Política

Davi Davino deve retirar do guia eleitoral propaganda "ofensiva e ilegal", decide Justiça

  • Redação
  • 24/10/2020 12:25
  • Política
Foto: Assessoria
Davi Davino FIlho

Em um mesmo dia, duas decisões da Justiça Eleitoral impuseram derrotas ao candidato a prefeito de Maceió Davi Davino Filho (Progressistas). Foram uma representação e um pedido de direito de resposta movidos pelo também candidato a prefeito Alfredo Gaspar (MDB), que contesta propaganda no guia eleitoral do adversário na TV. Nas duas ações, o alvo é o mesmo conteúdo, mas por motivação e com alegações diferentes. O juiz Ricardo Jorge Cavalcante Lima, da 33ª Zona Eleitoral, acatou parcialmente as duas demandas contra Davi Filho.


Quanto à ação de direito de resposta, a coligação Maceió Mais Forte, de Alfredo Gaspar, alega existir distorção de uma declaração antiga do prefeito Rui Palmeira sobre o senador Renan Calheiros (MDB). A fala fora de contexto tenta induzir o eleitor a uma interpretação distinta da realidade. Ao resumir os fatos em seu relatório, escreve o magistrado: “...Ficando evidente, segundo os representantes, que a citada propaganda transborda os limites da liberdade de expressão e o espaço da crítica política, degradando as imagens dos candidatos, principalmente do candidato líder da chapa [Alfredo Gaspar]”.


O juiz constata que o uso da declaração antiga do prefeito de Maceió não guarda nenhuma relação lógica e concreta com fatos contemporâneos. “Fica evidente, no vídeo, ora vergastado, que a fala do atual prefeito de Maceió, remota ao ano de 2018, foi resgatada e apresentada pelo representado com o único propósito de impactar ao eleitor médio sobre o suposto envolvimento de apoiadores do ora representante com a ‘operação lava-jato’, tentando com isso, fazer a ilação entre a figura do ora representante com a citada operação”. 


Após listar suas alegações, o juiz Cavalcante Lima concede parcialmente liminar contra a propaganda de Davi Filho. “Entendo como ofensivo o trecho inicial do vídeo ora vergastado”, ressalta o magistrado. Ele manda que a coligação retire a propaganda do ar e estipula multa de R$ 1 mil por inserção caso haja descumprimento da decisão. “Contados a partir da citação desta, proceder em 24h à retirada, se abstendo de veicular, em suas inserções, a propaganda que consiste”, diz a sentença.

Na segunda decisão sobre o mesmo conteúdo do guia eleitoral de Davi Davino, desta vez numa representação também da coligação Maceió Mais Forte, o juiz Cavalcante Lima concede liminar e determina, mais uma vez, a retirada do trecho em questão. Nesse caso, a alegação é que a edição recorre a trucagens e efeitos que são proibidos pela legislação eleitoral.

Alfredo: “Vou criar uma revolução do bem, para que Maceió tenha prosperidade e que o povo seja feliz”

  • Assessoria
  • 24/10/2020 09:51
  • Política
Foto: Assessoria
Alfredo: “Vou criar uma revolução do bem, para que Maceió tenha prosperidade e que o povo seja feliz”

O candidato a prefeito pela coligação Maceió mais Forte (MDB, Podemos, PSD, PRTB, PSC, PTC, PL, PV e Avante), Alfredo Gaspar (MDB), apresentou nessa sexta (23) - durante sabatina realizada pela TV Ponta Verde, afiliada à rede SBT e do grupo Sistema Opinião de Comunicação – seu Plano de Governo Maceió 2021-2024. O telejornal da emissora, ancorado pela jornalista Estela Nascimento, está realizando uma série de entrevistas com os candidatos a prefeito, abordando cinco temas: saúde, educação, transporte, saneamento básico e as considerações finais.

Pela ordem dos temas propostos, Alfredo Gaspar começou falando sobre educação, e seu mais urgente programa, de efeito imediato:

“Vamos implantar o programa Super Ano letivo, que visa compensar os alunos da defasagem educacional provocada pela pandemia. Vamos dar oportunidade aos jovens, a superar o atraso, com aulas normais pela manhã, e um contra turno à tarde, principalmente na Matemática e no Português. Vamos construir e reformar os Centros Municipais de Educação Infantil, os CMEIS, que hoje abrigam três mil crianças. Vamos aumentar a oferta de vagas para bebês e crianças, com berçários e espaços para creches”.

Na saúde, Alfredo Gaspar reafirmou sua proposta de garantir a universalização do acesso a 100% das ações e serviços de atenção básica da saúde e 100% de cobertura dos usuários do SUS, durante os quatro anos de mandato.

“Outra medida é que vou acabar com o Cora - Complexo Regulador de Atendimento - de Maceió e implantar um sistema mais moderno, dando eficiência ao modelo e promovendo o acolhimento e acesso do usuário aos serviços, com celeridade, eficácia e alto grau de resolução aos atendimentos”.

A questão do transporte público e da mobilidade urbana, segundo Alfredo Gaspar, recebeu uma atenção especial em seu Plano de Governo.

“Vou terminar com essa desorganização do transporte público e do sistema de ônibus em Maceió,  com a renovação e ampliação da frota, para dar mais conforto e velocidade no trajeto, a população não pode perder tempo e nem ficar amontoada nos coletivos, mesmo que com máscaras. Vou investir também no transporte sustentável, que é o melhor caminho para a mobilidade. Vamos ampliar o número de ciclovias e ciclofaixas, realizando a conexão com as estruturas existentes, visando consolidar uma malha que conecte as principais regiões”.

Sobre saneamento, Alfredo Gaspar reforçou que, além dos investimentos da atual gestão municipal, que já saneou bairros como Santa Lúcia, Aeroclube, Clima Bom e parte do litoral Norte, o governo de Alagoas também vai injetar mais dinheiro no saneamento da capital por meio do novo modelo de concessão da Companhia de Saneamento Básico de Alagoas (Casal).

“Maceió será a primeira capital do Nordeste que vai receber concessionárias para o saneamento básico e distribuição de água em Maceió. A prefeitura é quem vai indicar onde serão colocados esses investimentos”,

Ao final da sabatina, Alfredo Gaspar frisou que 2021 será um ano de desafios gigantescos, mas que vai fazer uma “revolução do bem” na capital alagoana:

“Quero que o povo de minha terra tenha prosperidade e seja feliz. O Alfredo chegou na política agora, mas sou o mesmo Alfredo do passado, do presente e do futuro, trabalhador, descente e honesto. E vou fazer de Maceió uma revolução do bem. Para mim, desafio dado é missão cumprida”, finalizou o ex-chefe do Ministério Público de Alagoas e ex-secretário de Segurança Pública.

