justificativa, Gilvania Barros ressalta o trabalho do magistrado, principalmente pelo incentivo na criação da 8ª Vara Federal em Arapiraca e pelos relevantes serviços prestados à sociedade arapiraquense.
O vereador Moisés Machado, voltou a cobrar do prefeito Luciano Barbosa, o envio ao Poder Legislativo, do Projeto de Cargos, Carreira e Salários dos servidores de Arapiraca.
Moisés Machado lamentou que o prefeito Luciano Barbosa, tenha realizado justamente no dia do funcionário público, uma solenidade em que assinava um documento contendo o reajuste salarial para os funcionários, porém, até o momento este projeto ainda não tenha chegado até a Câmara Municipal de Arapiraca, para ser discutido e aprovado pelos vereadores.
Moisés Machado, assegurou que foi informado, de que por falta de incentivo da administração municipal, a Rede Ferroviária Federal, tenha demitido alguns funcionários que trabalhavam na empresa.
Esses trabalhadores, segundo o vereador, eram os responsáveis pela colocação dos dormentes, na implantação do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos, que cortaria os principais bairros de Arapiraca, promovendo transporte de massa com baixo custo.
De acordo com Moisés Machado, é preciso que o prefeito Luciano Barbosa, seja mais sensível aos problemas da população de Arapiraca.Por sua vez, o presidente Josias Albuquerque foi solidário as palavras do colega Moisés Machado, lembrando, que se não for feita a implantação na gestão do prefeito Luciano Barbosa, será feita em outra administração, mas Arapiraca não ficará sem a sua tão esperada VLT.
Ao final dos trabalhos, Josias Albuquerque abriu espaço na Tribuna Livre, para que o médico Marcelo Pereira, representando várias comunidades rurais, falasse sobre um abaixo-assinado que pede mais segurança pública em Arapiraca.
De acordo com o médico, ele foi procurado por pais e mães de alunos que estão preocupados com os constantes assaltos, principalmente quando esses estudantes deixam suas casas ou mesmo as escolas e são abordados por delinqüentes que praticam assaltos.

Colégio Bom Conselho de Arapiraca comemora 60 anos de existência

 O Colégio Cenecista Nossa Senhora do Bom Conselho de Arapiraca foi fundado pelo Cônego Teofanes Augusto de Araújo Barros. Uma vasta programação sobre a evolução do CBC nas seis décadas desde sua fundação está sendo comemorada.
A abertura solene ocorreu na tarde deste sábado, 13 e contou com a presença do diretor, professor, José Moacir Teófilo que destacou a importância da instituição na cultura e na educação de Arapiraca e Alagoas ao longo de 60 anos formando várias gerações.
Em seu discurso fez um breve histórico do CBC e destacou o engajamento da sociedade arapiraquense nos avanços conquistados até o presente. Destacou a banda de famfarra iniciada com apenas sete instrumentos vindo a conquistar anos depois o segundo lugar no País em uma competição no Rio de Janeiro competindo com 14 estados.
Moacir Teófilo lembrou em seu discurso de um aluno ilustre do CBC o atual secretário de Estado da Educação Rogério Teófilo, precursor da interiorização do ensino superior no interior do Estado.
A solenidade de abertura das festividades comemorativas dos 60 anos de existência do CBC contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Arapiraca, vereador Josias Albuquerque (PMDB) que destacou o CBC como um orgulho de Arapiraca e maior patrimônio do seu povo.
A solenidade contou ainda com a presença de professores, estudantes e familiares de alunos além do vereador e deputado estadual eleito Severino Pessoa (PPS)

Histórico do CBC
O Colégio Cenecista Nossa Senhora do Bom Conselho teve como primeiro diretor o ex-prefeito Coaracy da Mata Fonseca e sua primeira turma funcionou em uma sala de aula da Escola Adriano Jorge. O segundo diretor foi Claudenor de Albuquerque Lima que anos depois foi deputado estadual e teve uma passagem curta pelo CBC.
O terceiro dirigente do CBC foi o dr. Geraldo de Paula Magalhães, em sua atuação ocorreu um movimento grevista envolvendo professores e alunos, e resultou na demissão do diretor e na nomeação de um interventor para dirigir a instituição de ensino e conter a crise.
Essa missão foi confiada ao jovem professor José Moacir Teófilo em 02 de novembro de 1954. Em 1955 graças ao seu excelente desempenho foi definitivamente nomeado diretor do CBC e continua até o presente.
Sua habilidade, equilíbrio, competência e liderança foram fundamentais para o fortalecimento da instituição de ensino que continua prestando relevante contribuição a Educação e formação de novas gerações.

