Coluna Labafero

"Esperar racionalidade de insensatos é o pior desatino", dispara Renan Calheiros

Foto: Framephoto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros

O senador Renan Calheiros publicou um tweet nesta segunda-feira (30) afirmando que “esperar racionalidade de insensatos é o pior desatino”.

Para ele, “se há uma pedra no caminho é imperioso removê-la antes que o mal maior não possa ser atalhado”.

“O obscurantismo mata mais. Não basta ignorar. É hora de cooperação e de ouvir a sociedade sobre a crise dentro da crise”, escreveu Calheiros.

Deputado passa "mão na cabeça" de Bolsonaro e esquece milhares de mortes causadas pelo Covid-19

Maciel Rufino/CM/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Cabo Bebeto

Um dia após a Itália anunciar quase mil mortes durante as últimas 24h em decorrência do novo Covid-19, o deputado estadual Cabo Bebeto pediu para que a população passe a “mão na cabeça” do presidente Jair Bolsonaro diante dos seus pronunciamentos. 

Totalmente alheio a doença e suas gravidades, o parlamentar fez um enfrentamento a população alagoana mandando um recado. 

Colocando a política acima de tudo e todos, Bebeto afirmou: “Um recado a todos. Parem de procurar um político perfeito, essa porra não existe. Aprendam a somar os acertos e diminuir os erros... O resultado é um SER HUMANO!”, disse ele. 

O deputado foi defensor em humanizar a figura de Jair Bolsonaro, por creditar a ele sua vaga na Assembleia Legislativa de Alagoas, mas esquece que humanidade chora as milhares de mortes causadas por um vírus invisível e letal.

 

 

Secretário critica manifestação que pede isolamento vertical: “carreata da insensatez”

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A carreata contra o isolamento social e a suspensão das atividades comerciais em Alagoas gerou também uma onda de revolta e crítica, nas redes sociais, das pessoas que estão na linha de frente contra a propagação do coronavírus.

Um que reagiu duramente foi o secretário de Infraestrutura de Alagoas, Maurício Quintella. Em seu instagram, ele classificou a mobilização como “carreata da insensatez”

“Deviam fazer era uma passeata, todo mundo abraçadinho, de mãos dadas, levar filhos, pais, avós, sogros e tomar todas; Dentro do carro é graça, coisa de frouxo!! Agora ouçam o áudio e me digam, o que é que bandeira tem haver com o combate a uma pandemia dessa gravidade?? Inacreditável!”, (sic).

Em uma outra postagem, Quintella postou uma imagem que rodou o mundo de carros do exército italiano em carreata levando os caixões dos mortos no país devido ao surto do coronavírus. “Essa é carreata que se vê na Itália todos os dias, depois da insensatez do isolamento vertical”.  

Empresários convocam carreata contra decreto de isolamento social em Maceió

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Empresários e comerciantes alagoanos estão mobilizando para realizar uma carreata em apoio ao discurso do presidente Jair Bolsonaro sobre a paralisação das atividades comerciais durante o surto de pandemia em todo o país.

A mobilização é contra os decretos municipais e estaduais que determinaram o fechamento de lojas e estabelecimentos durante o enfrentamento da doença. Por meio das redes sociais, os organizadores estão convidando os apoiadores.

Em Maceió, a concentração da carreata está agendada para as 10h, no corredor Vera Arruda, na Jatiúca. No entanto, nas redes sociais circulam duas datas diferentes: a primeira neste sábado (28) e a outra na segunda-feira (30).

A manifestação é convocada também em Brasília, Salvador, Recife, Curitiba e outras cidades. Apesar da convocação, ainda não houve convocação do governo do estado ou município sobre o evento que quebra  a determinação do isolamento social.

Em cadeia nacional, o presidente criticou a posição dos governadores de estados brasileiros e disse que precisam abandonar a definição de terra arrasada e retomar as suas vidas normalmente, exceto os mais idosos e pessoas que fazem parte do grupo de risco, como asmáticos, diabéticos e hipertensos, que devem realmente ficar isolados.

 

 

 

Economia: Albuquerque e Maia integram Comitê de Gerenciamento de Crise do Covid-19

Foto: Mara Santos/Cada Minuto-Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Antônio Albuquerque

Os deputados Antonio Albuquerque (PTB) e Davi Maia (DEM) devem integrar, representando a Assembleia Legislativa de Alagoas, o Comitê de Gerenciamento de Impactos Econômicos da Crise do Codiv-19 (Coronavírus), para dar suporte às decisões do Poder Executivo.

As indicações foram feitas pelo presidente da ALE, deputado Marcelo Victor, por meio de ofício encaminhado ao secretário de Estado da Fazenda, George Santoro, que irá presidir o Comitê.

O Comitê será responsável por organizar uma agenda de medidas que diminuam os efeitos nocivos à economia decorrentes da crise do Coronavírus, com competência extraordinária para acompanhar e avaliar a evolução dos impactos aos diversos setores de economia local, sugerindo medidas necessárias para prevenir, obstar e contê-los.

O grupo será composto também representantes do Gabinete Civil, da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco do Nordeste do Brasil, Agência de Fomento de Alagoas (Desenvolve), bancos privados, FIEA, Fecomércio, Associação Comercial de Maceió, Sebrae, ABIH AL, Abrasel e Associação do Comércio Atacadista e Distribuidor do Estado de Alagoas (Acadeal).