Candidata a vereadora quer mais transparência e fiscalização de gastos públicos

  • Daniel Paulino*
  • 24/10/2020 07:58
  • Política
Foto: Cortesia
Candidata a vereadora em Maceió, Maria Tavares

Maria Tavares Ferro é candidata a vereadora de Maceió pelo PSDB. Advogada, teve sua primeira participação efetiva em campanhas em 2018 quando concorreu à vaga de Deputada Federal pelo Partido Novo, obtendo 9.929 votos distribuídos em 98 dos 102 municípios de Alagoas.

O Cada Minuto traz neste sábado (24), uma entrevista com candidata que falou sobre a polêmica da anulação do título honoris causa do ex-presidente Lula, sobre candidaturas laranjas, suas principais bandeiras e a situação do PSDB envolvendo Rodrigo Cunha e Tereza Nelma.

Confira a entrevista completa abaixo:

01 - Como avalia essa reviravolta na questão do título honoris de Lula? 

No caso do processo do Lula, eu acredito que existem duas análises a serem feitas. A primeira análise jurídica que há uma incompatibilidade na reforma da decisão, uma vez que o juiz não obedece ao que diz a lei, os casos de reforma da decisão depois de publicada, ele exauriu a sua competência juristicional quando ele dá a sentença e volta atrás sem amparo legal para fazer esse retorno. Então, acho que ficou realmente muito juridicamente confusa a decisão dele e por conta disso e por conta também do mérito, eu já ingressei com recurso junto ao Tribunal de Justiça de Alagoas. As minhas principais alegações é a questão da constitucionalidade do ato administrativo e da publicidade. Eu entendo que primeiro a questão da prescrição que foi alegada pelo juiz, ela não correu, porque não havia publicidade, nem havia obrigatoriedade do conhecimento, da resolução, porque se tratava de uma resolução e não de lei. Então, a lei de introdução, ela diz que obrigada a obedecer e a saber a ter conhecimento de leis e não de resoluções. No mérito, eu também acredito que não houve procedência pra essa decisão porque nós estamos falando de um ato administrativo que viola a Constituição Federal e aí, nesse caso a moralidade, a impessoalidade sendo violada, não há como se manter, como se sustentar o ato administrativo. Enfim, essa essa primeira jurídica análise jurídica. Quanto a  é uma questão política, que é aí politicamente  ficou ainda mais confuso, porque o juiz fundamenta a decisão por um caminho e depois ele inverte num outro sentido, dá um giro de 180º graus  e vai pelo caminho inverso o que politicamente falando ficou estranho, ficou confuso, deixou muito a desejar.

02 - Qual sua principal bandeira como candidata ao legislativo? 

Principais bandeiras: transparência e fiscalização de gastos públicos. Eu me defino ideologicamente como uma liberal e defendo aqui em Maceió, que a gente precisa fazer uma política transparente e que tenha respeito ao dinheiro público, por isso que fiz meu comitê todo transparente. Quem me acompanha na rede social, também vê que eu luto por essa transparência, comunicando as pessoas aquilo que elas precisam saber. 

03 - Você era do partido Novo e decidiu, nessas eleições, ir para o PSDB. Por qual motivo escolheu esse partido?

O Novo encerrou o diretório dele aqui em Alagoas, devido a ausência de filiados. Como o Novo se mantém com o dinheiro das filiações e não com o fundo partidário, ele precisava ter o número mínimo de filiados e por isso foi encerrado. Quando eu decidir ser candidata, o meu primeiro critério para estar em um partido, era está em uma chapa que tivesse somente pessoas ficha limpa. Eu saberia que eu enfrentaria dificuldade de encontrar esse partido, e foi justamente o PSDB, que me apresentou uma chapa, que além de ter pessoas que disputam a eleição de igual para igual, só tinha ficha limpa. Então foi isso, a razão da minha escolha, onde estivesse em um partido, onde eu não precisasse colaborar com a eleição, já que os meus votos na proporcional, poderia ajudar na eleição de alguém que eu não quisesse que estivesse lá, exercendo um cargo público, então por isso, eu escolhi o PSDB. 

04 - Como avalia a gestão do Governo Bolsonaro? 

O governo Bolsonaro ele vem com uma promessa de ruptura no sistema, e ele começa o governo da necessidade técnica, das funções públicas, do desenvolvimento do país, de uma ruptura do que vinha sendo implementado no Brasil e acredito que depois que ele iniciou o governo, ele não consegue sustentar essa postura de ruptura, e aí, eu fico imaginando que a gente continua naquele mesmo patamar do governo anterior e que a evolução não é o nível que eu desejava que fosse, quando no início do governo.

Todas aquelas promessa de ministérios técnicos, de uma mudança, dentro da gestão do governo Bolsonaro, acho que ficou muito a desejar, portanto, eu não acredito que venha ter força de uma transformação que inicialmente tinha sido proposta pelo próprio presentemente. 

 

05 - Enquanto mulher, como você avalia a briga interna dentro do PSDB, entre Rodrigo e Tereza? 

Quanto ao impasse entre o Rodrigo Cunha e a deputada Tereza Nelma, o que eu vejo é ampla desobediência a normas processuais. Não me posiciono como homem ou como mulher, pra mim é indiferente. A minha necessidade dentro do partido, dentro do PSDB, é que sejam minimamente obedecidas as questões processuais de devido processo legal, para que se garanta dentro do partido o exercício da democracia em sua plenitude, tanto para os homens, quanto para as mulheres. Não me posiciono apenas como mulher, me posiciono como uma cidadã que quer vê o processo democrático sendo respeitado e em todas as reuniões que eu participei nesse período interno, de resoluções internas, eu me posicionei desta forma.

 

06 - Você fez algumas ações esse ano contra compra de voto e candidaturas laranjas. Como você analisa o cenário das candidatas mulheres em Alagoas? Acha que ainda há muitas mulheres que são laranjas nessas eleições?

Continuamos com um cenário muito ruim, de mulheres que ainda se submetem a colocar seus nomes em chapas, principalmente agora depois das coligações, onde os partidos políticos tiveram muito que ir atrás de mulheres, para compor chapa, para compor os 30% exigido da lei e foi bem complicado e eu acredito que não houve evolução da eleição passada para essa eleição. O que eu vejo, é que já existem mulheres muito fortes concorrendo de igual para igual, dentro do cenário político. São poucas, mas não há aquele desnível anterior. Acho que tem muita mulher forte e que lideram chapas, temos alguns exemplos aqui, mas a questão da candidatura laranja em si, eu acredito que ainda sim, muitas mulheres se submetem e as vezes nem sabe que seus nomes estão nessa chapas e recebem por isso algumas vezes. É uma evolução social que precisa ser implementada pela própria sociedade e não pela lei.

*Estagiário sob a supervisão 

Juiz defere candidaturas de Ângela Vanessa e Dr. Júnior em São José da Laje

  • Assessoria
  • 23/10/2020 16:53
  • Política
Assessoria

 

O juiz José Alberto Ramos, titular da 16ª zona eleitoral em São José da Laje, deferiu o registro da candidata a prefeita Ângela Vanessa (PP) e de seu vice, Dr. Júnior (MDB) para concorrer nas eleições municipais de 15 de novembro, pela coligação “Juntos Vamos Fazer Muito Mais”, composta ainda por PSD, PSC, PSL e PSB.

