Coluna Labafero

Advogado alagoano discute com filho de Bolsonaro nas redes sociais

CadaMinuto - Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Adriano Argolo

A apreensão de cocaína dentro do avião oficial da presidência ainda está rendendo bastante assunto, principalmente nas redes sociais. Agora o advogado alagoano Adriano Argolo discutiu com o filho do presidente Jair Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro depois de suas críticas ao General Heleno.

Argolo disse: “Carlos Bolsonaro, conhecido como Carluxo, disse com todas as letras que a cocaína encontrada no avião presidencial foi plantada por homens do General Heleno, disse mais, falou que o GSI pode tentar matar o seu papai e que ele pode vim a ser assassinado por isso. Pega!”

Não muito contente, Carlos respondeu ao advogado: “Quem disse isso deve ter sido sua mãe”... 

 

Marx Beltrão rompe tendão do tornozelo e fica de "molho" por no mínimo 10 dias

Reprodução Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Marx Beltrão

Uma "dividida" mais forte em uma partida de handebol no final de semana vai forçar o coordenador da bancada alagoana em Brasília, deputado federal Marx Beltrão (PSD), a ficar em casa e de "molho" pelos próximos 10 dias.

No jogo - o deputado é jogador da modalidade - Marx rompeu o  tendão do tornozelo. E exames estão confirmando a necessidade de procedimento cirúrgico para recuperar a lesão.

Difícil vai ser manter o deputado em casa, visto que Marx é um dos políticos mais atuantes de Alagoas. Ele continuará se pronunciando via assessoria e redes sociais. Mas voltar a Brasília e a rodar o estado, só após a recuperação.

Senador Renan diz que Moro e Deltan vão sendo engolidos pelas revelações do Intercept

Foto: Reprodução Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros faz críticas ao Governo Bolsonaro durante sessão no Senado.

O senador Renan Calheiros afirmou neste domingo (30), através de seu twitter, que aos poucos o Ministro Sérgio Moro e o procurador da república, Deltan Dallagnol, vão sendo engolidos pelas revelações a conta gotas do Intercept Brasil e classificou como uma verdadeira tortura chinesa.

O senador ironizou dizendo ainda fez uma recomendação médica para eles tomassem "Lexotan, Rivotril, Prozac. Se não der certo, só licença. Nem que seja para internação especializada".

 

 

"Deveríamos pensar numa lei para obrigar Bolsonaro a ser menos ele", diz Renan Calheiros

Foto: Framephoto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros

O senador alagoano Renan Calheiros comentou sobre o Mercosul e a União Europeia terem fechado um acordo e o Brasi ter ganho milionário com as exportações.

Calheiros disse que “toda vez que Bolsonaro é menos Bolsonaro, o país melhora”.

Alfinetando o atual presidente, Renan disse que deveríamos pensar numa lei que obrigasse Bolsonaro a ser cada vez menos ele mesmo e a se manter sempre a 10 quilômetros do Twitter.

Em solidariedade aos jornalistas, Lessa cancela coletiva

Foto: TV Câmara/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Ronaldo Lessa

Em solidariedade aos jornalistas de Alagoas, que estão em greve desde a terça-feira, dia 25, o secretário da Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seagri) Ronaldo Lessa, cancelou a entrevista coletiva que daria nesta tarde.

Lessa se pronunciará por meio de nota encaminhada para toda  imprensa.

Os jornalistas alagoanos decidiram paralisar as atividades após a proposta dos proprietários da Organização Arnon de Mello (OAM); do Pajuçara Sistema de Comunicação (PSCOM) e do Sistema Opinião onde pediram a redução de 40% no piso salarial da categoria.

Com insatisfações, Ronaldo Lessa entrega cargo de secretário e deixa governo de Renan Filho

Foto: Reprodução/ Instagram Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Ronaldo Lessa

Ronaldo Lessa anunciou que está deixando o governado de Renan Filho, após um entendimento durante uma reunião da executiva estadual do PDT nesta quinta-feira, 27.