Rui Palmeira apela para que população fique em casa e cobra suprimentos para municípios

Foto: Cristovao Santos/CM/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Prefeito Rui Palmeira

 

Em um vídeo publicado nas redes sociais na manhã de hoje (25), o prefeito Rui Palmeira reforçou que se reuniu - por meio de uma videoconferência - com a Frente Nacional dos Prefeitos e todos os prefeitos foram unânimes em continuar fazendo o apelo para a população permanecer em casa.

“Estamos vivendo uma pandemia em todo mundo e no nosso país, infelizmente, não tem sido diferente. O apelo é que você continue em casa e só saia em caso de extrema necessidade”, disse Rui.

O prefeito também disse que encaminhou ao Governo Federal várias cobranças do ponto de vista econômico de apoio e suprimentos aos municípios. “Todos os municípios estão com baixíssimo estoque de EPIs. São ações importantes que precisam ser tomadas hoje pelo Governo”.

“Manteremos com firmeza e serenidade as ações”, diz Renan Filho após discurso de Bolsonaro

Foto: Daniel Paulino/CM Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Governador Renan Filho

O governo Renan Filho também se manifestou depois do pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, que pediu em discurso em rede nacional o fim do isolamento social e a volta ao normal das atividades no país.

Alagoas foi um dos primeiros estados a decretar emergência e o governador afirmou que todas as medidas adotadas continuaram. "Alagoanos e alagoanas, como sempre longe de extremismos, quero reafirmar o meu compromisso com o firme propósito de manter as medidas preventivas que vêm sendo adotadas no enfrentamento ao novo coronavírus em nosso estado. Apesar do pronunciamento do presidente da República na noite desta terça-feira (24), que vai de encontro às recomendação da Organização Mundial da Saúde, manteremos com firmeza e serenidade nossas ações, lastreadas em estudos científicos e ouvindo as nossas melhores mentes que estão conosco permanentemente reunidas", diz um trecho da publicação.

A fala de Bolsonaro causou uma grande repercussão no meio político e também entre os profissionais de saúde, que estão na linha de frente contra a propagação do coronavírus.

"Estamos trabalhando diuturnamente para, de um lado, achatar a curva de contágio do Covid-19; e, do outro, preparar a nossa rede hospitalar para a emergência do momento. É tempo de união. Juntos estaremos e venceremos", afirmou Renan Filho.

 

Em rede social Renan Filho “agradece ao presidente” o envio de recursos

Foto: Reprodução Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Filho

O governador Renan Filho usou uma rede social e destacou a iniciativa do presidente Jair Bolsonaro pelo envio ao Senado Federal da proposta de crédito para Alagoas, no valor de R$ 140 milhões.

Na postagem o chefe do executivo alagoano ainda reforça que utilizará os recursos no âmbito do Programa Estrutura Alagoas.

“Agradeço ao presidente pelo apoio e solicito colaboração aos senadores para aprovação da proposta”, finalizou Renan Filho.

"Um fato histórico em AL!", diz Renan sobre teleconferência que reuniu os três poderes

Foto: Reprodução / Twitter Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Filho durante teleconferência com o Governo Federal.

O governador de Alagoas Renan Filho compartilhou no Twitter a satisfação de realizar a primeira teleconferência envolvendo os poderes Executivo, Legislativo e Judiciario, realizada nesta segunda-feira (23), para discutir soluções para o combate a pandemia de coronavírus no estado.

A primeira reunião, “muito positiva”, segundo Renan Filho, aconteceu com o presidente da República Jair Bolsonaro e outros governadores da Região Nordeste.

“ Esse tipo de encontro é muito positivo, fortalece o diálogo frente e frente e auxilia a encontrar saídas para a pandemia”, escreveu o governador.

Na segunda teleconferência, Renan Filho conversou com os representantes de todos os poderes de Alagoas. Os presidentes do Tribunal de Contas do estado, Otávio Lessa, da Assembleias Legislativa (ALE), Marcelo Victor, e do Tribunal de Justiça, desembargador Tutmés Airan.

O governador disse que se sentiu seguro e que receber apoio e respaldo nesse período de enfrentamento fortalece a caminhada. “Pela primeira vez uma teleconferência reúne os três poderes. Um fato histórico em AL! ”, comemorou Renan.

Adiamento nas eleições, Fake News e aproveitamento político

Foto: Agência Brasil Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Maioria dos ministros do STF acompanhou o voto do ministro Luis Roberto Barroso

Nada foi acertado ainda sobre qualquer possibilidade de adiamento das eleições municipais marcadas para outubro, mas alguns prefeitos com mandato no interior alagoano já começaram a ‘avisar’ adversários e aliados que devem permanecer por pelo menos um ano.

Apesar da defesa de alguns políticos em suas redes sóciais, tanto o presidente do TSE, Ministro Barroso, como o presidente do Congresso,

Deputado Rodrigo Maia negaram qualquer possibilidade de adiamento da eleição nesse momento. Então, qualquer conversa sobre mais um ano de mandato é apenas fake news.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 [email protected]
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 [email protected]