 

A decisão do juiz atende parecer emitido pelo Ministério Público Eleitoral, através do promotor Carlos Eduardo Baltar Maia, que se posicionou favoravelmente ao registro das duas candidaturas em São José da Laje. “Foram preenchidas todas as condições legais para o registro pleiteado e não houve impugnação. O pedido veio instruído com a documentação exigida pela legislação pertinente e, publicado o edital, transcorreu o prazo sem impugnação”, diz em sua decisão o magistrado.

 

Afirma ainda que: “As condições de elegibilidade foram preenchidas, não havendo informação de causa de inelegibilidade. Isso posto defiro o pedido de registro de candidatura de Angela Vanessa Rocha Pereira Bezerra, para concorrer ao cargo de prefeita, sob o número 11, com a seguinte opção de nome: Ângela Vanessa”, conclui José Alberto Ramos. A mesma decisão foi dada pelo juiz em relação ao candidato a vice, Dr. Júnior.

Advogado chama de “factoide” denúncia do PSB sobre suposta compra de voto

  • Redação
  • 23/10/2020 14:49
  • Política
Internet
Daniel Brabo Magalhães

O advogado Daniel Brabo Magalhães, que representa a campanha de Alfredo Gaspar (MDB), candidato a prefeito de Maceió, classificou de “factoide” uma notícia sobre suposta ação de compra de votos na eleição. O título da matéria diz que o PSB, partido do candidato João Henrique Caldas, “denuncia à Justiça compra de votos para beneficiar Alfredo e Ib Brêda”. Brêda é candidato a vereador na coligação de Gaspar.

Apesar de citar o candidato a prefeito como suposto beneficiado de um esquema para compra de voto, essa informação não aparece ao longo de todo o texto da ação. Ou seja, afirma-se algo que não é confirmado por nenhuma fonte ou por qualquer outro meio. A ação movida pelo PSB também não apresenta nenhum elemento que vincule Gaspar aos fatos supostamente ilegais narrados pelos autores.

Segundo a acusação, teria sido criado um grupo de WhatsApp para cooptar eleitores em troca de dinheiro. Os principais beneficiados seriam o candidato a vereador Ib Brêda e o candidato a prefeito Alfredo Gaspar. “E quando a gente vai olhar na ação, não tem uma linha em que tenha qualquer vinculação, participação ou mesmo conhecimento por parte do Alfredo”, explica o advogado Daniel Brabo. “Mais uma ação absurda, sem sentido, que tentam vincular o Alfredo; mais um factoide”.

O advogado da campanha de Alfredo Gaspar reforça que a própria ação expõe a fragilidade da denúncia e, na verdade, acaba por isentar o candidato a prefeito. “Eles juntam a tela de um WhatsApp que foi criado no dia 30 de agosto, quando nem registro de candidatura tinha. E não tem qualquer menção, nem nas mensagens, nem nos áudios que eles transcreveram, falando do Alfredo, nada, absolutamente nada”, detalha Brabo Magalhães.

A defesa de Alfredo Gaspar considera que a ação do PSB mostra clara manipulação dos fatos, com objetivo de prejudicar o candidato do MDB. A campanha estuda medidas legais contra o partido de JHC. “A eleição não pode ser decidida a partir de mentiras, de fake news. Confiamos que a Justiça Eleitoral de Alagoas vai corrigir as inverdades e punir os que realmente agem à margem da lei”, diz o Advogado Brabo Magalhães.

Artistas de Arapiraca pedem a Luciano a retomada de calendário anual de eventos

  • Assessoria
  • 23/10/2020 14:17
  • Política

Em encontro ocorrido na noite desta quinta-feira (22), na Comedoria Escritório, no centro da cidade, dezenas de artistas populares  e produtores culturais declararam apoio à candidatura de Luciano Barbosa e Rute Nezinho à Prefeitura de Arapiraca.

 

Ainda durante o encontro, que contou com a presença de Zé Dules, Tozinho, Miguel Vieira, Paulinho, Júnior Biribinha, entre outros renomados artistas locais, o candidato Luciano Barbosa recebeu o Calendário Anual de Ações Culturais, como forma de incentivar e valorizar as artes, a música, a literatura, entre outras manifestações populares em Arapiraca.

 

"A gente tem de sonhar alto. Você é do tamanho do seu sonho. Não quero ser prefeito de Arapiraca para pensar uma Arapiraca pequena. Quero ser prefeito de Arapiraca para pensar uma cidade grande e isso vocês podem contar comigo ", afirmou Luciano.

 

Dentre as atividades propostas pelos artistas de Arapiraca, dentro do Calendário Anual de Eventos, figuram a retomada do Som do Mercado, o Festival Internacional de Palhaços, a retomada das atividades do Clube do Servidor de Arapiraca, a Romaria ao Morro Santo, o Folia de Rua e a eleição do Conselho Municipal de Cultura de Arapiraca.

 

"Também queremos que os artistas passem por oficinas de formação para saber elaborar projetos e como prestar contas de recursos públicos e particulares, para que eles não passem pelo que estão passando agora", salientou Júnior Biribinha, que foi bastante aplaudido pelos artistas locais.

Vote Nelas: “Desafio de nossa geração é ocupar esses espaços”, diz Jó sobre mulheres na política

  • Assessoria
  • 23/10/2020 13:09
  • Política
Foto: Assessoria
Vote Nelas: “Desafio de nossa geração é ocupar esses espaços”, diz Jó sobre mulheres na política

A deputada estadual Jó Pereira (MDB) destacou a importância do coletivo suprapartidário “Vote Nelas” para estimular e ampliar a participação de mulheres na política. “O desafio da nossa geração é ocupar esses espaços de liderança e o coletivo tem desempenhado papel muito importante nesse processo”, afirmou a parlamentar na noite desta quinta-feira (22), durante o evento online que celebrou a segunda turma de Embaixadoras Vote Nelas.

Ao resumir sua trajetória familiar e profissional, Jó disse que resistiu à ideia de ingressar na política, mas logo no começo de seu primeiro mandato - ela está no segundo - percebeu a necessidade de as mulheres ocuparem mais espaços de liderança: “Durante a primeira audiência pública que fiz, em março, sobre o mês da mulher, percebi a importância dessa representação feminina e a pauta em defesa da mulher passou a nortear minha atuação”.

“Hoje para mim é uma felicidade quando ando nos municípios, principalmente nos pequenos, e as mulheres dizem: você me representa, vendo você na Assembleia Legislativa eu tenho vontade de concorrer, porque além de ser mulher, você tem voz”, prosseguiu a deputada, frisando a importância de mais mulheres serem espelhos para outras mulheres.

Pontuando que o equilíbrio entre homens e mulheres na política é essencial para garantir avanços em todas as áreas e para fortalecer a democracia, a deputada defendeu “a extrema necessidade de que as mulheres ocupem também, cada vez mais, espaços de lideranças nos diretórios partidários”.  