O ex-governador, que também é presidente do PDT, estava se sentindo engessado diante da ausência de recursos destinado a secretaria de Agricultura, além de processos travados e nomeações de cargos que nunca foram feitos.

A saída já vinha sendo discutida há algum tempo, mas o martelo somente foi batido ontem. Ronaldo Lessa afirmou que iria conversar com Renan Filho já com o pedido de exoneração pronto.

Com essa baixa, ainda não se sabe se o Lessa passará a integrar a oposição ao governador.

Prefeitura de Pilar contrata Fundação para executar concurso público

Foto: Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Prefeitura de Pilar

A Prefeitura de Pilar contratou a Fundepes para executar concurso público para provimento de cargos efetivos de níveis fundamental, médio e superior no Município. O extrato do contrato foi publicado no Diário Oficial dos Municípios desta quinta-feira (27).

Conforme o extrato, o contrato no valor de R$ 191.336,26 é para o quantitativo de até mil candidatos. Acima deste número, será cobrado o valor variável por candidato inscrito.

Ainda não há informações sobre número de vagas, cargos e salários.

 

Ministro da Educação compara droga apreendida em avião com peso de Lula e Dilma

Foto: Reprodução/Redes Sociais Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Para tentar desviar o foco da apreensão de cocaína em um avião da FAB, o ministro de Educação comparou o peso dos ex-presidentes Lula e Dilma a uma quantidade de drogas ao dizer que “o avião presidencial já transportou drogas em maior quantidade”.

Através de suas redes sociais, ele questionou os internautas para saber qual o peso dos ex-presidentes. Ele ainda reforçou em outra postagem a sua insinuação de incriminar Lula e Dilma por ligação de traficantes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

“Tranquilizo os "guerreiros" do PT e de seus acepipes: o responsável pelos 39 kg de cocaína NADA tem a ver com o Governo Bolsonaro. Ele irá para a cadeia e ninguém de nosso lado defenderá o criminoso. Vocês continuam com a exclusividade de serem amigos de traficantes como as FARC”, colocou ele.

 

Definido: eleição para reitoria da Ufal será em 8 de agosto

Foto: Ascom Ufal Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Universidade Federal de Alagoas (Ufal)

Uma Assembléia realizada nesta quarta-feira (26) pela manhã na Universidade Federal de Alagoas decidiu que a consulta à comunidade acadêmica para a escolha do futuro reitor da UFAL será realizada no dia 8 de agosto. Caso haja segundo turno, o mesmo será no dia 15 de agosto. 

Lembrando que esta é somente uma “consulta” à comunidade acadêmica, uma vez que a eleição dos nomes que comporão a lista tríplice a ser enviada ao MEC é feita pelo Conselho Universitário (Consuni). O nome do novo reitor deve estar definido pelo Consuni até o começo de novembro.

Já aclamado como candidato, o nome do professor e pesquisador Josealdo Tonholo é o mais cotado para suceder a atual reitora Valéria Correia. Ligado à pesquisa, à ciência e à inovação, com experiência em gestão e forte ligação com estudantes, Tonholo tem reunido um grupo suprapartidário em torno de seu nome e em defesa da retomada da excelência acadêmica na UFAL.

Prefeito "jornalista" diz que repudia redução de salário, mas só paga metade do piso

Foto: Cortesia Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Prefeito Julio Cezar

O prefeito Júlio Cezar, de Palmeira dos Índios, gravou um vídeo defendendo os jornalistas de Alagoas que entraram em greve por tempo indeterminado, mas na prática Júlio faz bem diferente.

No vídeo, o prefeito diz que “reduzir salários é um retrocesso e perda de direitos das conquistas que os jornalistas tem empreendido ao longo da carreira”. “Estou prefeito, mas sou jornalista por formação e por convicção”, disse o gestor.

Segundo informações repassadas para a coluna Labafero, os assessores de imprensa do prefeito ganham bem abaixo do piso. O jornalista chega a receber R$ 1.800. Já o coordenador recebe R$ 2.600.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com