Estudantes de Palmeira farão exposição com olhar perspectivo com foco no Meio Ambiente

  Os resultados das recuperações das nascentes em Palmeira dos Índios na Bacia do Rio Coruripe é fato positivo e são pontos de visitação na região do Amaro na região serrana do município. Estudantes do 6º ano do Centro Educacional Cristo Redentor ( parceiro do programa) visitaram uma das nascente recuperadas na região. No total já foram recuperadas 19 nascentes no município incluindo em áreas indígenas e comunidade quilombola.
O projeto conta com o apoio da Prefeitura de Palmeira dos Índios, Governo do Estado através da secretaria de Estado e Recursos Hídricos. O prefeito James Ribeiro é um entusiasta do programa junto ao titular da pasta estadual ,Alex Gama e dos secretários Agricultura, Luciano Monteiro e Meio Ambiente, Anna Luiza França.
Estudantes da rede pública e privada estão conhecendo “in loco” a importância desse projeto. “Não apenas como visitantes, mas, sobretudo um aprendendo sobre ecologia preservação da natureza e do Meio Ambiente” de acordo com a professora Josefa Adriana.
Projeto proporciona emprego e renda no campo
Este projeto de recuperação das nascentes proporciona importante contribuição para inúmeras famílias de pequenos agricultores da região serrana de Palmeira dos Índios. Houve um substancial aumento da produção de verduras e legumes. Famílias de pequenos agricultores trabalham e no final de semana escoam a produção para a feira de livre em Palmeira dos Índios, tendo como conseqüência a ampliação de renda dês de pequenos produtores rurais.
Toda a produção passou a ter um tratamento especial, para irrigação utiliza-se de água de qualidade, da nascente que foi recuperada através do Programa Sombra e Água Viva desenvolvido pelas secretarias municipais de Agricultura e Meio Ambiente. Toda produção está livre de produtos químicos.
O objetivo desta visita, coordenada pela Professora Josefa Adriana (UNEAL/Cristo Redentor) foi mostrar aos alunos a importância do homem do campo para a cidade, a riqueza que a zona rural de Palmeira dos Índios possui e que é desconhecida pela maioria, como também a beleza natural da região.
O resultado deste trabalho será exposto numa exposição fotográfica durante este mês de novembro na referida escola, a mesma será coordenada pelas professoras: Andréia, Simone e Nerivânia. A exposição de fotografias produzida pelos alunos do Colégio Cristo Redentor do 6º ao 8 ano será realizada no período de 16 a 19 deste mês com entrada franca para o público.

Estudantes de Palmeira dos Índios realizam visita a nascente recuperada na zona rural

 Os resultados das recuperações das nascentes em Palmeira dos Índios na Bacia do Rio Coruripe é fato positivo e são pontos de visitação na região do Amaro na região serrana do município. Estudantes do 6º ano do Centro Educacional Cristo Redentor ( parceiro do programa) visitaram uma das nascente recuperadas na região. Não apenas uma visitação, mas, sobretudo um aprendizado sobre ecologia preservação da natureza e do meio Ambiente segundo explicou a professora Josefa Adriana.
Este projeto de recuperação das nascentes proporcionou grande contribuição para inúmeras famílias de pequenos agricultores da região serrana de Palmeira dos Índios. Houve uma substancial aumento da produção de verduras e legumes. Famílias de pequenos agricultores trabalham e no final de semana escoam a produção para a feira de livre em Palmeira dos Índios, tendo como conseqüência a ampliação de renda dês de pequenos produtores rurais.
Toda a produção passou a ter um tratamento especial, para irrigação utiliza-se de água de qualidade, da nascente que foi recuperada através do Programa Sombra e Água Viva desenvolvido pelas secretarias municipais de Agricultura e Meio Ambiente. Toda produção está livre de produtos químicos.
O objetivo desta visita, coordenada pela Professora Josefa Adriana (UNEAL/Cristo Redentor) foi mostrar aos alunos a importância do homem do campo para a cidade, a riqueza que a zona rural de Palmeira dos Índios possui e que é desconhecida pela maioria, como também a beleza natural da região.
O resultado deste trabalho será exposto numa exposição fotográfica durante este mês de novembro na referida escola, a mesma será coordenada pelas professoras: Andréia, Simone e Nerivânia.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com