Questionada sobre o conselho que daria às mulheres que estão na disputa eleitoral este ano, Jó destacou: “Participem como mulher. Não tenham medo. As pessoas estão ansiosas por lideranças como nós, por inovação na política. Busquem espaço dentro dos partidos, se imponham e não desistam. Não tenham medo de perder, participem do jogo de forma honesta, com empatia, diálogo construtivo, propostas transformadoras e lutem pelas nossas causas, porque nós somos as principais atingidas pela carência de políticas públicas”.

Ao final de sua participação, a parlamentar afirmou que quer ser parceira do Vote Nelas na expansão regional e organizar rodadas de diálogos com grupos de mulheres para fortalecer essa rede e ampliar a participação feminina na política.

Ferramentas

O evento contou com a participação de parte das co-fundadoras do Vote Nelas, entre elas Amanda Brito, Maisa Diniz e Carla Mayumi, e de outras representantes de movimentos voltados para garantir uma maior representatividade das mulheres na política, como a socióloga Karin Vervuurt, criadora - junto com a cientista política Letícia Medeiros - da ONG Elas no Poder.  

Durante o fórum online, a administradora Maisa Diniz falou um pouco sobre a história do coletivo, a criação de “embaixadas” (grupos de voluntárias) em dezenas de cidades do país neste ano, e sobre duas importantes ferramentas que estão sendo lançadas, a “Eleição Sem Laranjas” e a “72 Horas” (https://72horas.org/), plataforma que informa, com base nos dados do TSE, os valores repassados pelo Fundo Partidário e pelo Fundo Especial de Financiamento de Campanhas (FEFC) para candidatos de todo o Brasil.

Outra plataforma apresentada também foi a Im.pulsa Voto (www.impulsa.voto), espécie de guia gratuito com vídeos e materiais diversos para treinar e inspirar campanhas eleitorais de mulheres. A ferramenta é uma iniciativa do Instituto Update e #ElasNoPoder, com participação de outros grupos e entidades.

 

“É uma articulação nacional da extrema direita”, diz candidata vítima de fake news

  • Daniel Paulino*
  • 23/10/2020 09:54
  • Política
Foto: Maciel Rufino / Cada Minuto
Valéria Correia

Questionada durante uma entrevista concedida à TV Mar, canal 25 da NET, na manhã desta sexta-feira (23), sobre como avaliava o surgimento de fake news, contra a esquerda, durante a campanha eleitoral em Maceió, a candidata pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Valéria Correia, disse que se trata de “uma articulação nacional da extrema direita” e repudiou o ato.

Leia Mais: Valéria Correia conquista na Justiça a retirada de fake news em outdoors

Ainda durante a quinta sabatina, realizada pela emissora, a candidata disse que caso seja eleita, um dos seus primeiros feitos, será revisar os contratos que envolvem as empresas de ônibus e a prefeitura e também pedi uma auditoria. 

No decorrer de sua explicação, a candidata disparou que, “o pulso firme não é contra a periferia, é contra os contratos”. Vale ressaltar, que o termo “pulso firme”, faz parte do slogan da campanha do candidato do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Alfredo Gaspar de Mendonça, que durante sua atuação a frente da Secretaria de Segurança Pública (SSP), buscou combater o crime em toda Maceió, incluindo a periferia. 

“Não é tragédia, é crime ambiental”, diz Valéria sobre afundamento de solo 

A ex-reitora e professora da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), afirmou que o caso do afundamento de solo, que envolve os bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro, causado pela Braskem, não tá tendo o rigor do poder público, necessário, para cobrar o ressarcimento das famílias afetadas e pontou que o caso não se trata de uma tragédia e sim de um crime ambiental. 

Como vai administrar a capital sendo oposição de Bolsonaro? 

A candidata disse que não há problema nenhum, quanto a isso e que também não hás riscos de que algo possa respingar de maneira negativa, em sua possível administração caso seja eleita.  

“Enquanto Reitora da UFAL, tive diálogo com o ministro, quando quase tentaram cortar a energia da universidade e mesmo diante das dificuldades, conseguimos entregar obras. Também tive uma boa relação com a bancada de deputados federais, o que trouxe bons frutos”, disse Correia. 

*Sob supervisão da editoria 

Candidato à reeleição de vereador por Maceió, Samyr Malta recebe apoio do grupo Ultraplast

  • Assessoria
  • 22/10/2020 16:44
  • Política

O candidato à reeleição de vereador por Maceió, Samyr Malta (PTC), se reuniu nesta quinta-feira (22), com integrantes da direção e funcionários do grupo Ultraplast, onde recebeu - de maneira oficial, o apoio da empresa à sua candidatura.

 

De acordo com empresário, Wellington Veiga, apoiar a reeleição de Samyr, é buscar garantir o melhor para cidade de Maceió. “Fico muito feliz em apoiar a candidatura de Samyr, pois conheço o trabalho que ele vem desenvolvendo na capital e sei que é baseado na transparência e ética”, afirmou.

 

Na oportunidade, Samyr conversou com funcionários da empresa, que conheceram um pouco de seu projeto e puderam expor as demandas e necessidades que o segmento industrial carece.

 

Samyr Malta foi eleito em 2016 com 4.690 votos e durante todo o seu mandato, se propôs a trabalhar pelo bem-estar do povo maceioense, sendo também- por ser líder do governo, o interlocutor entre a Câmara e a Prefeitura.

Bolsonaro nomeia Kassio Nunes Marques como ministro do STF

  • Agência Brasil
  • 22/10/2020 16:33
  • Política
Foto: Samuel Figueira

O presidente Jair Bolsonaro nomeou o desembargador Kassio Nunes Marques para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). O decreto foi publicado hoje (22) em edição extra do Diário Oficial da União.

Kassio Nunes Marques foi sabatinado ontem (21) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e teve o nome aprovado pelo colegiado e pelo plenário da Casa. Ele ocupa agora a vaga deixada pelo ministro Celso de Mello, o mais antigo integrante do STF, que antecipou sua aposentadoria da corte no dia 13 de outubro.

Kassio Nunes Marques tem 48 anos de idade e atua como desembargador do Tribunal Federal da 1ª Região (TRF1) desde 2011. Ele foi escolhido pela então presidente Dilma Rousseff na vaga reservada a profissionais oriundos da carreira na advocacia. 

Natural de Teresina (PI), Kassio Nunes Marques foi advogado por cerca de 15 anos e integrou os quadros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Ele também foi juiz no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Piauí.

No Prado, Davi Davino Filho anuncia auxílio-creche

  • Assessoria
  • 22/10/2020 12:28
  • Política
Foto: assessoria
Davi Davino Filho

Benefício de 70 reais atenderá aos pais e mães que não encontrarem vagas, até que a Prefeitura construa novas unidades

Em grande caravana realizada nos bairros do Prado, Trapiche e Vergel do Lago, o candidato a prefeito Davi Davino Filho anunciou o Programa Creche para Todos, que visa dobrar o número de vagas para alunos de zero a cinco anos. "Hoje a Prefeitura tem aproximadamente 10 mil matrículas para a primeira infância. Isso é um absurdo. Precisamos colocar mais dez mil vagas disponíveis até 2024", justificou.

O candidato da Coligação Força e Coração para Mudar Maceió adiantou que irá construir também 10 Centros Municipais de Educação Infantil, e que quem não conseguir vagas terá direito a auxílio. "Não se ergue creche da noite pro dia. Daremos então uma ajuda de 70 reais para pais e mães de baixa renda, que não acharem onde deixar seus filhos na rede municipal. Vamos deixar o trabalhador tranquilo, sabendo que seus filhos estão bem ou que aquele dinheiro não faráfalta para comida na mesa.

Vamos garantir esse apoio logo, porque a dificuldade pede pressa", declarou.

Davi estava acompanhado pelos candidatos a vereador Davi Davino, Alexandre Espíndola, Ione  Marcos Bolinha, Marilice Nicolau, Menino Mailson, Simone Andrade, Solange Dias, Thiago Chaves, Thiago Recalde, entre outros.

Ficha Limpa: MPE não encontra irregularidades nas contas do vereador Siderlane Mendonça

  • Assessoria
  • 22/10/2020 10:09
  • Política
Foto: Assessoria
Ficha Limpa: MPE não encontra irregularidades nas contas do vereador Siderlane Mendonça

O Ministério Público Estadual (MPE-AL) informou nesta segunda-feira (19), que as contas do vereador Siderlane Mendonça (PSB) foram investigadas e nelas nenhuma irregularidade foi encontrada.

Segundo despacho da 16ª Promotoria de Justiça da Capital, “o caso foi arquivado, pois não foram encontradas evidências de que o vereador tenha utilizado verbas públicas para financiar seus projetos sociais”. Só um dos projetos do vereador, a Academia da Melhor Idade (AMI), já funciona há dez anos, muito antes dele assumir o cargo de vereador.

Quanto a denúncia de que Siderlane estaria anunciando ter executado obras no mesmo bairro, que na realidade foram apenas solicitadas por ele, também ficou comprovado pelo MPE que os créditos foram direcionados à Prefeitura de Maceió, através das redes sociais do vereador.

“O arquivamento não me causou espanto. Nossos projetos são mantidos com recursos próprios e nossa administração é transparente”, ressaltou Siderlane Mendonça.

“Eu queria que o MP fosse tão atuante nesta gestão quanto foi na minha”, diz Cícero Almeida

  • Daniel Paulino*
  • 22/10/2020 09:50
  • Política
Foto: Marco Antônio / Secom Maceió
Cicero Almeida

Após comentar sobre a Máfia do Lixo, o ex-prefeito candidato a prefeitura de Maceió, Cícero Almeida (DC), disse em entrevista à TV Mar, canal 25 da Net, que gostaria que o Ministério Público Estadual (MPE-AL), fosse atuante na atual gestão do prefeito Rui Palmeira, quanto foi durante o período em que ele esteve á frente da prefeitura. 

“Eu queria que eles fossem tão atuantes, eles não, alguns, quanto foram na minha gestão. O atual prefeito fez dois aditivos, eu fiz um, pois fui forçado a fazer, para não colocar aqui dentro de Maceió uma empresa sem licitação, que estava pronta em Arapiraca e forçosamente eu teria que colocar ela aqui em Maceió. Eu queria que o MP pudesse ter me ouvido”, declarou. 

Ainda durante a sabatina, Almeida buscou tangenciar do assunto, “Eu não quero relembrar um passado que não existiu. O que eu fiz foi um bem para minha cidade”. 

O ex-prefeito disse ainda que na próxima gestão será necessário reconstruir a cidade e criticou o fato de candidatos estarem fazendo do problema do Pinheiro, Mutange e Bebedouro de palanque eleitoral. 

*Sob supervisão da editoria 

Alfredo Gaspar anuncia primeira empresa a ser implantada em polo industrial no Benedito Bentes

  • Assessoria
  • 22/10/2020 09:42
  • Política
Foto: assessoria
Alfredo Gaspar

A Alumiaço, uma das principais indústrias de apoio à Construção Civil do Nordeste, há mais de 30 anos no mercado, presente em quatro capitais da região, João Pessoa, Maceió, Recife e Salvador, será uma das primeiras indústrias a se instalar no novo Polo Multissetorial de Maceió na região do eixo Aeroporto-Benedito Bentes.

A construção do complexo industrial é um dos principais pontos na área de Desenvolvimento Econômico projetado no Plano de Governo 2021-2024, do candidato a prefeito de Maceió, Alfredo Gaspar (MDB).

A parceria foi fechada durante visita de Alfredo à atual planta da fábrica, localizada na Avenida Menino Marcelo, na Serraria, a cinco quilômetros da área do futuro polo. Ele foi recebido no final da tarde dessa quarta-feira (21), pelo presidente da empresa David Marcolam, e todos os 110 funcionários, no pátio da indústria, sob o rígido cumprimento do protocolo contra a pandemia. Alfredo estava acompanhado do secretário do Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Alagoas, Rafael Brito, e do vereador Chico Filho (MDB).

“Como prefeito, junto com o Governo de Alagoas, vou abrir o novo polo industrial e a Alumiaço será a primeira a ser implantada, para que vocês construam uma fábrica muito maior, gerando mais emprego e renda. Maceió será a melhor cidade de Alagoas e do Nordeste para o empresário investir”, disse Alfredo.

O empresário Davi Marcolam, presidente da Alumiaço, uma das importantes fornecedoras de vidro e aço para a construção de obras como o Hospital Metropolitano de Maceió, inaugurado antes do prazo para atender pacientes diagnosticados com a Covid-19, comemorou a parceria e disse porque apoia as propostas de Alfredo Gaspar.

“Quando soube que ele não é político e que deixou para trás uma trajetória de estabilidade no Ministério Público, vi que chega uma hora que a pessoa quer fazer mais. Durante a pandemia eu senti na pele o que é ter que demitir, foi uma coisa triste em minha vida. Mas a minha alegria foi voltar a contratar. O Alfredo saiu da zona de conforto dele, e agora está aqui conosco, com o mesmo objetivo, fazer a diferença na vida das pessoas”, afirmou Marcolam.

Alfredo falou também sobre outras propostas na área de desenvolvimento econômico e novas oportunidades de trabalho. Entre essas ações estão a implantação de um programa de atração de novos investimentos empresariais, com benefícios fiscais e locacionais; a estruturação de novos polos de negócios por meio da economia criativa e empreendimentos.

“Vamos unir esforços em todos os níveis, municipal, estadual e federal, para levar mais Saúde, Educação, Segurança, Mobilidade, Meio Ambiente, Sustentabilidade e Assistência Social para os maceioenses, mas, principalmente para quem mais precisa. E também abrir vias de acesso ao crescimento econômico possibilitando, aos setores produtivos, as condições necessárias para criação de mais postos de trabalho e geração de renda”, assinalou Alfredo Gaspar.

Teca Nelma é a primeira em Alagoas a assinar pacto pelos animais

  • Assessoria
  • 22/10/2020 09:37
  • Política
Foto: assessoria
Teca Nelma

Teca Nelma, candidata a vereadora por Maceió, é a primeira em Alagoas a assinar o pacto pela defesa dos animais, da Frente de Ações Pela Libertação Animal. O projeto divulga candidaturas, em todo o país, que se comprometeram com vida dos animais. Teca Nelma é protetora independente há mais de cinco anos. Resgata, castra, vacina e busca uma nova casa para os animais.

“Sempre fui apaixonada pelos animais. E esse amor se multiplicou depois que entendi o impacto socioeconômico do consumo de carne no mundo. Não envolve apenas a forma como esses animais são abatidos, mas também as consequências ao meio ambiente. Por isso, também sou vegetariana”, disse Teca Nelma.

Ela reforça também a necessidade de leis municipais, que garantam o direito à vida e a dignidade dos animais. “Maceió tem poucas leis para os animais. Isso mostra o quanto o poder público ainda é omisso ao tema. O número de cachorros, gatos, cavalos e outros animais nas ruas só cresce. É um problema de saúde pública, porque eles também transmitem doenças aos humanos.  Precisamos nos unir para mudar essa realidade”.

Casos de crueldade contra animais são frequentes em Alagoas. Em 2019, a Comissão do Bem-estar Animal da Ordem dos Advogados do Brasil, em Alagoas, recebeu cerca de 200 denúncias de maus tratos.  “No mês passado, em setembro, demos um passo importante com a sanção da lei que ampliou para até cinco anos, a pena àqueles que maltratam cães e gatos. Foi uma grande vitória. Mas Maceió precisa de leis mais específicas, que tornem realidade o castramóvel gratuito e os abrigos para tutela de animais”, reafirmou Teca Nelma.

JHC quer a internacionalização do turismo em Maceió

  • Assessoria
  • 21/10/2020 17:08
  • Política

O turismo em Maceió pode ser uma atividade de entretenimento para quem vem a passeio, mas representa geração de renda e emprego para milhares de maceioenses. JHC (PSB) reforçou seu compromisso com a área em reunião, nesta quarta-feira (21), com representantes do trade turístico da capital alagoana. Ele recebeu as reivindicações do setor e apresentou propostas para melhoria do turismo na cidade.

 

JHC destacou a importância de pensar na infraestrutura para receber visitantes na capital alagoana. “O turista pode vir para Maceió pelas suas belezas naturais, mas é fundamental que a gente tenha um serviço público de qualidade, que ele encontre uma cidade limpa, bem preservada, preparada. Até porque o turista vai voltar para casa fazendo propaganda, ressaltando nossas qualidades”, explica.

 

Na ocasião, foi entregue para JHC um documento com 13 pautas importantes para o setor turístico, representando uma convergência com as iniciativas propostas pelo candidato, com ações voltadas à preservação ambiental, investimento em infraestrutura e revitalização do bairro de Jaraguá. Além disso, ele se comprometeu em ampliar a divulgação de Maceió fora do Brasil, trazendo mais turistas estrangeiros.

 

“Em nossa gestão, vamos desenvolver um plano de mídia para promoção do destino Maceió no mercado nacional e internacional. Queremos ainda construir banheiros na orla marítima e lagunar, criar um núcleo de profissionalização e qualificação dos trabalhadores do turismo, junto com o sistema S, e resolver o problema das línguas sujas que há tanto tempo afeta nossa orla”, finaliza JHC.

 

O encontro teve presença do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH-AL), André Santos; do Maceió Convention & Visitors Bureau, Glênio Cedrim;  da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Alagoas (Abrasel/AL), Thiago Falcão; da Associação Brasileira das Agências de Viagem (ABAV), Carlos Palmeira; e da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo em Alagoas, Geraldo Câmara.

Zé Angelino troca Tarcizo por Fabiana em Arapiraca

  • Assessoria
  • 21/10/2020 16:04
  • Política

O candidato a vereador pelo PMN, Zé Angelino, mergulhou de cabeça na campanha de reeleição da prefeita Fabiana (Republicanos) em Arapiraca.

 

Liderança do Bairro Primavera, Zé Angelino sempre foi um fiel escudeiro de Tarcizo Freire (PP), que também é candidato à Prefeitura de Arapiraca.

 

Informações de pessoas ligadas ao PP dão conta que a decisão de Zé Angelino caiu como uma bomba dentro do partido de Freire, que nas últimas semanas vem contabilizando inúmeras perdas.

 

Durante encontro ocorrido na manhã desta quarta-feira (21), Zé Angelino alegou que Fabiana e Santiago são as melhores opções para Arapiraca. “Fabiana mostrou que tá disposta e, com apenas 60 dias de mandato, vem mudando a cara da cidade para melhor”, finalizou.

Conedes aprova incentivos vinculados a cumprimento de lei de aprendizagem e discute projetos de desenvolvimento econômico e social

  • Ascom Jó Pereira
  • 21/10/2020 14:33
  • Política
Fotos: Assessoria Jó Pereira
Deputada Jó Pereira no Conedes

A aprovação de incentivos fiscais, dentro do Prodesin (Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado), para instalação de três novas empresas em Alagoas foi garantida nesta terça-feira (20) durante reunião híbrida do Conedes (Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico e Social), na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur). 

A concessão dos benefícios está vinculada ao cumprimento da Lei Estadual 8.269/2020, de autoria da deputada Jó Pereira, que participou do encontro como conselheira do Conedes. A lei determina que para ter acesso aos incentivos fiscais, as empresas precisam comprovar o cumprimento da Cota de Aprendizagem definida pela Lei federal 10.097/2000.

Convidado pela parlamentar, o auditor fiscal do Trabalho, Leandro Carvalho, explanou sobre a legislação e disse que gostaria de estimular essa discussão no colegiado e construir um trabalho conjunto de incentivo à aprendizagem no estado. Em seguida, o gerente de Programas Sociais do Senac, Sandro Diniz, explicou que há 1.400 jovens aprendizes na instituição e apelou para que o Conselho abrace a causa da aprendizagem, colocando o Senac à disposição para contribuir com a formação dos jovens e com projetos na área. 

A pedido de Jó Pereira, o secretário Rafael Brito anunciou que a Sedetur irá redigir uma resolução definindo os procedimentos a serem adotados, dentro da secretaria, para a execução da lei.

“É preciso definir a forma de cumprimento da lei e construir o diálogo com o setor produtivo e com as instituições de aprendizagem para que a lei cumpra a sua intenção e sirva para a real inserção do jovem no mercado de trabalho”, pontuou a parlamentar, acrescentando que o incentivo fiscal é “uma possibilidade e não um direito e que as empresas precisam dar sua contrapartida social”. 

Ao responder às queixas de representantes do setor produtivo sobre as deficiências na área educacional, visíveis em grande parte dos jovens aprendizes que chegam ao mercado, Jó destacou que a pauta da educação precisa ser perene, constante e não pontual. 

Além dos três processos para implantação, na capital, dos empreendimentos Maxx Indústria de Papel, Tamp Plast e Cartonale (juntas, as três novas empresas devem, inicialmente, gerar quase cem empregos diretos e investir cerca de R$ 14 milhões no estado), o Conselho aprovou ainda a concessão de incentivos fiscais para um projeto de expansão do Hotel Brisa Tower (Maceió) e a prorrogação de benefícios à Compass Minerals, instalada em Marechal Deodoro.

Outros projetos

Durante a reunião, foram apresentados ainda aos conselheiros os projetos Gavião, de origem governamental, e o “Tem Saída”, capitaneado pela OAB/AL. Rafael Brito explicou que o projeto Gavião visa promover a geração de postos de trabalho e o incremento de renda por meio da fruticultura, no perímetro irrigado localizado em São José da Tapera, utilizando as águas do Canal do Sertão. 

De acordo com o secretário, as obras, para as quais foram destinados, por meio do Fecoep (Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza), recursos na ordem de R$ 12,5 milhões, devem ser iniciadas no começo de 2021.

A deputada Jó Pereira - integrante também do Conselho do Fecoep - lembrou que embora seja voltado para empresas, devido ao alto investimento demandado, o projeto irá gerar 900 trabalhos diretos e cinco mil indiretos, envolvendo agricultores de pequeno porte e suas famílias em toda região.

Para a parlamentar, o Conedes tem que prezar pela utilização dos recursos do Fundo para a finalidade que eles se prestam, o combate a extrema pobreza, e prezar sempre pelo alinhamento entre desenvolvimento econômico e social: “É necessário um olhar focado para que todas as isenções concedidas garantam também uma mudança social na ponta, afinal, com menos desigualdade haverá mais desenvolvimento econômico”.

Ela apresentou ao Conedes uma sugestão do conselheiro do Fecoep, Luiz Otávio Gomes, para que seja construído um Programa de Desenvolvimento Integrado do Semiárido, a fim de que o projeto Gavião não seja uma ação isolada, e pediu o apoio do Sebrae na assistência técnica aos pequenos agricultores, para que eles possam modernizar e escoar a produção.

Também convidada pela deputada Jó Pereira, coube à advogada Anne Caroline, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/AL, a apresentação do projeto Tem Saída. Desenvolvido pela promotora do Ministério Público de São Paulo, Gabriela Mansur, o projeto visa garantir capacitação e emprego para mulheres vítimas de violência doméstica, para possibilitar que elas deixem de depender economicamente do agressor.

“O projeto já conta com a parceria do Senac, dos Sines e precisamos que as empresas também sejam nossas parceiras e conveniadas”, resumiu a advogada depois de apresentar dados e detalhes da proposta.

E o empresário Carlos Pinheiro, diretor-geral da fábrica Bonsono, abriu as portas da empresa para o projeto, anunciando a parceria e o secretário Rafael Brito pediu que a OAB protocole, na Sedetur, um documento listando as formas como a pasta pode ajudar na execução do Tem Saída. 

 

 

 

 

JHC lidera gastos com a campanha; veja quanto já gastou cada candidato

  • Redação
  • 21/10/2020 12:16
  • Política
Foto: Montagem CadaMinuto
Candidatos à Prefeitura de Maceió

De todos os candidatos à Prefeitura de Maceió, JHC (PSB) é o que mais gasta com a campanha. A análise foi feita através do relatório financeiro do candidato que consta no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Conforme o relatório entregue no dia 12 deste mês, JHC gastou R$ 936.157,99 com a campanha. Porém, quando se analisa os gastos com publicidade, Alfredo Gaspar (MDB) lidera. 

O candidato Alfredo Gaspar aparece em segundo lugar quando se fala em gastos com a campanha. Ao todo, Gaspar já gastou R$ 765.682,45. Mas quando se trata de serviço de publicidade, Gaspar lidera. Ele gastou - de acordo com o relatório financeiro - R$ 430.000,00 com serviço prestado de publicidade. 

Com a produção de programas de rádio, televisão ou vídeo, JHC gastou R$200.000,00. Quem também gastou a mesma quantia que JHC foi o candidato Corintho Campelo (PMN) que decidiu investir em produção de programas de rádio, televisão e vídeo e o candidato do PT, Ricardo Barbosa que segue o mesmo valor.

Cícero Filho (PCdoB) optou em investir na produção de material impresso e gastou R$ 24.160,00. Outro que também optou pela produção de material impresso foi o candidato Josan Leite (Patriota) que gastou R$3.780,00.

Lenilda Luna, candidata pela UP, também decidiu investir na produção de publicidade por material impresso e gastou R$ 990,00 com panfletos.

Os candidatos Davi Filho (PP) e Valéria Correia (PSOL) não divulgaram os gastos, conforme consta no site do TSE.

Alfredo Gaspar recebe propostas do trade turístico e fala de seu compromisso com o setor

  • Assessoria
  • 21/10/2020 12:02
  • Política
Foto: Assessoria
Alfredo Gaspar

O candidato a prefeito pela coligação Maceió mais Forte, Alfredo Gaspar (MDB), ex-secretário de Estado de Segurança Pública e ex-procurador-geral de Justiça de Alagoas, foi recebido, nessa terça-feira (20), pelo trade turístico de Maceió, em um evento no Hotel Jatiúca e reuniu representantes de todo o setor: hoteleiros, agentes de viagens, bares e restaurantes, empresas de turismo e jornalistas setorizados.

Alfredo Gaspar respondeu as 13 pautas mais importantes, no documento encaminhado pelas entidades. A maior parte das demandas já constava no Plano de Governo Maceió 2021-2024 do candidato. Outras já foram anunciadas por Gaspar, como os investimentos pesados que serão aplicados no saneamento de toda a cidade, da parte alta e baixa da capital, e o fim das línguas sujas na orla marítima e na lagoa, que hoje recebem um despejo de 30 a 40 milhões de litros de resíduos poluentes, segundo o candidato.

“Saneamento não é mais uma promessa, mas uma realidade, o Rui Palmeira, atual prefeito conseguiu recursos, alguns bairros já foram saneados como Santa Lúcia, Aeroclube, Clima Bom e parte do litoral Norte. Também somos a primeira capital do Nordeste que vai receber concessionárias para o saneamento básico e distribuição de água em Maceió, junto com o governo do Estado. O turismo terá outra cara, e para a população de Maceió também, entre cinco a seis anos vamos universalizar a distribuição de água e em uma década teremos toda Maceió saneada, que tem hoje uma taxa entre 30% a 33%”, disse Alfredo Gaspar.

Outra medida anunciada por Alfredo e reivindicada pelo setor, na pauta entregue, está a criação da secretaria municipal específica para o setor, com secretário definido por meio da escolha a partir de uma lista tríplice. “Quero que vocês ajudem a planejar a cidade, vamos investir com segurança e eficiência para gerar oportunidades e garantir o destino Maceió para o turismo em todos os níveis, já que nossa capital é hoje, pela 6ª semana consecutiva, o destino mais procurado do Brasil”, afirmou Alfredo.

Entre os participantes do encontro com o trade estavam o presidente do Maceió Convention Bureaux, Carlos Palmeira; o presidente da Associação Brasileira de Agentes de Viagem Alagoas, André Santos; o presidente da Associação de Bares e Restaurantes secção Alagoas, Tiago Falcão e o presidente da Associação Alagoana de Empresa de Turismo, Afrânio Lages Filho.

Entre outros pontos incluídos nas propostas do setor para Maceió, e que foram contempladas pelo plano de governo de Alfredo Gaspar, estão: a criação de uma equipe para o gerenciamento da orla, que passará por um reordenamento geral; mais segurança nas áreas críticas e finalizar a revisão do Plano Diretor da cidade, atrasado em cinco anos.

Davi Davino Filho vai ampliar rede de proteção à mulher vítima de violência

  • Assessoria
  • 21/10/2020 11:51
  • Política
Foto: Assessoria
Davi Davino FIlho

No programa eleitoral exibido nesta terça-feira (20) à noite, o candidato Davi Davino Filho mostrou a inércia da Prefeitura e do Governo do Estado para combater o alto índice de violência contra a mulher na capital alagoana. Maceió figura como uma das principais cidades em número de feminicídios.

"Vamos ampliar a rede de acolhimento e proteção à mulher vítima de violência e levar esta rede para dentro das Prefeituras-Bairro", declarou Davi Davino Filho, que ressaltou que "a força da mulher merece nosso respeito e cuidado, por ser a força da gente".

Várias mulheres deram depoimentos sobre a questão da violência contra elas. "A gente aguenta, enfrenta, mas não suporta é ouvir este papo de que a violência diminuiu enquanto Maceió é uma das campeãs de feminicídios", reportaram.

Benedito Bentes

O programa também focou no bairro do Benedito Bentes. Davi anunciou a construção de uma Prefeitura Bairro, onde irá despachar quando prefeito, e se comprometeu a erguer duas Clínicas da Gente, um complexo viário e novas creches. "Enquanto as creches estiverem em construção, vamos conceder auxílio de 70 reais para as mães colocarem seus filhos de 0 a 3 anos em unidades particulares", declarou.

Candidato a prefeito, Neno Freitas realiza carreata histórica em Branquinha

  • Assessoria
  • 21/10/2020 11:20
  • Política

O candidato a prefeito no município de Branquinha, Neno Freitas (MDB), realizou no último sábado (17), uma grande carreata na cidade. Durante todo o trajeto que percorreu as principais ruas do município, centenas de motos, carros e bicicletas acompanharam Neno, o candidato a vice-prefeito Renato Purificação, e os candidatos da Coligação “Experiência e Trabalho por Branquinha”.

No evento que parou a cidade, quem não esteve acompanhando o percurso,  ficou das portas de suas casas acenando e demonstrando apoio à candidatura. A ex-prefeita Renata Freitas e o deputado federal Isnaldo Bulhões, também participaram da festa. Para o deputado, Neno e Renato tem uma grande responsabilidade de reconstruir e elevar a autoestima da população de Branquinha, diante do vazio deixado pela atual administração.

Considerada histórica, a carreata que teve início no Platô II, percorreu praticamente todas as ruas da cidade, finalizando com uma grande caminhada.

“Ainda sem palavras para descrever nossa emoção e alegria por essa grande festa. Eu só posso reafirmar que nosso compromisso é cada vez maior com cada um de vocês que acreditam neste projeto que vai fazer Branquinha voltar a sorrir”, afirmou Neno Freitas.

Candidato a vereador por Maceió defende a valorização salarial do servidor público do município

  • 21/10/2020 09:24
  • Política

Candidato pela primeira vez ao cargo de vereador por Maceió, o professor universitário e advogado Rodrigo Monteiro, que a um pouco mais de uma década defende pessoas, colocou seu nome no pleito eleitoral deste ano para defender todos os cidadãos de Maceió. 

 Monteiro defende o “resgate da valorização salarial do servidor público municipal, que ao longo de quase uma década, vem sofrendo muito com o descaso do poder público, fazendo com que os servidores municipais se sintam completamente abandonados”. 

 Ele afirma que  “o serviço público é fundamental para o desenvolvimento socioeconômico de um município, aos servidores é necessário lhes oferecer respeito e garantia dos seus direitos”. Ainda, o candidato a vereador pelo PTC complementa que “ é necessário uma reformulação do plano de cargos e carreiras do servidor, com a valorização dos cumprimentos de metas e níveis de ensino entre as categorias, levando em consideração os níveis de escolaridade do servidor, proponho que haja assim a equiparação salarial entre todas as categorias por nível de escolaridade independente do cargo ocupado”. 

Por fim, o jovem candidato a vereador por Maceió e filho de servidores públicos  “defende fiscalizar de maneira intransigente que se cumpra no tempo devido a data base de reajuste salarial do servidor, assim como, que se volte ao salário do servidor público municipal o repasse inflacionário do ano anterior a cada novo ano subsequente”.

“Não vai ser com a discussão ideológica que iremos mudar o país”, diz candidato do PC do B

  • Daniel Paulino*
  • 21/10/2020 09:23
  • Política
Foto: Assessoria
Cícero Filho apareceu em quinto entre 12 candidatos citados

Durante a sabatina realizada pela TV Mar, o candidato a prefeitura de Maceió, Cícero Filho, do Partido Comunista do Brasil (PC do B), afirmou que não é através de uma discussão ideológica que irá mudar o Brasil para um caminho melhor. 

“Nós temos muito orgulho de pertencer ao PC do B, é um partido histórico, não é sigla de aluguel e que tem contribuições memoráveis. A gente vive uma quadra difícil, a gente precisa mudar essa discussão, pra quem é boa essa polarização? é preciso discutir o esgoto e os demais problemas que existem em Maceió”, disse Cícero Filho. 

Questionado sobre uma possível ausência de mencionar a sigla do PC do B, em seus programas eleitorais, o candidato rebateu e explicou que não há necessidade de explorar a sigla do partido e sim de focar na apresentação de propostas e ideias para que possam solucionar os problemas da capital.

“Todos sabem e conhecem as pautas e as bandeiras do PC do B, um partido como o nosso, não precisa se apresentar, então esse é o motivo da gente dispensar mais energia e trabalho em torno das nossas propostas”, pontuou o candidato. 

Buscando expor suas ideias para sociedade, Cícero Filho comentou que uma de suas propostas é buscar fazer com que venha haver geração de renda e desenvolvimento nos bairros da capital. 

“Os bairros de Maceió precisam independentes. Se os bairros fossem mais independentes, o trânsito nas principais vias poderia ser reduzido, pois muitas vezes o cidadão sai do bairro onde ele mora, em direção ao Centro, com o objetivo de buscar algo, que poderia ter onde ele mora”, comentou. 

*Sob supervisão da editoria